Vinícius elogia “caravana Timbu” para Alagoas

Meia ressaltou importância da torcida na reta final da Série B

João CalvinoJoão Calvino - Foto: Unknown

Aproximadamente dois mil torcedores do Náutico são esperados no sábado (5), no Rei Pelé, para apoiar o time diante do CRB, em partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro. Um grupo de torcedores da equipe pernambucana organizou uma caravana para fazer com que o Timbu sinta-se em casa em mais um duelo importante rumo ao acesso à Série A.

“Esse ano conseguimos resgatar o torcedor. Isso é muito bom. Com eles ao nosso lado, tivemos os resultados. Estou acompanhando as redes sociais e estou vendo que está sendo organizada uma caravana para nos apoiar lá. É importante porque teremos um jogo que vai valer como uma final, uma partida de seis pontos”, afirmou o meia Vinícius.

Embora o Timbu tenha três desfalques importantes para o próximo jogo (Gaston Filgueira, Rodrigo Souza e Bergson), o meia procurou demonstrar sua confiança nos substitutos que entrarão em campo diante dos alagoanos.

"Esse é o momento dos jogadores que vão entrar demonstrarem seu futebol. É o caso do Tiago Adan. Sei da capacidade dele. O Bergson é mais de beirada, mas tem nos ajudado na função de 9. Agora Tiago terá oportunidade, assim como Negretti e Mateus, que foi bem contra o Vasco", declarou.

Jejum de gols

Sem marcar desde o jogo contra o Paysandu, na vitória do Timbu por 3x1, em setembro, o meia contou como tem convivido com o jejum de tentos. Vinícius já balançou as redes cinco vezes na Série B.

"Sou um cara que gosto de fazer gols, mas sei que ajudar dentro de campo de outras formas é importante. Fiquei bastante irritado no último jogo porque não consegui fazer uma das minhas qualidades que é chutar de fora devido a marcação forte do Atlético/GO. Mas tenho certeza de que, trabalhando forte, esse gol vai sair”, completou.

Veja também

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam
EUA

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU
EM EVENTO NO RECIFE

Em evento no Recife, ministro da Educação diz que 140 prefeituras terão de prestar contas ao TCU