Vigilante é morto com tiro na cabeça em escola técnica na Mata Sul

Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, na hora do homicídio não havia alunos no local, apenas alguns funcionários, que ouviram o barulho do disparo.

ETE Luiz Dias Lins, onde ocorreu o crimeETE Luiz Dias Lins, onde ocorreu o crime - Foto: Reprodução/Embrapa

O vigilante Amaro Lopes Filho, de 51 anos, foi morto com um tiro na cabeça no final da tarde dessa terça-feira (24) na Escola Técnica Estadual Luiz Dias Lins, localizada na cidade de Escada, na Mata Sul de Pernambuco. A arma do vigilante foi levada pelos criminosos.

Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, na hora do homicídio não havia alunos no local, apenas alguns funcionários, que ouviram o barulho do disparo. Os profissionais encontraram Amaro caído no chão após ser baleado. As aulas na escola foram suspensas nesta quarta-feira (25) e devem retornar na quinta-feira (26).

Leia também:
Ex-presidiário tenta matar filho, nora e neto e é recapturado em Olinda
Adolescente de 12 anos morre após cair de 9º andar de hotel em Salvador


Ainda de acordo com a polícia, perícia preliminar aponta que não houve luta corporal entre o vigilante e o autor ou autores do crime. A Polícia Civil apura a motivação e autoria do homicídio, sob a responsabilidade do delegado Rogaciano Alves, da Delegacia de Escada. O corpo de Amaro foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Recife.

Em nota enviada ao Portal FolhaPE, a Secretaria de Educação do Estado (SEE) lamentou o ocorrido na escola e afirmou que irá acompanhar o andamento das investigações. A pasta ainda ressaltou que a Gerência Regional de Educação vai solicitar reforço das rondas da Patrulha Escolar no entorno da unidade de ensino.

Veja também

Aumento de indicadores da Covid-19 leva Jaboatão a suspender retorno de aulas para educação infantil
Coronavírus

Aumento de indicadores da Covid-19 leva Jaboatão a suspender retorno de aulas para educação infantil

Pela última vez, Trump perdoa peru pelo Dia de Ação de Graças
EUA

Pela última vez, Trump perdoa peru pelo Dia de Ação de Graças