BRASIL

Secretários decidem manter obrigatório uso de máscaras nas unidades prisionais

As máscaras são consideradas ferramentas essenciais na prevenção da disseminação do novo coronavírus

DetentosDetentos - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Mesmo após o veto do presidente Jair Bolsonaro que desobriga os presídios e outras instituições públicas e comerciais da utilização de máscaras, o Conselho Nacional de Secretários de Estado da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej) decidiu, por unanimidade, manter a determinação do uso de máscaras nas unidades prisionais das 27 unidades da federação. 

O objetivo da determinação é garantir a integridade dos policiais penais e Pessoas Privadas de Liberdade (PPLs), como também dos seus familiares e demais servidores que atuam no sistema.

“Estamos nos pautando pela ciência, pelas diretrizes traçadas pela Organização Mundial da Saúde e, principalmente, pelos protocolos que os estados definiram e vêm seguindo, respaldados pelo Supremo Tribunal Federal”, enfatizou o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco e presidente do colegiado, Pedro Eurico.

 

Veja também

Mais de 10 milhões de senhas de brasileiros são expostas em vazamento global
Dados

Mais de 10 milhões de senhas de brasileiros são expostas em vazamento global

'É dever com terra martirizada', diz papa Francisco sobre visita ao Iraque apesar da Covid
PAPA

'É dever com terra martirizada', diz papa Francisco sobre visita ao Iraque apesar da Covid