Voluntários se organizam para retirar óleo das praias; saiba como ajudar

Entre as ações que o grupo busca realizar estão trabalhos presenciais, de retirada dos resíduos sólidos das praias, e arrecadação de doações

Óleo atingiu praias do Cabo de Santo AgostinhoÓleo atingiu praias do Cabo de Santo Agostinho - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Em meio à contaminação das praias do litoral pernambucano, o apoio dos voluntários tem sido fundamental para a limpeza dos locais afetados. Tendo em vista a previsão do espalhamento do óleo, um grupo de voluntários resolveu intensificar os esforços e reunir novos colaboradores para lidar com os impactos da poluição nas praias de pernambuco. A SOS Litoral PE foi uma das iniciativas que surgiram a partir dessa necessidade. Segundo os organizadores, a ideia é mobilizar mais pessoas e “amenizar os impactos negativos” causados pela poluição.

Entre as ações que o grupo busca realiza, estão trabalhos presenciais, de retirada dos resíduos sólidos das praias e arrecadação de doações. A ONG trabalha com o conceito de Ilhas Colaborativas, que são grupos de atuação classificados de acordo com o tipo de ajuda oferecida.

Segundo com a organização do projeto, uma das maiores urgências é a arrecadação de equipamentos de proteção individual (EPIs) como luvas e máscaras. Além das EPIs, estão sendo solicitados sacos de trigo, baldes, refletores para rondas noturnas, tonéis e transportes para os voluntários. Para os que querem ajudar, mas não podem ir às praias, o SOS Litoral PE convoca voluntários que se responsabilizem pela comunicação do projeto nas redes sociais e de colaboradores que possam ajudar nas questões jurídicas.

Leia também:
Recife monitora possível chegada de óleo nas praias da capital
Técnica usada em desastre aéreo ajuda na busca por óleo
Mancha de óleo já chegou a praias de sete cidades de Pernambuco

Segundo a educadora Jéssica Oliveira, o movimento possui um caráter popular. “Mesmo sem sermos convidados, vemos a população participando ativamente na limpeza e isso é muito importante”, afirma Jéssica. A articulação está sendo feita através de grupos do WhatsApp e pelas redes sociais do projeto. Nos próximos dias, serão organizadas excursões às praias afetadas.

O movimento Salve Maracaípe, que tem atuado na mobilização de voluntários, também trabalha na arrecadação de fundos para o financiamento das ações. Através de uma campanha de financiamento coletivo. Os fundos arrecadados serão utilizados para a compra de EPIs e o custeamento dos transportes. As doações podem ser feitas através do link.

O Governo do Estado de Pernambuco também convocou, no último sábado (19), voluntários para participar de mutirão de limpeza nas praias atingidas pelo óleo. Em ação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), os interessados podem se inscrever através da plataforma Transforma Brasil, que irá orientar os voluntários e encaminhá-los para pontos de atuação específicos.

Uma parceria do Porto Digital, SoftexRecife, CESAR, Assespro PE-PB, Seprope e Manguez.al, instituições que compõem o ecossistema de inovação de Pernambuco, também arrecada donativos para ajudar nas atividades voluntárias de combate ao óleo.

O material pode ser entregue na sede do Porto Digital (Cais do Apolo, 222), no SoftexRecife (Rua da Guia, 142) ou nas instalações do CESAR (Rua Bione, 220; Cais do Apolo, 77; Cais do Apolo, 463; Av. Rio Branco, 50). Todos os endereços são no Bairro do Recife, área central da Capital.

SOS Litoral PE
(81)9.9171-9411 - Heloísa
(81)9.9565.2624 - Bárbara
Instagram: @soslitoralpe
Twitter: @slitoralpe

Salve Maracaípe
Instagram: @salvemaracaipe

Transforma Brasil
Inscrição no site: https://transformabrasil.com.br

Veja também

Criança deixa bilhete de desculpas após riscar carro com bicicleta
brasil

Criança deixa bilhete de desculpas após riscar carro com bicicleta

DETRAN-PE promove ação alertando sobre como evitar conflitos no trânsito
DETRAN

DETRAN-PE promove ação alertando sobre como evitar conflitos no trânsito