Vigilantes de bancos protestam por reajuste e risco de vida

Eles tentam retardar o horário de abertura das agências da RMR para as 12h, já que sem vigilante não podem funcionar

Vigilantes protestam em agências da Região Metropolitana exigindo reajuste salarial e gratificação de risco de vidaVigilantes protestam em agências da Região Metropolitana exigindo reajuste salarial e gratificação de risco de vida - Foto: Mandy Oliver / Folha de Pernambuco

Vigilantes protestam em agências bancárias da Região Metropolitana, nesta quarta-feira (7), na tentativa de retardar o horário de abertura dos bancos para as 12h, já que as unidades não podem funcionar sem vigilantes. A mobilização do Sindicato dos Vigilantes de Pernambuco (SINDESV-PE), exige o reajuste salarial de 7% e uma gratificação de 30% para os que trabalham no setor bancário, devido às constantes investidas de bandidos que colocam em risco a vida dos trabalhadores.

O presidente do sindicato, Cassiano Souza, que esteve na mobilização na agência do Banco do Brasil na Av. Rio Branco, Bairro do Recife, declarou à reportagem que a mobilização não tem  o objetivo prejudicar a população e que não se trata de uma greve. Ele afirma que o setor patronal classifica as mobilizações como greve na tentativa de punir o sindicato com multas na justiça. "Eles mentem e a justiça acredita no que eles dizem”, dispara.

Leia também:
[Vídeo] Tentativa de assalto no Ceasa tem reféns e feridos
Assaltantes roubam armas dos vigilantes do Banco do Brasil de Boa Viagem


Uma audiência no Ministério do Trabalho será realizada na quinta-feira (8), às 9h. Cassiano afirma que o sindicato estará presente, representando os vigilantes de toda a região Nordeste para exigir seus direitos e evitar a retirada dos que já possuem, como a redução do horário de intervalo proposta pelos patrões de 1h para 30min.

Já são quatro rodadas de negociação entre a categoria e os patrões, desde meados de novembro de 2017. Souza reforça a importância da gratificação de risco de vida para os vigilantes do setor bancário ao lembrar do assalto à uma agência bancária no CEASA, no qual um companheiro vigilante foi atingido por uma bala na cabeça.

Veja também

Estação Itinerante de Combate ao Coronavírus tem dia movimentado no Recife
Coronavírus

Estação Itinerante de Combate ao Coronavírus tem dia movimentado no Recife

Médicos franceses relatam transmissão de coronavírus dentro do útero
Coronavírus

Médicos franceses relatam transmissão de coronavírus dentro do útero