Política

Arthur Lira critica efeito da decisão de Fachin: 'Lula pode até merecer. Moro, jamais!'

Presidente da Câmara, dep. Arthur LiraPresidente da Câmara, dep. Arthur Lira - Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Em sua conta no Twitter, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), comentou um detalhe da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que declarar a Justiça de Curitiba incompetente para julgar quatro processos que envolvem Lula –o do triplex, o do sítio de Atibaia, o do Instituto Lula e o de doações para o mesmo instituto, devolvendo a elegibilidade do ex-presidente.

"Minha maior dúvida é se a decisão monocrática foi para absolver Lula ou Moro. Lula pode até merecer, Moro jamais!", tuitou Lira,  referindo-se ao trecho da decisão de Fachin que declara a perda de objeto de dez habeas corpus impetrados pela defesa que questionavam a conduta da Justiça – inclusive a suspeição de Moro.

Fachin é um dos ministros mencionados nos diálogos de procuradores da Lava Jato vazados pelo The Intercept. Nas mensagens, Deltan Dallagnol comemora a notícia de que o ministro estaria bem relacionado com a operação. "Aha, uhu o Fachin é nosso", disse o procurados aos seus colegas de Lava Jato, em 13 de julho de 2015. Coincidência ou não, a decisão monocrática do ministro do STF alivia a situação do ex-juiz Sérgio Moro, que deveria ser julgado pela Suprema Corte por suas atuações parciais em Curitiba.

 



Confira:

Veja também

Pesquisa Opus: Marília com 34% e Miguel avança para segundo, com 13%
Blog da Folha

Pesquisa Opus: Marília com 34% e Miguel avança para segundo, com 13%

Bolsonaro volta a criticar carta pró-democracia: "Pessoal faz uma onda para tentar atingir a mim"
Ato pela democracia

Bolsonaro volta a criticar carta pró-democracia: "Pessoal faz uma onda para tentar atingir a mim"