Vinícius reconhece importância do retorno de Maylson

Volante ficou fora dos gramados por dois meses e foi o autor do gol da vitória contra o Goiás

Joaquim Barbosa é ex-presidente do STFJoaquim Barbosa é ex-presidente do STF - Foto: Nelson Jr./SCO/STF (01/07/2014)

De todos os possíveis candidatos a herói no jogo contra o Goiás, na rodada passada, pela Série B do Campeonato Brasileiro, o volante Maylson era um dos menos cotados. Recuperando-se de uma lesão no joelho direito que o tirou dos gramados por dois meses, o atleta voltou a campo diante do Esmeraldino. E foi dele o gol da vitória por 1x0, na Arena de Pernambuco, que deixou o Náutico mais próximo do G4. Um desempenho que rendeu elogios dos colegas de time.

“Maylson é um cara que estava dois meses sem jogar. Aí entrou e em três minutos decidiu o jogo. Isso mostra a força do elenco. Quem ganha é o Náutico”, afirmou o meia Vinícius. “Nesse momento, sabendo dos problemas de cansaço e suspensão, ter um leque de opções é importante para o treinador suprir as ausências. Maylson ainda está sem ritmo, mas foi importante para gente e vai somar nesses três jogos restantes”, completou.

Diante do Avaí, o Náutico deverá ter seu time titular completo. Algo raro nas últimas rodadas que atuou fora de casa. Contra o Luverdense, o Timbu não teve Júlio César, Vinícius e Rony. Perante o CRB, a equipe jogou sem Gaston, Rodrigo Souza e Bergson. No dois jogos, duas derrotas.

“Ter todo o elenco é um fator positivo, mas a gente não pode ficar com esse rótulo de que quando o time não está completo, perdemos. Sabemos da qualidade de todos os jogadores do elenco. Independente de está com time completo ou não, nós precisamos da vitória de qualquer maneira. Esse jogo será uma final para gente, um confronto direto. Com os três pontos, nós entraremos no G4. Respeitamos a equipe deles, mas quem quer subir tem de vencer fora de casa”, declarou.

Veja também

Dez capitais apresentam sinais de crescimento da Covid-19, diz Fiocruz
Coronavírus

Dez capitais apresentam sinais de crescimento da Covid-19, diz Fiocruz

Pernambuco alcança a marca de 600 mil exames para Covid-19
Coronavírus

Pernambuco alcança a marca de 600 mil exames para Covid-19