Violência em Olinda cala acordes da Pitombeira

Troça decidiu não desfilar mais aos domingos por conta do alto índice de arrastões na cidade

Pink Floyd - The WallPink Floyd - The Wall - Foto: Reprodução

A violência calou os acordes de frevo das domingueiras olindenses. A troça Pitombeira dos Quatro Cantos, que costumava sair duas vezes por mês percorrendo as ladeiras nas prévias carnavalescas desde setembro, resolveu colocar sua orquestra para tocar apenas em frente à sede. A medida foi para evitar os arrastões que vinham ocorrendo em fins de semana anteriores.

Agora os desfiles pré-carnavalescos só ocorrerão nos últimos domingos do mês. “Tivemos uma reunião com a prefeitura, sociedade civil organizada e conselhos tutelares e resolvemos tomar essa decisão em favor da tranquilidade dos moradores”, disse o presidente da troça carnavalesca, Júlio Silva Filho. Os arrastões, segundo ele, acontecem depois que a troça passa. “Há grupos de assaltantes que combinam encontros nas redes sociais para os dias dos ensaios”, conta.

De acordo com um dos membros da Sociedade Olindense de Defesa da Cidade Alta (Sodeca), Edmilson Cordeiro, a atitude da troça foi acertada, visto que a cidade não suporta tantas prévias até que o Carnaval chegue de fato. “A prefeitura não considera a temporada de setembro a dezembro como período de prévias, pois para tanto teria que mobilizar uma estrutura adequada, com banheiros químicos e iluminação, e essa obrigação só pode ser cumprida a partir de janeiro”, declara Cordeiro.

Ao menos neste domingo (9), o cenário nas ladeiras não lembrava nem um pouco o Carnaval. Algumas ruas, como a do Amparo estavam desertas. Já nos Quatro Cantos, na Praça do Carmo e no Alto da Sé, havia pessoas circulando pelos bares, mas nada de blocos passando.

O policiamento foi visto pela reportagem em alguns pontos do Sítio Histórico. Mas não foi suficiente para evitar os assaltos na rua de São Francisco, por exemplo, onde flanelinhas disseram presenciar diversos roubos aos transeuntes todos os fins de semana. A assessoria de Imprensa da Polícia Militar foi procurada para comentar o assunto mas não enviou resposta, até a publicação desta matéria.

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h