Alcolumbre revoga ato da Mesa que o impedia de presidir eleição

Na manhã desta sexta-feira (1º), a Secretaria-Geral publicou ato em que regulamenta o rito da eleição na Casa e que delegava a condução da disputa a José Maranhão (MDB-PB).

O clima esquentou na sessão para eleição da nova Mesa Diretora do SenadoO clima esquentou na sessão para eleição da nova Mesa Diretora do Senado - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente em exercício do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), derrubou a decisão da Mesa Diretora que o impede de presidir a eleição da presidência da Casa.

Na manhã desta sexta-feira (1º), a Secretaria-Geral publicou ato em que regulamenta o rito da eleição na Casa e que delegava a condução da disputa a José Maranhão (MDB-PB).

Leia também:
Chefe do Senado enfrentará agenda econômica e política; saiba qual é o seu papel
Renan é o candidato do MDB à presidência do Senado
Disputa pelo Senado opõe equipes política e econômica de Bolsonaro


"Em função do edital publicado pela Secretaria-Geral da Mesa do Senado nesta sexta-feira (...), o senador Davi Alcolumbre, presidente em exercício do Senado Federal, informa que: o referido edital está revogado ante a ausência de legitimidade da SGM (...)", diz nota divulgada pela assessoria do Senado.

O comunicado, além de trazer o nome do presidente em exercício grafado errado -David, em vez de Davi-, estava com data de 1º de fevereiro de 2016.

Veja também

PSOL pede que STF proíba Ministério da Saúde de distribuir cloroquina
Coronavírus

PSOL pede que STF proíba Ministério da Saúde de distribuir cloroquina

Maia marca audiência com embaixador da China para tentar resolver crise das vacinas
Política

Maia marca audiência com embaixador da China para tentar resolver crise das vacinas