Vítima de queda do Globocop teve piora no quadro clínico nas últimas 48h

Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, apresenta piora clínica, segundo o Hospital da Restauração

Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anosMiguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos - Foto: Reprodução/Facebook

O jovem de 21 anos que sobreviveu a queda do Globocop permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área Central do Recife. Segundo o boletim médico divulgado nesta quinta-feira (1º), Miguel Brendo Pontes Simões segue em estado gravíssimo e apresa piora no quadro neurológico.

Leia também:
Morre, no Hospital da Restauração, terceira vítima de queda de Globocop
Moradores de Brasília Teimosa acham mais peças do Globocop

Segundo o HR, nas últimas 48h foi observada evolução não satisfatória. A ventilação mecânica com o uso de drogas vasoativas está mantida. Caso haja novas intercorrências, um novo boletim será divulgado ainda nesta quinta.

O jovem foi o único sobrevivente do acidente que deixou duas pessoas mortas. A aeronave, propriedade de uma empresa que presta serviços à Rede Globo Recife, caiu na praia de Brasília Teimosa, na Zona Sul da Capital.

Miguel Brendo é operador de transmissão da empresa Helisae há um ano e meio, trabalhando na captação, gravação e transmissão de imagens para a empresa, onde fez o curso de operador de sistemas. O jovem é enteado do capitão Wagner Monteiro, um dos donos da Heliase. Ele sofreu vários traumatismos e choque hemorrágico.

Entenda o caso
O helicóptero modelo R44, de matrícula PP-HLI, da Helisae Helicópteros do Nordeste - terceirizada que opera o Globocop, da TV Globo - fazia imagens para a emissora quando caiu, às 6h05 da última terça-feira (23), na praia de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. Três pessoas estavam na aeronave.

O comandante Daniel Galvão, de 33 anos, morreu na hora. A controladora de tráfego aéreo sargento Lia Maria Abreu de Souza, de 34 anos - que viajava a convite da Helisae, não estava a serviço da Aeronáutica - chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Moradores dizem ter visto uma ave atingir helicóptero da Globo. A investigação sobre o caso será conduzida pela Polícia Federal. Em nota, a TV Globo lamentou o ocorrido e se solidarizou com as vítimas.

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h