[Vídeo] Vários bairros do Recife ficam sem energia; semáforos e metrô param de funcionar

Problema aconteceu na subestação da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) no bairro do Bongi, na Zona Oeste da capital

Pane elétrica paralisa o metrôPane elétrica paralisa o metrô - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Uma queda de energia em vários bairros do Recife na manhã desta quarta-feira (18) provocou pane em semáforos e paralisou o funcionamento das linhas Centro e Sul do metrô do Recife por volta das 7h. Segundo a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), um defeito interno na subestação do bairro do Bongi, na Zona Oeste da capital, ocasionou a interrupção no fornecimento.

O desligamento ocorreu às 6h54 e às 9h56, de acordo com o órgão, 100% da carga já estava normalizada. A subestação é responsável pelo atendimento de 40% da demanda do Grande Recife.O prédio da Chesf, localizado no bairro dos Torrões, também na Zona Oeste, ficou sem energia.

A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), enviou agentes de trânsito às avenidas afetadas para orientar motoristas e pedestres. A CTTU informou que, por volta das 11h45, 15 semáforos continuavam desligados. A autarquia aguarda o restabelecimento da energia para resolver o problema.

Leia também:
Trânsito flui na avenida Norte em primeiro dia de interdição para melhorias no pavimento

Segundo relatos de moradores nas redes sociais, bairros como Rosarinho, Madalena, Caxangá, Casa Forte, Aflitos e Boa Viagem ficaram sem energia. 

A assessoria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU/Recife), informou que apenas a linha diesel do VLT continuou em operação.

Afetados pela paralisação do metrô, os passageiros reclamaram da situação. “Cheguei aqui na estação às sete horas e já estavam sem funcionar. Estou indo para a casa de uma amiga que está muito doente em Camaragibe, mas não tenho outra alternativa “, contou a funcionária pública Reinalda de Fátima, 59 anos. “Estou desde sete e meia da manhã aqui e quando cheguei já encontrei as portas fechadas. Vou para o Monte Guararapes e se pegar o ônibus vai demorar mais, então a gente prefere esperar”, disse a atendente de call center, Bianca Lopes, 22 anos.

Veja também

O mau exemplo do STF na pandemia: aglomeração, omissão de diagnóstico e tentativa de furar fila
Coronavírus

O mau exemplo do STF na pandemia: aglomeração, omissão de diagnóstico e tentativa de furar fila

Pernambuco registra 537 novos casos da Covid e 16 mortes
Coronavírus

Pernambuco registra 537 novos casos da Covid e 16 mortes