Saúde

Vinho tinto ou branco? Saiba o que a escolha do tipo da bebida fala sobre a sua personalidade

Pesquisa realizada nos EUA mostra que não é apenas o sabor que influencia a preferência individual pelo vinho

Vinho Vinho  - Foto: Freepik

A maioria dos amantes de vinho prefere tinto ou branco e não se desvia de sua mistura favorita. No entanto, de acordo com uma nova pesquisa, a preferência pelo tipo da bebida não tem a ver apenas com o sabor e sim com a personalidade individual de cada um. Por exemplo, pessoas que gostam de passar o tempo sozinhas tendem a preferir o vinho tinto. Enquanto os extrovertidos são mais propensos a gostarem de espumantes.

A conclusão é de uma pesquisa realizada pela OnePoll para a Barefoot Wine, com 2 mil americanos que bebem vinho regularmente, que analisou as diferenças de personalidade com base no tipo de vinho favorito dos entrevistados. Em média, os participantes consomem cinco taças de vinho por semana.

Vinho tinto, espumante e vinho rosé

Os resultados mostraram que aqueles que gostam de vinho tinto tendem a ser introvertidos (48%), enquanto os entrevistados que gostam de espumante são mais propensos a serem extrovertidos. Já os apreciadores de vinho rosé se consideram meio termo, estabelecendo-se como ambivertidos.

Nas festas, quem gosta de espumante e tinto diz que costuma ser um “observador silencioso”. Os bebedores de rosé são os “festeiros” do grupo e os apreciadores de vinho branco disseram que podem ser encontrados tirando fotos ou animando a festa.

O que o vinho revela sobre seus interesses

Pessoas que gostam de vinho branco disseram preferir ambientes internos, enquanto os apreciadores de vinho tinto gostam do ar livre. Pode ser por isso que os bebedores de vinho tinto são mais propensos a madrugar, enquanto aqueles que preferem vinho rosé e branco são noctívagos.

No que diz respeito aos animais de estimação, aqueles que preferem espumante e vinho tinto são mais propensos a gostar de cachorros, enquanto os bebedores de rosé e vinho branco são pessoas de gatos.

Em relação aos hobbies, os consumidores de vinho gostam de navegar nas redes sociais e arranjam tempo para ver séries ou filmes. Essas pessoas também tendem a ser criativas, tendo entre seus passatempos favoritos escrever e desenhar. Muitos também são atléticos, gostando de correr (38%) ou assistir esportes como futebol ou basquete.

Os bebedores de espumantes e tintos também têm mania de viver no limite, sendo mais propensos a fazer tatuagem. “Ter diferentes pontos de vista é o que torna a vida interessante e divertida; o mesmo vale para o vinho”, disse Jennifer Wall, da Barefoot Winemaker, em comunicado. “Independentemente das variedades que você aprecia, o vinho deve ser menos complicado, mais divertido e apreciado com amigos e familiares!”

Vinho e escolha profissional

A pesquisa também perguntou aos entrevistados sobre suas carreiras e descobriu que a indústria mais popular para quem gosta de espumante, vinho tinto e rosé é a saúde. Os bebedores de vinho branco supostamente trabalham em contabilidade ou finanças ou ainda engenharia e manufatura.

Veja também

Lei que regula pesquisa com seres humanos é sancionada com vetos
pesquisa clínica

Lei que regula pesquisa com seres humanos é sancionada com vetos

Brasil retira seu embaixador em Israel por tensões sobre Gaza
GUERRA NO ORIENTE MÉDIO

Brasil retira seu embaixador em Israel por tensões sobre Gaza

Newsletter