Secretário de Estado

Venezuela envia mensagem contrária a eleições livres com inabilitações, diz Blinken

A declaração foi feita durante visita à Guiana

Antony BlinkenAntony Blinken - Foto: Jim Watson/AFP

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse, nesta quinta-feira (6), em visita à Guiana, que a Venezuela envia uma mensagem contrária às eleições livres, ao inabilitar opositores com vistas às presidenciais de 2024, quando o presidente Nicolás Maduro tentará se eleger a um mandato de seis anos.

"Há uma série de passos muito práticos que o regime de Caracas pode dar para demonstrar que quer seguir o caminho das eleições livres e justas" e a inabilitação de pré-candidatos como María Corina Machado, anunciada na sexta-feira passada, "certamente envia a mensagem contrária", disse Blinken.

Veja também

Quem são os Hinduja, família mais rica do Reino Unido, investigada por tráfico humano
MUNDO

Quem são os Hinduja, família mais rica do Reino Unido, investigada por tráfico humano

Pipoca: conheça os cinco benefícios que fazem do alimento um produto altamente saudável
SAÚDE

Pipoca: conheça os cinco benefícios que fazem do alimento um produto altamente saudável

Newsletter