Alckmin diz que manterá Goldfajn no BC caso seja eleito presidente

Alckmin afirmou que a política conduzida por Godfajn é correta e que, caso vença as eleições, manterá toda a equipe

Geraldo AlckiminGeraldo Alckimin - Foto: NELSON ALMEIDA / AFP

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), afirmou ao programa "Canal Livre", da TV Bandeirantes, que manterá o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, no cargo caso seja eleito presidente da República. A entrevista com o tucano foi gravada na tarde deste domingo (25) e vai ao ar à meia-noite. A atração será reprisada na segunda (26), às 22h, na BandNews TV.

Alckmin afirmou que a política conduzida por Godfajn é correta e que, caso vença as eleições, manterá toda a equipe do banco em seus cargos caso queiram permanecer.
O atual chefe do presidente do BC é Henrique Meirelles, ministro da Fazenda e também pré-candidato à Presidência da República. O economista Persio Arida, responsável pelo programa do candidato, estava assistindo à gravação nos bastidores.

Veja também

Covas tem 26%, Russomanno, 20%, e Boulos e França empatam em terceiro, diz Ibope
SÃO PAULO

Covas tem 26%, Russomanno, 20%, e Boulos e França empatam em terceiro, diz Ibope

Polícia de SP abandona investigação sobre suspeito que usou Bolsonaro como garoto-propaganda
política

Polícia de SP abandona investigação sobre suspeito que usou Bolsonaro como garoto-propaganda