Vale e Defensoria de Minas assinam termo para reparação dos atingidos em Brumadinho

Indenizações serão pagas à todos afetados pela tragédia

A Vale se compromete a garantir empregos em Brumadinho até fim de 2019A Vale se compromete a garantir empregos em Brumadinho até fim de 2019 - Foto: Divulgação Corpo de Bombeiros Militar MG

A Vale e a Defensoria Pública do estado de Minas Gerais assinaram um termo de compromisso com o objetivo de pagar indenizações extrajudiciais aos afetados pela tragédia de Brumadinho.O acordo foi selado na  última sexta-feira (5) e apresentado nesta segunda (8) em uma ação conjunta do órgão com a empresa.

O termo deve contemplar tudo que não foi incluído em acordos anteriores da empresa ou for objeto de ações judiciais coletivas futuras.A estimativa é que estes pagamentos ocorram em até 30 dias.

Leia também:
Engenheiros dizem que não sabem o que causou tragédia em Brumadinho
Vale condiciona 40% de bônus de executivos a reparação de Brumadinho
Tragédia em Brumadinho pode impactar até 75 mi t/ano em vendas para Vale em 2019


Segundo o defensor público Antônio Lopes de Carvalho Filho, a medida possibilita mais rapidez no processo de indenizações."Ao abrir mais essa alternativa em benefício da população, baseada no consenso, possibilitamos que as pessoas sejam efetivamente reparadas, em parâmetros os melhores possíveis e em um curto espaço de tempo", disse o defensor.

Veja também

Aos 81 anos, Mãe Celeste morre vítima da Covid-19
Luto

Aos 81 anos, Mãe Celeste morre vítima da Covid-19

Em pacote de medidas sobre o clima, Biden mira indústria de gás e petróleo
EUA

Em pacote de medidas sobre o clima, Biden mira indústria de gás e petróleo