política

8 de janeiro: Moraes solta dois últimos oficiais da PM-DF que continuavam presos por omissão

Ministro do STF revogou prisão do major Flávio Silvestre de Alencar e o tenente Rafael Pereira Martins

Alexandre de MoraesAlexandre de Moraes - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou a prisão de dois oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) que estavam presos desde agosto do ano passado. O major Flávio Silvestre de Alencar e o tenente Rafael Pereira Martins eram os únicos que continuavam presos entre os réus de uma ação que apura omissão nos atos golpistas de 8 de janeiro.
 

Outros quatro réus na mesma ação penal já haviam sido liberados, após irem para a reserva da PM. Apesar de Alencar e Martins continuarem na ativa, Moraes também concordou com a liberdade, mas impôs medidas cautelares.

Veja também

TSE mantém cassação do prefeito e do vice de São Caetano do Sul por fraude nas eleções 2016
ELEIÇÕES

TSE mantém cassação do prefeito e do vice de São Caetano do Sul por fraude nas eleções 2016

Banca inglesa tenta faturar no desastre da Samarco; confira a coluna deste sábado (22)
Cláudio Humberto

Banca inglesa tenta faturar no desastre da Samarco; confira a coluna deste sábado (22)

Newsletter