Barroso autoriza prorrogação de inquérito sobre Decreto dos Portos

Com a decisão que prorroga o inquérito sobre Decreto dos Portos, a Polícia Federal terá o prazo de 15 dias para encerrar as investigações e apresentar um relatório conclusivo

Ministro Barroso proíbe coligação de apresentar Lula como candidato no guiaMinistro Barroso proíbe coligação de apresentar Lula como candidato no guia - Foto: Reprodução

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta terça-feira (18) nova prorrogação do inquérito que investiga suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A na edição do chamado Decreto dos Portos (Decreto 9.048/2017), assinado em maio do ano passado pelo presidente Michel Temer.

Leia também
Barroso proíbe PT de apresentar Lula como candidato
Barroso nega liminar para suspender de antemão propaganda com Lula
Barroso vota contra registro da candidatura de Lula


Com a decisão, a Polícia Federal (PF) terá o prazo de 15 dias para encerrar as investigações e apresentar um relatório conclusivo. Além do presidente Michel Temer, são investigados no mesmo inquérito o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures e os donos da Rodrimar, empresários Antônio Celso Grecco e Ricardo Mesquita. A prorrogação foi pedida pela PF, que alegou haver diligências ainda a serem concluídas pela investigação.

No inquérito, que ainda não teve denúncia apresentada, é investigado o suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A, concessionária do Porto de Santos, por meio do decreto assinado por Temer em maio do ano passado.

Temer nega todas as suspeitas. No início do ano, ao responder por escrito a questionamentos dos delegados responsáveis pelo caso, a defesa do presidente declarou que ele nunca foi procurado por empresários do setor portuário para tratar da edição do decreto.

Veja também

'Nós fizemos a nossa parte', diz Bolsonaro em meio à crise de falta de oxigênio em Manaus
Coronavírus

'Nós fizemos a nossa parte', diz Bolsonaro em meio à crise de falta de oxigênio em Manaus

Presidente do Senado articula ajuda para fornecimento de oxigênio em hospitais de Manaus
Coronavírus

Presidente do Senado articula ajuda para fornecimento de oxigênio em hospitais de Manaus