Universo

Virgin Galactic anuncia o retorno de seus voos espaciais para o final de maio

A missão, batizada de Unity 25, acontecerá "no final de maio"

Quatro empregados da companhia irão para a missãoQuatro empregados da companhia irão para a missão - Foto: Patrick T. Fallon/AFP

A empresa de turismo espacial Virgin Galactic anunciou, nesta segunda-feira (8), o retorno de seus voos para o espaço com uma missão no final de maio com quatro empregados da companhia e o início dos voos comerciais para o final de junho, após anos de espera.

A missão, batizada de Unity 25, acontecerá "no final de maio", detalhou um comunicado da empresa fundada pelo magnata britânico Richard Branson, que esteve a bordo do último voo espacial, realizado há quase dois anos, em julho de 2021.

Desde então, a empresa realizou mudanças em seu porta-aviões e em sua aeronave, a fim de melhorar o rendimento e capacidade para voar com maior frequência.

A Unity 25 será "a evolução final do sistema espacial completo e da experiência dos astronautas antes de que o serviço de voos comerciais se abra no final de junho", indicou a Virgin Galactic.

Esse será o quinto voo ao espaço da companhia, de acordo com a definição militar americana - acima dos 80 quilômetros de altitude.

A viagem proposta oferece alguns minutos na gravidade zero: um enorme avião de transporte decola de uma pista convencional e a determinada altura ejeta a aeronave, que se parece com um grande jato privado.

Ela acende seu motor até superar os 80 quilômetros de altitude, antes de descer planando e aterrizar na mesma pista.

A tripulação do Unity 25 será composta por duas mulheres e dois homens: Beth Moses, que esteve em dois voos espaciais anteriores, Jamila Gilbert, Chris Huie e Luke Mays, que passou vários anos treinando astronautas na NASA.

Veja também

Prevupe 2024: inscrições para o pré-vestibular da UPE estão abertas; são 10.400 vagas em 48 polos
educação

Prevupe 2024: inscrições para o pré-vestibular da UPE estão abertas; são 10.400 vagas em 48 polos

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul
segurança pública

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul

Newsletter