Coronavírus

Vacina anticovid da Astrazeneca aprovada pela UE para terceira dose

Imunizante não foi o escolhido pelo governo britânico para a campanha de doses de reforço

Vacina da AstraZenecaVacina da AstraZeneca - Foto: Andrew Matthews/POOL/AFP

O laboratório farmacêutico britânico Astrazeneca anunciou, nesta segunda-feira (23), que sua vacina anticovid-19 Vaxzevria foi aprovada para o uso em terceira dose em adultos na União Europeia (UE).

"Os profissionais de saúde podem utilizar agora a Vaxzevria em terceira dose em pacientes que já receberam doses da Vaxzevria ou de uma vacina de RNA mensageiros aprovada na UE", afirmou a Astrazeneca.

A Agência Europeia de Medicamentos deu a autorização "após um conjunto de evidências que demonstram um aumento da resposta imune depois da terceira dose da Vaxzevria", consecutiva a duas doses de Astrazeneca ou de outra vacina aprovada pela UE, afirma um comunicado publicado no site da agência.

A vacina criada em colaboração com a Universidade de Oxford não foi a escolhida pelo governo britânico para a campanha de doses de reforço - prioridade para as vacinas da Pfizer e Moderna -, apesar de ter sido uma das primeiras no mercado no Reino Unido, onde foi a mais utilizada para as duas primeiras doses.

A Vaxzevria é, no entanto, uma opção para as pessoas que receberam as duas primeiras doses no Reino Unido.

Veja também

Bispo mexicano propõe 'pacto social' que inclua traficantes de drogas
México

Bispo mexicano propõe 'pacto social' que inclua traficantes de drogas

Festa do Carmo interdita faixa da Av. Dantas Barreto, no Centro do Recife
PADROEIRA DO RECIFE

Festa do Carmo interdita faixa da Av. Dantas Barreto, no Centro