Usuários do VEM Livre Acesso devem se recadastrar a partir desta segunda

Cartão permite que pessoas com deficiência embarquem gratuitamente em ônibus da Região Metropolitana do Recife

ÔnibusÔnibus - Foto: Arquivo/FolhaPE

Começa, nesta segunda-feira (28), o recadastramento dos usuários do cartão VEM Livre Acesso, que permite que pessoas com deficiência embarquem gratuitamente em ônibus da Região Metropolitana do Recife. O agendamento pode ser feito, desde o último dia 10, pelo site www.vemlivreacesso.com.br ou pelo telefone (81) 3125-7575.

É importante que, antes de agendar, o beneficiário já esteja com toda a documentação atualizada (cédula de identidade, inscrição do Cadastro de Pessoa Física, comprovante de residência), além de laudos, declarações e/ou exames anteriores que comprovem a deficiência. Os cartões que não forem recadastrados serão cancelados.

Atualmente, existem 89.624 usuários beneficiados. A Lei 14.906/2013 determina que o benefício seja revisto a cada dois anos. O agendamento pelo site está disponível 24h por dia, e por telefone, de segunda a sábado, das 7h às 19h. O recadastramento acontecerá, presencialmente, de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, no endereço>: avenida Mascarenhas de Morais, n. 1999, Imbiribeira. A campanha terá duração de cinco meses. Primeiro cadastro - Aqueles beneficiários que estão realizando o cadastro pela primeira vez deverão fazer o agendamento, pelo site ou por telefone, e apresentar presencialmente toda a documentação no endereço: avenida Mascarenhas de Morais, n. 1999, Imbiribeira. Na sequência, ele deve acompanhar o processo no site ou por telefone, dentro de um prazo de 30 dias. Caso a solicitação seja deferida, ele deve se dirigir ao Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua casa para dar andamento ao pedido do benefício. 

Veja também

Av. Carlos de Lima Cavalcante passa por obra emergencial, em Olinda
Olinda

Av. Carlos de Lima Cavalcante passa por obra emergencial, em Olinda

Bispo de Palmares testa positivo para a Covid-19
Novo coronavírus

Bispo de Palmares testa positivo para a Covid-19