Battisti é entregue às autoridades italianas e deixa a Bolívia

A aeronave com matrícula I-DEM aterrissou sob uma forte chuva, enquanto os jornalistas foram posicionados em um terraço do terminal internacional, longe do avião. Battisti já embarcou rumo à Itália.

Cesare Battisti foi detido na Bolívia.Cesare Battisti foi detido na Bolívia. - Foto: AFP

Um avião branco de bandeira italiana pousou neste domingo (13) pouco após as 15h locais (17h de Brasília) no aeroporto de Viru Viru, em Santa Cruz de la Sierra, para levar à Itália o ex-ativista de extrema esquerda Cesare Battisti, comprovaram jornalistas da AFP no local. Battisti foi entregue a autoridades italianas e já embarcou da Bolívia com destino a Roma, na Itália.

A aeronave com matrícula I-DEM aterrissou sob uma forte chuva, enquanto os jornalistas foram posicionados em um terraço do terminal internacional muito longe de onde o avião pousou, procedente da Itália, para recolher Battisti, capturado na véspera nesta cidade do leste da Bolívia.

Leia também:
Battisti deu drible na PF, que o procurou em casa de amigo de Lula e em barco no rio Amazonas
Não é discussão ideológica, mas constitucional, diz líder do PT na Câmara sobre Battisti
Battisti tinha 'hálito de álcool' quando foi preso na Bolívia
'Finalmente a justiça será feita', diz Bolsonaro sobre prisão de Battisti
Foragido há um mês, Cesare Battisti é preso na Bolívia

Segundo o governo da Bolívia, o avião seguirá direto para a Itália. Mais cedo, comentava-se que o italiano faria uma escala no Brasil, tanto que a defesa de Battisti impetrou um habeas corpus preventivo contra o ato do ministro Luiz Fux, visando evitar que Battisti fosse extraditado do Brasil para a Itália.
A informação sobre o voo direto pelos europeus. Em uma mensagem no Facebook, o premiê italiano disse que Battisti chegará em Roma nas próximas horas em voo que saiu de Santa Cruz de La Sierra.
O local de entrega será o aeroporto de Viruviru, de acordo com a agência de notícias France Press. Segundo anunciou o ministro da Justiça italiano, Alfonso Bonafede, Battisti será encaminhado para um presídio nos arredores de Roma.
A prisão
Segundo o jornal italiano Corriere Della Sera, Battisti caminhava por uma rua de Santa Cruz de la Sierra quando foi abordado pela Interpol e por agentes bolivianos. Usava uma barba falsa e tinha com ele um documento de identidade com seu nome e data de nascimento.
Battisti estava sozinho no momento da captura, por volta das 17h de sábado (19h no Brasil). De acordo com o relato do jornal, ele não opôs resistência. Vestia calça e camisa azuis e usava óculos escuros. Levado a um carro de polícia, manteve-se em silêncio.
Uma equipe especial da polícia italiana deslocou-se para a cidade boliviana pouco antes do Natal, após receber dicas de informantes.

Veja também

Negado pedido de brasileiros que queriam voltar ao país sem apresentar teste negativo para Covid-19
STF

Negado pedido de brasileiros que queriam voltar ao país sem apresentar teste negativo para Covid-19

Parlamentares pedem que TCU investigue gasto de R$ 1,8 bi do governo com alimentos
Congresso

Parlamentares pedem que TCU investigue gasto de R$ 1,8 bi do governo com alimentos