A-A+

Ato no Rio distribui mil placas com o nome de Marielle Franco

A homenagem é uma reação a Rodrigo Amorim (PSL), então candidato a deputado estadual, que rasgou a placa com o nome da vereadora, que foi colocada sobre a da Praça Floriano, nome oficial da Cinelândia, onde fica a Câmara dos Vereadores

Manifestantes seguram cartazes de rua dizendo "Marielle Franco St." durante uma manifestação no centro do Rio de JaneiroManifestantes seguram cartazes de rua dizendo "Marielle Franco St." durante uma manifestação no centro do Rio de Janeiro - Foto: Carl de Souza/AFP

Mil placas em homenagem a vereadora do PSOL Marielle Franco, assassinada há exatos sete meses, foram distribuídas durante ato na Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro, na tarde deste domingo (14). A homenagem é uma reação a Rodrigo Amorim (PSL), então candidato a deputado estadual, que rasgou a placa com o nome da vereadora, que foi colocada sobre a da Praça Floriano, nome oficial da Cinelândia, onde fica a Câmara dos Vereadores. Ele se elegeu como o mais votado no estado, com 140 mil votos.

Marielle Franco foi assassinada a tiros em março de 2018, num crime ainda não esclarecido. As principais linhas de investigação apontam para o envolvimento de milicianos e policiais, mas a autoria e os mandantes ainda não foram identificados.

Leia também:
Filho de Bolsonaro defende aliado que rasgou homenagem a Marielle
Aliado de Bolsonaro rasga placa em homenagem a Marielle
Caso Marielle Franco é destaque em campanha de direitos humanos

Veja também

Metade dos brasileiros diz acreditar que Bolsonaro pode dar golpe
Bolsonaro

Metade dos brasileiros diz acreditar que Bolsonaro pode dar golpe

PT turbina estrutura de comunicação mirando eleição de 2022
Eleições 2022

PT turbina estrutura de comunicação mirando eleição de 2022