Visita técnica definirá ações de preservação de ossadas em Itamaracá

Técnicos de diversas instituições realizarão visita técnica na próxima quarta-feira para identificar quais as intervenções necessárias para a preservação das ossadas encontradas no sítio histórico da Igreja de Vila Velha, em Itamaracá

Ossadas estão expostas na área externa da igreja sem qualquer proteçãoOssadas estão expostas na área externa da igreja sem qualquer proteção - Foto: Rafael Furtado /Folha de Pernambuco

 

Uma visita técnica que será realizada na próxima quarta-feira será o primeiro passo para definir como será preservada as ossadas encontradas no Sítio Histórico da Igreja de Vila Velha, na Ilha de Itamaracá. Prefeitura, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Fundarpe participarão da ação, para identificar quais as intervenções necessárias para que o acervo seja protegido.

As observações iniciais apontam para a existência de, ao menos, cinco ossadas humanas. “O que sabemos é que, no século 19, muitas pessoas costumavam ser enterradas no entorno da igreja, portanto esses restos mortais podem datar daquela época”, afirmou o secretário de Turismo de Itamaracá, Bruno Reis. O orçamento necessário para as obras que precisam ser feitas, só será definido após a elaboração de um projeto técnico, que ficará a cargo do Iphan e da Fundarpe.

Leia também:
Reunião definirá como ossada em Itamaracá será protegida
Ossadas e objetos históricos surgem sob a terra no entorno de igreja em Itamaracá

O secretário explicou que a área terá o isolamento reforçado e que as ossadas expostas serão cobertas com a areia da região, até que o corpo técnico defina a melhor maneira de manter o material seguro. Reis também informou que a prefeitura reunirá a comunidade para pedir a colaboração das pessoas e evitar que o perímetro protegido seja varrido ou sofra outras violações. “Queremos sensibilizar as pessoas para a importância histórica deste achado, que precisa ser preservado”, destacou Bruno Reis.

 

Veja também

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19
Vacinação

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19

Novo lote com 529 mil doses de vacina da Pfizer chega ao Brasil
Coronavírus

Novo lote com 529 mil doses de vacina da Pfizer chega ao Brasil