Vale traz 295 mil máscaras N95 da China

Os equipamentos foram transportados em um avião cargueiro contratado pela mineradora e serão doados ao governo.

Máscaras hospitalares N95Máscaras hospitalares N95 - Foto: Reprodução

A Vale informou neste domingo (12) que um primeiro lote com 295 mil máscaras de proteção individual N95 importadas da China aterrissou no Brasil na sexta (10). Os equipamentos foram transportados em um avião cargueiro contratado pela mineradora e serão doados ao governo.

Ao todo, a companhia encomendou 2,54 milhões de máscaras N95, que são recomendadas para profissionais de saúde que estão atendendo os pacientes da Covid-19 por terem elevada capacidade de filtragem de partículas.

Além disso, a empresa vai trazer 3,6 milhões de máscaras cirúrgicas descartáveis, 216 mil luvas, 450 mil aventais e 2,25 mil óculos de proteção. A estimativa é que todos os equipamentos estejam no Brasil até maio.

Leia também:
Papa propõe anular dívida dos países pobres em combate ao coronavírus
Boris Jonhson deixa o hospital


Parte dos equipamentos já chegou ao Brasil. Na quinta (9), um avião comercial trouxe cinco milhões de unidades. A mineradora também entregou ao governo 1,5 milhão de kits de teste rápido para identificar a Covid-19. Outros 3,5 milhões ainda serão importados da China.

"Estamos lançando mão da nossa rede de logística na Ásia para trazer ao Brasil insumos que poderão fazer a diferença na vida das pessoas", disse, em nota, o presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo.


Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Total de mortos por covid-19 no mundo passa de 3 milhões
Covid-19

Total de mortos por covid-19 no mundo passa de 3 milhões

Jairinho é citado por ligação com milícias ao Disque Denúncia há mais de 10 anos
Caso Henry Borel

Jairinho é citado por ligação com milícias ao Disque Denúncia há mais de 10 anos