Vistorias em veículos podem diminuir acidentes

Em Pernambuco, 50 mil revistas são realizadas mensalmente pelo Detran e empresas credenciadas

Parte elétrica, motor, pneus, faróis e até o chassi dos veículos são checados pelos agentesParte elétrica, motor, pneus, faróis e até o chassi dos veículos são checados pelos agentes - Foto: Jose Britto/Folha de Pernambuco

No mês de conscientização ao alto número de acidentes no trânsito, a vida é a palavra chave da campanha Maio Amarelo deste ano. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), incidentes envolvendo veículos é a nona maior causa de mortes no mundo. No Brasil, 37 mil pessoas morrem no trânsito, anualmente, de acordo com o Ministério da Saúde.

De acordo com estudo do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro/Escola Nacional de Seguros, o valor gasto pelo Estado com acidentes de trânsito em Pernambuco em 2012 foi de R$ 2,6 bilhões, o que representa 4,62% do custo total de acidentes no País. Contudo, este índice pode ser reduzido a partir de medidas eficientes. É o caso da vistoria veicular, que pode frear consideravelmente a quantidade de acidentes viários.

Leia também:
Campanha Maio Amarelo visa diminuir acidentes no trânsito
Maio Amarelo: Servidores do Detran-PE são sensibilizados sobre segurança no trânsito

Durante a vistoria, itens importantes do veículo como parte elétrica, motor, pneus, faróis e até o chassi são checados. Com isto, os acidentes podem ser reduzidos pelo correto funcionamento de todo o sistema do veículo.No dia a dia é comum verificar automóveis sem condições de circulação, faltando equipamentos obrigatórios e essenciais à segurança.

De acordo com o professor de mecânica automotiva do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Marcelo Farias, a vistoria é uma medida eficaz para garantir o funcionamento adequado do carro como um todo. “Quando o veículo está em condições irregulares, cada problema influencia diretamente no comportamento do automóvel. Sendo assim, o motorista terá maior controle numa situação de emergência”, explica.

“Além disto, ainda há a questão do cuidado com o meio ambiente. Isso, porque veículos com vazamentos de óleo podem aumentar o consumo de combustível. Sendo assim, sentem o bolso do consumir e a natureza, pois a poluição será maior”, acrescenta.

Mensalmente, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) e as ECVs realizam 50 mil vistorias. O serviço garante maior tranquilidade aos envolvidos na troca do veículo, uma vez que o comprador terá a garantia de que o veículo não é clonado. Além disso, entra a questão da segurança no trânsito. Diretor Geral do Detran-PE, Sebastião Marinho, explica que a tecnologia favorece. “Antes, tudo era feito com o laudo impresso, com o decalque do chassi. Agora, com o laudo eletrônico é possível garantir mais segurança ao cliente”, pontua.

Segundo a Associação Nacional das Empresas de Perícias, Vistorias e Inspeções Veiculares (Anpevi) é indispensável que a vistoria veicular seja realizada de forma uniforme e completa em todo o País, retirando das ruas veículos sem condições de circulação, que oferecem riscos.

Maio Amarelo

 

Veja também

EUA autorizam envio de 3 mi de doses da vacina da Janssen ao Brasil para a próxima semana
Vacinação

EUA autorizam envio de 3 mi de doses da vacina da Janssen ao Brasil para a próxima semana

Igreja, restaurantes e lojas são autuados em fiscalizações do Procon-PE
Pandemia

Estabelecimentos são autuados em fiscalizações do Procon-PE