[Vídeo] Bloco "Eu Acho é Caro" desfila pelo Recife, contestando tarifas de ônibus

Qualquer pessoa pode participar da troça, que acontece dentro de um veículo e passará pelo Ibura e, à tarde, pela Macaxeira

'Eu acho é caro': ônibus circula sem cobrar tarifa'Eu acho é caro': ônibus circula sem cobrar tarifa - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Em protesto contra o aumento das passagens no Grande Recife, o bloco "Eu Acho é Caro", que acontece dentro de um ônibus, faz seu primeiro desfile na manhã desta sexta-feira (26). Iniciativa de diversos coletivos sociais, sai da praça da Independência, no bairro de São José, com destino ao Ibura, na Zona Sul da Capital. À tarde, o bloco pretende ir até a Macaxeira, passando por grandes corredores como a avenida Norte e a Cruz Cabugá. A tarifa para entrar no ônibus é zero.

"Passamos o ano estudando os problemas do transporte público da Região Metropolitana do Recife. Desde 2015 os aumentos de passagem têm sido feitos de forma ilegal. Esse bloco é uma forma divertida de dialogar com o público. O nome já diz o que o povo pensa", explica um dos articuladores da troça, o ativista Thiago Jerohan, do movimento Juventude Anticapitalista. De acordo com Thiago, outros coletivos sociais participam, como a Ameciclo e o Grupo de Contestação Ocupe Estelita.  

Confira o vídeo abaixo:



O ônibus utilizado pelo bloco foi fretado, com os custos repartidos entre os movimentos sociais integrantes. "Vamos ter orquestra de frevo. Qualquer pessoa que estiver nas paradas pode subir e pedir para descer onde quiser. É tudo livre", relatou o ativista.

Leia também:
Próximas edições do Olha! Recife serão dedicadas ao Carnaval
Carnaval deve atrair 1,7 milhão de turistas para Pernambuco
Usuário critica aumento de passagem de ônibus sem melhoria

Protesto se inspira no nome do famoso bloco 'Eu Acho é Pouco'

Protesto se inspira no nome do famoso bloco 'Eu Acho é Pouco' - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco


Veja também

Paulo Skaf, que se reuniu com Bolsonaro, está com Covid-19
Bolsonaro

Paulo Skaf, que se reuniu com Bolsonaro, está com Covid-19

Três homens assaltam trem em Jaboatão dos Guararapes

Três homens assaltam trem em Jaboatão dos Guararapes