Vigilantes reivindicam salários atrasados à Secretaria de Educação

Eles fecharam a av. Afonso Olindense, onde está localizado o órgão

Protesto fecha a av. Afonso Olindense em frente a Sec. de Educação e uma garagem de ônibusProtesto fecha a av. Afonso Olindense em frente a Sec. de Educação e uma garagem de ônibus - Foto: Cortesia / Whatsapp

Vigilantes fizeram um protesto, na manhã desta terça-feira (23), em frente ao prédio da Secretaria Estadual de Educação (SEE), localizado na Avenida Afonso Olindense, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife. Eles reivindicam o pagamento dos salários atrasados e exigem respostas da empresa Mandacaru Vigilância, bem como um posicionamento do Governo. Procurada pela reportagem, a empresa Mandacaru Vigilância não se pronunciou até a publicação deste texto.

A Secretaria informou, por meio de nota, que não há pendências com a empresa Mandacaru Vigilância. Representantes da Secretaria receberam uma comissão formada por integrantes do movimento e do Sindicato dos Vigilantes, a fim de esclarecer a situação atual e alinhar questões financeiras. 

Leia também:
Protesto no Cais do Apolo pede justiça por jovem baleado no Recife
Movimentos sociais fecham rodovias de Pernambuco contra o julgamento de Lula

A pasta informa, ainda, que a empresa não tem apresentado notas fiscais de serviços, e a apresentação destas notas é uma exigência legal e obrigatória, pois a ausência destes documentos impede o repasse de valores à empresa. 

Veja também

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo
Tecnologia

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo

Comitê do Senado aprova nomeação de juíza ultraconservadora para a Suprema Corte dos EUA
Mundo

Comitê do Senado aprova nomeação de juíza ultraconservadora para a Suprema Corte dos EUA