68 pessoas são detidas por crimes eleitorais

Outros quatro detidos disputavam uma vaga de vereadores, sendo eles: Jairo da Justiça, de Jaboatão dos Guararapes; Fúlvio Cavalcanti, de João Alfredo; Pelé, de Macaparana; e Mateus Lins, de Olinda.

Fundação Hemocentro de BrasíliaFundação Hemocentro de Brasília - Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

O TRE-PE também divulgou, em conjunto com a Secretaria de Defesa Social (SDS-PE) 68 prisões, sendo cinco delas de candidatos. Eles foram detidos por compra de votos, transporte irregular, arregimentação de eleitores, entre outros crimes. Das ocorrências, chamou atenção a prisão da candidata à Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista, Sertão, Sônia Medrado (PEN), por boca de urna.

Outros quatro detidos disputavam uma vaga de vereadores, sendo eles: Jairo da Justiça, de Jaboatão dos Guararapes; Fúlvio Cavalcanti, de João Alfredo; Pelé, de Macaparana; e Mateus Lins, de Olinda. Ainda assim, o balanço das ocorrências foi considerado tranquilo pelo secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho. “O planejamento feito durante o ano permitiu uma logística mais apurada. Foram 11% menos policiais empregados na escolta das urnas, se comparado com as eleições passadas”, comentou o secretário, que apontou as detenções como fatos isolados.

O trabalho foi monitorado do Centro Integrado de Comando e Controle Regional - com representantes da SDS, do TRE, da PF, do Samu, da CTTU, da CBTU/Metrorec e do Consórcio Grande Recife.

 

Veja também

Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da Covid-19
Política

Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da Covid-19

Senado aprova indicação de Alexandre Costa Rangel para CVM
política

Senado aprova indicação de Alexandre Costa Rangel para CVM