Vaqueiros realizam protesto em Pernambuco

Atos acontecem no Recife, em Caruaru e Petrolina. Por sacrificar os animais, STF considera a prática de vaquejadas inconstitucional

ViceVice - Foto: Imagem Filmes/Divulgação

Vaqueiros realizam manifestações, na manhã desta terça-feira (11), no Jockey Club, localizado no bairro do Prado, na Zona Oeste do Recife, em Caruaru, no Agreste, e em Petrolina, no Sertão. Eles protestam contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que proíbe a prática de vaquejada no estado do Ceará.

No Recife, o ato começou por volta das 9h no estacionamento do clube de hipismo. Os vaqueiros, no entanto, saíram em cavalgada. Neste momento, eles passam pela avenida Abdias de Carvalho, no sentido BR-232. Em Caruaru, eles interditaram uma faixa da rodovia, no quilômetro 125, no sentido Interior. O trânsito flui com lentidão. Os vaqueiros pretendem realizar uma cavalgada pela BR-232 até a BR-104. Já em Petrolina, cerca de 200 manifestantes interditam os dois sentidos da BR-407, no quilômetro 129. O trânsito segue complicado.

No último dia 6, o Supremo considerou que a atividade causa sofrimento aos animais e derrubou a lei que regulamentava a vaquejada no Ceará. Apesar de se referir ao estado, a decisão servirá de referência para todo o País, sujeitando os organizadores a punição por crime ambiental de maus-tratos a animais.

Veja também

Psoríase: dermatologista alerta para tratamento da doença
Doença de pele

Psoríase: dermatologista alerta para tratamento da doença

Operação Ábdito da PF apura morte de indígenas em Roraima
Investigação

Operação Ábdito da PF apura morte de indígenas em Roraima