Após Datafolha, Lula decide antecipar lançamento de pré-candidatura

Dirigentes do PT de Minas estão organizando às pressas ato de pré-lançamento

Fachin negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para suspender sua inelegibilidade e manter sua candidatura Fachin negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para suspender sua inelegibilidade e manter sua candidatura  - Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula/Fotos Públic

Após divulgação da pesquisa Datafolha, o PT decidiu marcar para a semana que vem o lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ato deverá ocorrer na próxima quarta-feira (7), em Minas Gerais, Estado governado pelo petista Fernando Pimentel.

Dirigentes do PT de Minas estão organizando às pressas ato de pré-lançamento. Segundo petistas, só amanhã haverá definição de local. A intenção é evitar que o feriado do Carnaval quebre o ritmo adotado por Lula desde o início das caravanas que protagonizou pelo Nordeste e Sudeste.

Leia também
Sem Lula, Bolsonaro lidera e disputa por vaga no segundo turno se acirra
Para o governo, pesquisa mostra dificuldade em candidatura apoiada por Temer
Para o PT, Datafolha mostra que excluir Lula é cassar o direito de voto da maioria


Segundo o Datafolha, Lula mantém liderança nas pesquisas mesmo após sua condenação pelo TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4 Região). Minas é o único Estado do Sudeste administrado por um petista. Na noite desta terça-feira (30), dirigentes do partido chegaram a sugerir que Lula lançasse sua pré-candidatura no Nordeste, onde lidera com folga as pesquisas. Mas prevaleceu o argumento de que estaria se refugiando em uma zona de conforto.

Veja também

Falece Luciano Albuquerque, pai do deputado Fernando Monteiro
Luto

Falece Luciano Albuquerque, pai do deputado Fernando Monteiro

Mendonça Filho testa positivo para a Covid-19
Política

Mendonça Filho testa positivo para a Covid-19