Votação começa em grande parte do país

A votação ainda não começou nos estados da Região Norte que terão segundo turno

Quem não votou no 1º turno e nem justificou não fica impedido de votar no 2º turnoQuem não votou no 1º turno e nem justificou não fica impedido de votar no 2º turno - Foto: Arquivo/José Cruz/Agência Brasil

Os locais de votação na maioria das cidades do país foram abertos às 8h. A votação ainda não começou nos estados da Região Norte que terão segundo turno. Na região, os municípios estão uma hora a menos em relação ao fuso horário de Brasília, e a votação começará às 9h, horário de Brasília. Os eleitores poderão comparecer às seções eleitorais para votar até as 17h, horário local.

Neste segundo turno, os eleitores de 13 estados e do Distrito Federal irão às urnas para escolher os governadores e vices e o futuro presidente da República. Nos outros 13 estados, as eleições para o governo estadual foram definidas no primeiro turno, e os eleitores vão votar somente para presidente.

Leia também:
Guia com as principais dúvidas sobre o segundo turno
Boca de urna persiste em era das redes sociais
Pleito será lembrado pelos casos de violência, dizem analistas


Para votar, é necessário apresentar um documento oficial com foto, como carteira de Identidade, de Trabalho, Nacional de Habilitação, Certificado de Teservista, Documento Nacional de Identidade (DNI) ou passaporte. Certidões de nascimento e de casamento não valem como prova de identidade na hora de votar.

Eleitores que fizeram o cadastramento biométrico podem apresentar somente o e-Título, por substituir o documento oficial com foto. O aplicativo de celular da Justiça Eleitoral pode ser baixado gratuitamente e está disponível para IOS e Android.

Veja também

Perfil conciliatório de Biden pode atrasar resposta à pandemia de Covid
EUA

Perfil conciliatório de Biden pode atrasar resposta à pandemia de Covid

Cinco pacientes com Covid-19 de Manaus iniciam tratamento no Hospital das Clínicas da UFPE
Coronavírus

Cinco pacientes com Covid-19 de Manaus iniciam tratamento no Hospital das Clínicas da UFPE