Vacinação antirrábica para cães e gatos pretende imunizar mais de 1,5 milhão de bichinhos

O Dia D da Campanha será no próximo sábado (15), em mais de oito mil postos de vacinação em Pernambuco

O Dia D da vacinação antirrábica em Pernambuco será no próximo sábado (15)O Dia D da vacinação antirrábica em Pernambuco será no próximo sábado (15) - Foto: Divulgação

Acontece no próximo sábado (15) o dia D da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica Canina e Felina em Pernambuco. Com uma meta de imunizar mais de 1,5 milhão de cães e gatos, cerca de oito mil postos de vacinação estarão abertos para atendimento dos bichinhos. A campanha tem o objetivo de controlar a circulação do vírus da raiva canina e felina prevenindo, assim, a raiva humana. O último caso da doença em humanos, transmitido por cão, em Pernambuco, foi em 2006 e em 2017 por gato.

A raiva é uma doença viral e infecciosa, transmitida por mamíferos. A transmissão da raiva se dá pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado,  principalmente pela mordedura, arranhadura e lambedura de mucosas. O vírus penetra no organismo, se multiplica e atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, o sistema nervoso central. Quem não conseguir vacinar seu animal no dia D da Campanha deve procurar a secretaria de saúde do respectivo município, no setor de zoonoses.



Leia também:
Adolescente é o 2º do país a sobreviver depois de contrair raiva, diz ministério
Serviços gratuitos para cães e gatos são disponibilizados em Jaboatão
Vacinados mais de 12 mil animais após suspeita de raiva humana no Recife

Procedimento depois da agressão e tratamento

Ao ser agredida por um animal
a pessoa deve lavar imediatamente o ferimento com água e sabão, e procurar com urgência o Posto de Saúde mais próximo. Cães raivosos apresentam sintomas, entre eles a agressividade ou tristeza, salivação excessiva, dificuldade para engolir, latido rouco e paralisia das patas traseiras. Nos humanos a doença ataca o sistema nervoso central, levando à morte. O período de incubação é extremamente variável, desde dias até anos, com uma média de 45 dias, no homem, e de 10 dias a 2 meses, no cão.

O tratamento profilático anti-rábico também é recomendado para toda agressão por espécie silvestre
como morcegos, raposa/cachorro do mato e sagüis. O soro e a vacina para esse tratamento estão disponibilizados na rede do SUS, gratuitamente. A vacina anti-rábica canina também é gratuita. O único meio de prevenir a ocorrência da doença em áreas urbanas é por meio da vacinação anual de cães e gatos.

Veja também

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU
Mundo

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU

Familiares buscam cilindros de oxigênio salvar pacientes em Manaus
Pandemia

Familiares buscam cilindros de oxigênio salvar pacientes em Manaus