[Vídeo] Veja as atrações Ouvindo e Fazendo Música de março

Projeto patrocinado pelo Santander agita os sábados com shows no Museu do Estado, nas Graças

SELVA SELVA  - Foto: Divulgação Santander

Os sábados de março no Museu do Estado de Pernambuco serão ocupados com muita música de qualidade. Jazz, blues, choro, baião e uma gama de gêneros musicais fazem parte do projeto Ouvindo e Fazendo Música, uma iniciativa do Santander. 

O Quinteto Matéria Prima abre o projeto no primeiro sábado de março (3) com muito frevo e baião. O grupo é formado por Adilson Bandeira (clarinete e sax), Mauricio Cezar (teclado), Marco Túlio (percussão), Mozart Ramos (flauta) e Rafael Marques (bandolim).

Leia também:
Play Tube reúne youtubers musicais famosos no Recife
Musical sobre Zeca Pagodinho chega ao Recife em três sessões
Novo nome da cena pernambucana, Lucas Torres faz show do novo disco



No sábado seguinte (10), diretamente da Argentina, o trio feminino Bourbon Sweethearts apresenta um repertório com referências no jazz, blues, swing e calipso. 



Com uma bagagem musical de fortes ligações as raízes africanas, o grupo instrumental recifense SELVA apresenta também em seu repertório a música latina e o jazz. A apresentação está marcada para o dia 17. 


Leia também:
 SID3 mostra o som lúdico da Zona da Mata no Museu do Estado
 Livro mostra os bastidores da criação musical


Fechando o Ouvindo e Fazendo Música, Alessandra Leão e Léo Capaça - pernambucanos radicados em São Paulo - preparam um duo com direito a oficina de canto, a partir das 15 horas (entrada franca) e apresentação musical às 17 horas. 


Serviço 

Santander apresenta o Projeto Ouvindo e Fazendo Música
Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa, 960 - Graças)
Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia-entrada)
Informações: (81) 3184-3174

Veja também

Professora da Unicap é acusada de racismo
Racismo

Professora da Unicap é acusada de racismo

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG
animais

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG