Vivências da escola levadas para GRE

Agora, é a vivência de Ana Xavier na GRE Mata Centro que começa a ser replicada para a rede estadual.

Prefeito Geraldo Julio publicou texto no Facebook lamentando a mortePrefeito Geraldo Julio publicou texto no Facebook lamentando a morte - Foto: Reprodução Facebook

A história de Ana Maria Xavier como gerente regional da GRE Mata Centro pode ser definida como a de alguém que levou para um novo desafio o conhecimento acumulado por uma forte vivência anterior. Durante 31 anos, ela passou por diversas funções na Escola Estadual Professora Jandira de Andrade Lima, em Limoeiro, cidade em que vive desde os primeiros meses de vida. Nos últimos dez anos dessa experiência, ela exerceu o cargo de diretora, escolhida pela comunidade, até que foi selecionada pela Secretaria de Educação para dirigir a regional localizada em Vitória de Santo Antão, para onde vai todos os dias.

“Esse período da minha vida nessa escola foi muito importante na minha caminhada. Tive excelentes gestoras, que foram, para mim, grandes referências. Era uma escola muito boa, um Centro de Educação Rural (Ceru), que acabou se transformando em uma escola regular”, conta Ana Xavier. Como gestora, ela criou o projeto Limoeiro sob o olhar de uma criança, onde os alunos produziam cartões-postais sobre a realidade do município, para serem distribuídos dentro e fora da cidade. Ana enviou alguns postais para uma amiga que morava na Alemanha e, a partir daí, foi estabelecido um inusitado intercâmbio com o país europeu, através da escola Grundschule Westerholt, da cidade de Norden, que durou dez anos e rendeu frutos e experiências que ainda se fazem presentes na Professora Jandira.

O projeto rendeu à escola o Prêmio Nacional Referência em Gestão Escolar de 2003. “Fomos a primeira escola de Pernambuco a ganhar o prêmio nacional. A gente passou a ser visto de outra forma. A perceber que as pessoas acreditavam no nosso potencial”, diz. “Quando cheguei à GRE, pensei que o trabalho legal que eu fiz na escola poderia ser replicado para a rede”. Uma das experiência adquiridas com o intercâmbio com a Alemanha foi a valorização de áreas verdes na escola. Quando assumiu a regional e percebeu que as escolas careciam de mais cuidado, levou todos os gestores para conhecer a Professora Jandira. A iniciativa deu tão certo que nasceu o Programa de Intercâmbio de Gestores Escolares (PIGE), que já visitou outras cidades, como Quixaba, Petrolina e Olinda, para conhecer práticas que deram certo. O próprio PIGE também transformou-se em um programa premiado, no Inova PE.

Agora, é a vivência de Ana Xavier na GRE Mata Centro que começa a ser replicada para a rede estadual. Por conta de outro projeto, Transparência na Gestão Escolar, que consiste na visita e reuniões com as escolas e toda a comunidade para debater e definir a melhor forma de aplicação dos recursos distribuídos pelo Estado, ela foi convidada a implementar a ação da SEE de regionalizar a aquisição da merenda escolar. “Disseram que estão pensando em um piloto, em regionalizar a merenda, a aquisição, o controle e o acompanhamento. Como não dá para fazer isso de uma hora para a outra, escolheram a nossa regional para iniciar essa experiência. Porque já existe um trabalho consolidado”.

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h