Vaquejada é tema de audiência no Senado nesta terça-feira

Defensores da prática põem em xeque outros esportes que são promovidos com uso de animais

Em reunião, solidariedade decidiu liberar diretórios no segundo turnoEm reunião, solidariedade decidiu liberar diretórios no segundo turno - Foto: Divulgação

 

Senadores da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) se reúnem, nesta terça-feira (29), em audiência pública de instrução sobre a PEC 50, que reconhece a vaquejada como patrimônio cultural brasileiro. A intenção é discutir sobre o esporte antes de conceder voto favorável ou contrário à prática secular, amanhã, quando ocorre a votação propriamente dita. O encontro ocorre às 14h30, em Brasília.

Enquanto isso, o corpo jurídico da Associação Brasileira de Vaquejada (Abvaq) aguarda publicação de acórdão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para então entrar com recurso contra a decisão da Suprema Corte, que declara a atividade inconstitucional por entender que há “crueldade intrínseca” contra os animais. Entre os questionamentos, o corpo jurídico da Abvaq também pretende pôr em xeque outros esportes que são promovidos por meio do uso de animais, como os rodeios. A prática, também competitiva, consiste em permanecer por até oito segundos sobre um animal, geralmente um cavalo ou boi.

“Não há como desassociar a vaquejada de outros esportes. O recurso busca justamente apontar uma série de pontos que levou o STF julgar de forma equivocada a vaquejada. O documento vem com a intenção de esclarecer como é a prática para que consigamos uma nova discussão. Daí é aguardar um reposicionamento do STF”, explicou o assessor jurídico da Abvaq, Eduardo Torres. O advogado crê que a decisão do Supremo pode favorecer a realização de vaquejadas clandestinas.

 

Veja também

Covid-19: Brasil acumula 5,49 milhões de casos e 158,9 mil mortes
boletim

Covid-19: Brasil acumula 5,49 milhões de casos e 158,9 mil mortes

Mulher negra é nomeada para principal cargo da polícia de Nova York
internacional

Mulher negra é nomeada para principal cargo da polícia de Nova York