Venezuela

Venezuela fará eleição para novo Parlamento em 6 de dezembro

Oposição alega que votação será fraudada em favor do Partido Socialista

Juan GuaidóJuan Guaidó - Foto: MANDEL NGAN / AFP

A Venezuela vai realizar eleição em 6 de dezembro para escolher os novos integrantes do Parlamento, informou o Conselho Eleitoral do país nessa quarta-feira (1º). Oposição diz que votação será fraudada em favor do Partido Socialista.

A oposição controla o Parlamento desde 2016, e o atual chefe do Legislativo, Juan Guaidó, foi reconhecido por dezenas de países como o legítimo líder do país após a acirrada reeleição de 2018 do presidente Nicolás Maduro.

"Anunciamos para 6 de dezembro de 2020 o processo eleitoral da Assembleia Nacional para o período 2021-2026", disse a chefe do Conselho Eleitoral, Indira Alfonzo, em uma transmissão na televisão.

A oposição se recusa a reconhecer as decisões do Conselho Eleitoral recentemente nomeado, alegando que ele foi ilegalmente designado pelo Supremo Tribunal de Justiça pró-governo.

"Os venezuelanos não participarão de uma farsa, como em maio de 2018", escreveu Guaidó no Twitter, referindo-se à reeleição de Maduro que foi amplamente boicotada pela oposição. "Escolhemos viver com dignidade e democracia."

Os críticos de Maduro também observam que o tribunal interveio na liderança dos principais partidos da oposição, colocando-os nas mãos de membros dos grupos que foram expulsos por acusações de que eram aliados dos governistas.

Veja também

Militares brasileiros estão bem, diz Marinha do Brasil sobre explosões no porto de Beirute
Explosão

Militares brasileiros estão bem, diz Marinha do Brasil sobre explosões no porto de Beirute

Agentes de saúde do Recife realizam visitas aos moradores do grupo de risco da Covid-19
Coronavírus

Agentes de saúde do Recife realizam visitas aos moradores do grupo de risco da Covid-19