rio de janeiro

Vaquinha criada para ajudar entregador agredido por ex-atleta chega a R$238 mil

Max Ângelo dos Santos, que foi agredido por Sandra Mathias Correia de Sá, vive de aluguel com os filhos e pretende utilizar esse dinheiro para comprar uma casa própria

O entregador Max Ângelo dos Santos gravou um vídeo em que agradece o apoio recebido após as agressões de Sandra Mathias Correia de Sá O entregador Max Ângelo dos Santos gravou um vídeo em que agradece o apoio recebido após as agressões de Sandra Mathias Correia de Sá  - Foto: Reprodução/Instagram

A vaquinha virtual criada para ajudar o entregador de aplicativo Max Ângelo dos Santos, que foi agredido pela ex-atleta e professora de vôlei Sandra Mathias Correia de Sá, já passa dos R$ 238 mil de mais de 8 mil doadores, em três dias. Morando de aluguel com a esposa e os três filhos na Rocinha, na zona sul, ele sonha em comprar a casa própria e, com a economia do dinheiro que antes era investido nas despesas do quitinete, ajudar a custear os estudos do filhos.

A meta inicial da vaquinha era de arrecadar R$ 190 mil. A iniciativa tem o apoio do apresentador Luciano Huck e do ator João Vicente de Castro que no final de semana fizeram uma visita surpresa na casa do entregador e entregaram de presente uma bolsa de estudos na faculdade Américas, onde o Max pretende dar continuidade aos estudos e se formar em direito.

"Me senti um escravo e quero ser um bom advogado para lutar contra o racismo", afirmou o entregador em depoimento.

Max Ângelo também ganhou uma motocicleta e uma bicicleta elétrica na sexta-feira, doadas pelo Ifood. Nas redes sociais, circula um vídeo em que o entregador recebe as chaves da moto. Além disso, o rapaz contou que também está recebendo diversas propostas de emprego. Nessa segunda-feira, disse que vai comparecer a uma entrevista de trabalho na Barra da Tijuca, mas preferiu não dar detalhes, para não atrapalhar.

Até setembro do ano passado, Max trabalhava como porteiro em um prédio na Zona Sul. Paralelamente atuava como entregador de aplicativo. O que era para servir de reforço na renda acabou virando sua principal remuneração, com o desemprego. As entregas rendem em média R$ 1 mil, por mês. Somente o aluguel (R$ 600 mensais) e pensão dos filhos R$ 400), consomem integralmente esse valor.

O que aconteceu com Max Ângelo?
A professora de vôlei Sandra Mathias Correia de Sá desferiu ao menos quatro chibatadas contra o entregador Max Angelo Alves dos Santos no último domingo

Ao passar por entregadores, começou a atacar verbalmente o grupo, dizendo para eles "voltarem para a favela".

Max registrou duas ocorrências contra Sandra Mathias, que foi banida de plataforma de delivery após o caso

Após a repercussão, Max ganhou do iFood uma motocicleta e uma bicicleta elétrica

Uma vaquinha para entregador agredido por ex-atleta de vôlei comprar casa própria já arrecadou de R$ 100 mil em menos de um dia

Veja também

Explosão em café deixa cinco mortos na capital da Somália
ATENTADO

Explosão em café deixa cinco mortos na capital da Somália

Militantes fazem ato esvaziado contra Lula e Moraes e com exaltação a Trump
MANIFESTAÇÃO

Militantes fazem ato esvaziado contra Lula e Moraes e com exaltação a Trump

Newsletter