PCdoB comemora 97 anos de fundação no Recife, nesta segunda (25)
PCdoB comemora 97 anos de fundação no Recife, nesta segunda (25)Foto: Divulgação

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) reúne nesta segunda-feira (25), no Recife, algumas de suas principais lideranças nacionais e locais para comemorar seus 97 anos de fundação. O evento festivo acontece no Teatro Beberibe, do Centro de Convenções, em Olinda, a partir das 18h.

Já confirmaram presença Renato Rabelo, presidente nacional da Fundação Maurício Grabois; Jandira Feghali, deputada federal (RJ) e Líder da Minoria da Câmara dos Deputados; Daniel Almeida, deputado federal (BA) e Líder da Bancada do PCdoB na Câmara Federal. São aguardadas as confirmações do governador do Maranhão, Flávio Dino; do presidente nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo; da presidenta nacional da UNE, Marianna Dias; do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), entre outras lideranças político-partidárias, bem como de representantes das forças democráticas, populares de patrióticas de diversos estados do Brasil.

Manifesto - A direção nacional do PCdoB divulgou nesta sexta-feira (22) um manifesto alusivo aos 97 anos de vida da legenda no qual reafirma seu compromisso com a defesa da democracia “como alicerce do desenvolvimento soberano, num percurso que abarca quase toda a história republicana do nosso país”. “Essa tem sido a tradição dos comunistas, que se levantaram com vigor sempre que o autoritarismo atentou contra as liberdades e o Estado Democrático de Direito, tal como se deu nas jornadas contra o Estado Novo e a ditadura militar”, destaca o documento.

Em outro trecho do Manifesto, os comunistas lembram que o partido celebra seu aniversário de 97 anos de mãos dadas com as forças democráticas e progressistas. “Comemora essa data importante irmanado com o povo e, mais uma vez, na linha de frente do combate aos retrocessos impostos pelo avanço da extrema-direita desde que a marcha golpista, em 2015, se pôs em movimento”.

“Em diferentes fases desse processo regressivo, o PCdoB defendeu a união das forças democráticas, populares e patrióticas como condição para enfrentar a escalada reacionária. Agora, quando tem início um novo e sombrio ciclo político marcado pelo governo de Jair Bolsonaro, de extrema-direita – disposto a ferro e fogo a impor um programa ultraliberal, autoritário e neocolonial –, os comunistas renovam sua tática de ampla unidade das forças progressistas, associada à mobilização crescente do povo para conter os retrocessos e defender os interesses da nação e os direitos da classe trabalhadora”, enfatiza o documento.

Confira o Manifesto

Na visita, de caráter institucional, eles discutiram parcerias vigentes e futuras
Na visita, de caráter institucional, eles discutiram parcerias vigentes e futurasFoto: Heudes Régis/ SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) recebeu, nesta sexta-feira (22.03), o presidente nacional da Caixa Econômica Federal, Pedro Duarte Guimarães, no Palácio do Campo das Princesas. Atualmente, a Caixa atua junto com o Governo do Estado nas áreas de Habitação e Mobilidade, além de questões de abastecimento de água e obras de saneamento.

“A Caixa é, há muito tempo, um grande parceiro do Estado de Pernambuco. Nós temos obras importantes em áreas necessárias e fundamentais para a melhoria de qualidade de vida do povo. Então, essa aproximação cada vez maior, em um período em que precisamos gerar emprego e fazer o investimento acontecer, é fundamental”, avaliou Paulo Câmara, afirmando que pretende continuar contando com o apoio da entidade como indutora do desenvolvimento do Estado.

“Sabemos que com essa afinidade na busca de geração de emprego e renda e do destravamento da burocracia, que é tão importante para que o investimento aconteça, vamos conseguir ajudar o Brasil a crescer e fazer Pernambuco melhor, mais inclusivo e menos desigual, para que as oportunidades cheguem a todos”, completou o governador.

O presidente da Caixa considerou o encontro positivo e adiantou que a relação com o Governo de Pernambuco seguirá adiante. “A reunião foi excelente. Já somos parceiros, por exemplo, em infraestrutura e em questões de habitação. Mas vamos estar juntos em muitas outras operações estratégicas”, concluiu Pedro Guimarães.

No município de João Alfredo, no Agreste, o parlamentar reforçou que não defenderá Previdência se prejudicar trabalhadores rurais
No município de João Alfredo, no Agreste, o parlamentar reforçou que não defenderá Previdência se prejudicar trabalhadores ruraisFoto: Divulgação

O deputado federal Fernando Monteiro (PP) segue, neste fim de semana, por cidades do interior do Estado, observando de perto as demandas necessárias para a busca por recursos em Brasília. Nesta sexta-feira (22), no município de João Alfredo, no Agreste, onde o parlamentar reforçou a lideranças locais o compromisso de não apoiar a reforma da Previdência enquanto ela prejudicar o trabalhador rural.

“Tive a oportunidade de ouvir os anseios dos trabalhadores no momento em que vivem a angústia da possibilidade de terem seus direitos comprometidos. O homem do campo trabalha no sol a pino, depende da chuva, está vulnerável à quebra da safra e, consequentemente, à queda do preço de sua produção, não posso apoiar nada que dificulte o acesso ao benefício por eles”, atestou Fernando Monteiro.

Durante a semana, na Capital Federal, Fernando Monteiro conversou com o prefeito de Bom Conselho, Dannilo Godoy, em audiência com o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Newton Araújo Silva Júnior. O município pernambucano vai voltar a ter o Balcão do Milho, programa de abastecimento social de apoio e estímulo à pequena produção rural.

Com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o deputado falou sobre as possibilidades de incentivo ao turismo em Pernambuco. Entre os pleitos, a necessidade de pavimentação da estrada para a Praia do Sossego, em Itamaracá, um compromisso do deputado com os ilhéus.

Na Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Fernando Monteiro esteve com o novo presidente do órgão, Ronaldo Nogueira, e o prefeito de Lajedo, Rossine Blesmany, conversando sobre as demandas do município do Agreste de Pernambuco. “Foi uma semana intensa e de muitos avanços, como tem que ser. Acompanhar de perto e intermediar as conversas necessárias são obrigação minha, não me vanglorio disso, é meu trabalho”, atesta Fernando Monteiro.

Neste fim de semana, Pedra, Sanharó, Gravatá, Lajedo e Buíque, no Agreste pernambucano, estão no roteiro das cidades a serem visitadas pelo deputado federal.

Deputado Sivaldo Albino (PSB) e o deputado Wanderson Florêncio (PSC) estiveram em ato realizado em defesa do Rio Capibaribe
Deputado Sivaldo Albino (PSB) e o deputado Wanderson Florêncio (PSC) estiveram em ato realizado em defesa do Rio CapibaribeFoto: Divulgação

A Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe) realizou, nesta sexta-feira (22), um ato em defesa do Rio Capibaribe. “Conhecemos presencialmente os problemas do Rio Capibaribe, que vem sofrendo muito com a poluição. O ato de hoje chama atenção para a preservação dele.

Junto com a sociedade civil e as instituições poderemos mudar esse cenário. Queremos mudança e para melhor. Se cada um fizer a sua parte conseguiremos mudar esse cenário”, afirmou o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade Wanderson Florêncio (PSC).

Os deputados, a ONG Recapibaribe, alunos da Escola Estadual Elizabeth Sales e pescadores navegaram pelo trecho do rio entre o Capibar, no Monteiro, e a Alepe, na Boa Vista, recolhendo o lixo encontrado, em evento que aconteceu no Dia Mundial da Água.

Durante toda a semana a Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade realizou eventos com o objetivo de chamar atenção da sociedade para a preservação da água em nosso estado. Entre segunda-feira e sexta-feira a exposição Água Para Todos: não deixa ninguém para trás, que aconteceu no hall de entrada do edifício Miguel Arraes de Alencar, na Alepe, mostrou a situação atual do Rio Capibaribe, desde a sua nascente, em Poção, no Agreste do Estado, até o Recife.

Na última segunda-feira (18), houve a apresentação do Projeto de Lei do ICMS Socioambiental, do deputado Wanderson Florêncio, à Comissão de Meio Ambiente. Na terça-feira (19), a Alepe recebeu alunos do Ginásio Pernambucano, que além de prestigiarem a exposição fotográfica, assistiram a um documentário sobre o Rio Capibaribe e acompanharam a Sessão Plenária.

Na quarta-feira (20), a Alepe realizou uma audiência pública sobre a situação das barragens em nosso Estado e acesso da população à água, enquanto na quinta-feira visitou a Escola Silva Jardim, no Monteiro, e em seguida os alunos foram para o Capibar, onde assistiram a uma palestra sobre a importância da preservação da água.

Ministério Público de Pernambuco
Ministério Público de PernambucoFoto: Reprodução/Google Street View

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da Escola Superior do Ministério Público de Pernambuco (ESMP), abriu inscrições para o curso de capacitação e treinamento para o combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. A iniciativa é uma realização da Secretaria Nacional de Justiça (SNJ) em parceria com o Fórum Permanente de Combate à Corrupção em Pernambuco e está inserido no Programa Nacional de Capacitação e Treinamento no Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (PNLD).

O objetivo do curso é proporcionar a troca de experiências, metodologias e conhecimentos entre os participantes e palestrantes, promovendo maior efetividade na prevenção e no combate aos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção. As aulas serão ministradas no auditório do Centro Cultural Rossini Alves Couto, de 9 a 11 de abril, das 9h às 17h30, e no dia 12, das 9h às 12h.

A capacitação tem como público-alvo: membros e servidores do MPPE; delegados e agentes de polícia; magistrados; analistas e auditores da Controladoria-Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União, Receita Federal do Brasil, Advogados da União, Defensores Públicos, dentre outros.

As inscrições podem ser feitas até 1º de abril, através do link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfexE93MqH-906eSdxPG1EvU9mfMO046RjXybK4rAeo3riDVg/viewform.

Outras informações pelos telefones (81) 31827348 / 31827351 / 31827379, das 12h às 18h, de segunda a sexta-feira.

O primeiro encontro PDT Pernambuco na Gestão Pública foi realizado na noite desta quinta-feira (21).
O primeiro encontro PDT Pernambuco na Gestão Pública foi realizado na noite desta quinta-feira (21).Foto: Divulgação

O primeiro encontro PDT Pernambuco na Gestão Pública foi realizado na noite desta quinta-feira (21), no auditório da sede do Partido Democrático Trabalhista, na João de Barros. O evento foi presidido pelo presidente estadual, o deputado federal Wolney Queiroz e contou com a participação dos principais gestores públicos do partido no Estado. O momento foi de apresentação dos projetos e planos em cada um dos respectivos órgãos ocupados pelas lideranças do partido hoje nas gestões municipal e estadual.

O diretório estadual contou com a explanação de Fábio Fiorenzano, diretor geral do ProRural; Alberes Lopes, Secretário do Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo; Isabella de Roldão, Secretária de Habitação do Recife e do Deputado Estadual José Queiroz. Participaram ainda do encontro Wellington Batista, ex-secretário de Agricultura de PE e responsável pela chefia do Gabinete de Zé Queiroz na Alepe, e demais secretários executivos das pastas ocupadas pelo Partido.

O deputado Wolney Queiroz aproveitou para posicionar a todos sobre os principais informes da Convenção Nacional do Partido, onde o principal ponto foi o fechamento da questão contra a atual reforma de presidência proposta pela Presidência da República. O auditório Leonel Brizola ficou lotado para aplaudir o posicionamento do PDT, em defesa dos trabalhadores e do povo brasileiro.

Senador Jarbas Vasconcelos (MDB) está cumprindo um ciclo de visitas
Senador Jarbas Vasconcelos (MDB) está cumprindo um ciclo de visitasFoto: Divulgação

O senador Jarbas Vasconcelos (MDB) esteve no Tribunal de Contas do Estado (TCE), nesta sexta-feira (22), e se reuniu nesta sexta (22) com o presidente da instituição, Marcos Loreto, e os demais conselheiros da corte. “O Tribunal de Pernambuco pra mim é uma referência em relação a controle, zelo e fiscalização dos recursos públicos. Vim colocar o meu mandato de Senador à disposição da instituição e do seu fortalecimento”, explicou Jarbas Vasconcelos.

Desde que assumiu seu mandato, em fevereiro, Jarbas tem cumprido uma agenda de visitas e encontros institucionais, que incluem desde reunião com o governador Paulo Câmara (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Alepe), Eriberto Medeiros (PP) e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

O senador aproveitou a visita desta sexta a TCE para receber a medalha referente ao cinquentenário do TCE, concedida no final do ano passado a 50 personalidades de Pernambuco entre ex-governadores, ex-conselheiros e servidores da instituição. “Estava em viagem e não pude comparecer a solenidade então me sinto muito honrado em agora poder receber essa homenagem tão especial e importante pra mim”, afirmou o senador.

A Câmara Municipal do Recife realizou audiência pública para discutir a situação de uma das últimas áreas verdes preservadas da cidade, o Parque dos Manguezais
A Câmara Municipal do Recife realizou audiência pública para discutir a situação de uma das últimas áreas verdes preservadas da cidade, o Parque dos ManguezaisFoto: Andréa Rego Barros/Divulgação

A Câmara Municipal do Recife realizou audiência pública para discutir a situação de uma das últimas áreas verdes preservadas da cidade. O Parque dos Manguezais, localizado na zona sul, foi tema de reunião que contou com a presença de diversos órgãos, além da sociedade civil. Autor da proposta, o vereador Renato Antunes (PSC) afirmou que o ponto mais positivo da reunião foi a instalação de um grupo de trabalho para iniciar as atividades de fiscalização, conscientização e estudos na região.

“Estamos discutindo a situação do pulmão do Recife, e tem duas coisas que precisamos fazer urgentemente. A primeira é conscientizar, mas paralelamente temos que colocar em prática ações de fiscalização da área. O grupo de trabalho tem essa missão, e vamos buscar que cada ente realize o trabalho em prol do futuro da cidade”, pontuou Renato.

A ideia é que reuniões e visitas técnicas aconteçam periodicamente, compostas pelas secretarias de Controle Urbano, de Meio Ambiente, representantes da Câmara Municipal, Ministério Público, ambientalistas, Marinha do Brasil, além dos órgãos que fazem a fiscalização ambiental.

Leia também:
[Giro de Notícias] Confira as manchetes desta sexta
Comissão de Cidadania inicia processo de tombamento do Holiday
Humberto apresenta projeto para criminalizar grandes sonegadores


“Precisamos dar a nossa parcela de contribuição, enquanto não se resolve as questões legais do parque’, disse o vereador. Renato acrescentou que é sensível à questão da falta de moradias, mas também é contra a ocupação da área.

“Reconheço a necessidade de combater o déficit de moradias no Recife, mas não podemos permitir a invasão daquela área. As construções irregulares estão avançando e é preciso fazer o controle”, acrescentou.

Disputa - A área onde está o Parque dos Manguezais enfrenta um entrave jurídico. Pertence à Marinha do Brasil, mas desde 2010 foi transformada em área de conservação. A partir de uma ação judicial, a autonomia do terreno – nas Ilhas das cabras e do Simão, ambas no Pina – foi devolvida à Marinha. “Nós mantemos na área uma tropa de fuzileiros navais, responsável pela preservação e para impedir o desmatamento”, esclareceu o capitão de Fragata da Capitania dos Portos de Pernambuco, Celso Alves de Melo, que é assessor de patrimônio Imobiliário da Marinha.

Atualmente, o parque faz parte de uma negociação entre a Marinha e a Prefeitura do Recife. A Marinha aceita ceder todo o terreno ao poder público municipal, desde que seja aumentado o gabarito dos prédios a serem construídos na Vila Naval, no bairro de Santo Amaro. Esses prédios irão acolher os oficiais da Força que moram no recife. O atual gabarito permite edifícios de até quatro andares e a Marinha pede que seja aumentado para 20 andares, o que vai valorizar o terreno. O projeto de lei que trata desse assunto tramita na Câmara Municipal do Recife e não há prazo para votação.

Ex-deputado federal Silvio Costa (Avante)
Ex-deputado federal Silvio Costa (Avante)Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Discordo da tese do presidente Jair Bolsonaro de que a corrupção é filha do residencialismo de coalizão e que Michel Temer foi preso por causa dessa tal governabilidade. Os políticos vão presos por causa dos seus malfeitos, independente do sistema de governo. No Brasil, nunca vi tamanho ataque de um chefe do Poder Executivo ao Congresso Nacional. O capitão deveria saber que, exceto nas ditaduras, ninguém governa sem o apoio do Legislativo.

Vou relembrar um episódio recente da política brasileira. No governo da presidente Dilma, por exemplo, os articuladores do impeachment começaram a elaborar o Ministério de Temer com muita antecedência. Tinham certeza da vitória e sabiam que precisavam entregar ao mercado os compromissos elencados no documento ‘Uma ponte para o futuro’.

Fizeram isso com maestria política. Conheciam as dores e os sorrisos de cada parlamentar do Congresso Nacional. Fundaram um condomínio de poder, onde os partidos PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PRB e DEM tinham um ministério para chamar de seu. Aos menores partidos ofereceram cargos nos segundo e terceiro escalão. Fiz oposição ao governo Temer, porém seria leviano de minha parte não reconhecer que Temer fundou o verdadeiro presidencialismo de coalizão. Em função disso, aprovou a reforma trabalhista e teria aprovado a reforma da previdência se não tivesse ocorrido o escândalo da JBS.

Mais uma vez estamos tentando aprovar a reforma da previdência. Dessa vez , temos um presidente que se elegeu negando a política, um presidente que como deputado federal votou contra a reforma da previdência, que escalou um ministério onde parte dos ministros também criminaliza a política, um presidente que continua fazendo campanha e que usa as redes sociais como um dos pilares da sua gestão.

Quem conhece um pouco do Congresso Nacional sabe que com esse enredo a reforma da previdência é natimorta. Reconheço a competência de Jair Bolsonaro, líder da oposição ao governo Bolsonaro. Já conseguiu derrotar a reforma da previdência e daqui a pouco tempo vai conseguir derrubar o governo. Sugiro ao presidente Bolsonaro que envie um zap ou Twitter para os ex-presidentes Fernando Color e Dilma Rousseff. Eles sabem o caminho das pedras.

*Silvio Costa é professor e ex-deputado federal por Pernambuco.

Governador Paulo Câmara apresentou ao ministro Gustavo Canuto obras das Adutoras do Moxotó e do Agreste
Governador Paulo Câmara apresentou ao ministro Gustavo Canuto obras das Adutoras do Moxotó e do AgresteFoto: Hélia Sheppa/SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) inaugurou, nesta sexta-feira (22), Dia Mundial da Água, a Adutora do Moxotó e a 1ª etapa da Adutora do Agreste. O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, também participou do evento.

“As obras começaram lá atrás, mas faltava o Ramal do Agreste. Então, se pensou em como fazer essa água chegar ao Agreste pernambucano. Foi quando nós imaginamos a solução, junto ao Governo Federal, de fazer a Adutora do Moxotó, que já permite a funcionalidade para mais de 20 municípios do Agreste e faz com muitos que estavam convivendo com 100% do abastecimento via carro-pipa hoje tenham água do Rio São Francisco nas torneiras de casa. Uma água de qualidade, uma água que faz os sonhos se tornarem realidade”, afirmou Paulo Câmara.

As obras vão possibilitar, inicialmente, o abastecimento de dez municípios: Arcoverde, Pedra, Venturosa, Pesqueira, Alagoinha, Sanharó, Belo Jardim, Tacaimbó, São Caetano e São Bento do Una, utilizando as águas do Rio São Francisco. Cerca de 400 mil pessoas serão beneficiadas.
  
O ministro Gustavo Canuto compreendeu a importância da obra entregue e já prospecta os impactos para uma segunda etapa. “É um orgulho estar aqui nesta cerimônia, celebrando a chegada da água e a garantia dela para tantas comunidades. São dez municípios atendidos agora e 23 ao término da primeira etapa da Adutora do Agreste. E na segunda etapa, chegaremos a 68 municípios”, assegurou.

Até o momento cerca de R$ 400 milhões foram investidos nas obras, sendo mais de R$ 85 milhões destinados a Adutora do Moxotó. Os municípios de Arcoverde, Pesqueira, Belo Jardim, Sanharó e Tacaimbó já estão em pleno funcionamento. Alagoinha e São Bento do Una estão em fase de teste, enquanto o sistema em Pedra, Venturosa e São Caetano começará a funcionar nos próximos dias.

A secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, valorizou a entrega da obra pelo Governo de Pernambuco mesmo dentro de um momento econômico desfavorável. "Esse Dia Mundial da Água é um dia de reflexão. Com o empenho do governo estadual, essa obra está sendo inaugurada trazendo a melhoria não só na qualidade de vida, com um insumo importantíssimo. Estamos falando também de desenvolvimento, de saúde pública. É uma série de ações positivamente impactadas com a inauguração desse equipamento. Então, gostaria de agradecer ao governador Paulo Câmara, que tem dado toda a prioridade ao setor. Num momento de crise financeira, Pernambuco quase que semanalmente tem feito eventos importantíssimos como esse, levando água para quem precisa”, cravou a secretária.

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, também reforçou o discurso de agradecimento ao esforço do Estado em desenvolver esses projetos. “Queremos agradecer ao governador Paulo Câmara que, em 2015, ao assumir e ver a dificuldade que se teria com a não conclusão do Ramal do Agreste, tomou a decisão de replanejar todo o sistema da Adutora do Agreste para que a água do Rio São Francisco pudesse chegar às diversas cidades e mudar a realidade das pessoas”, ressaltou Tavares.

A Adutora do Moxotó foi a alternativa adotada pelo Governo do Estado para antecipar a chegada da água do Rio São Francisco à região Agreste – mesmo sem a conclusão do Ramal do Agreste. O equipamento foi construído por meio de uma parceria entre o Governo de Pernambuco e o Ministério da Integração Nacional.

Além de Canuto, participaram também o senador Fernando Bezerra Coelho, o deputado Federal Fernando Rodolfo, os deputados estaduais Diogo Moraes, Waldemar Borges e Antônio Fernando, o secretário nacional de Segurança Hídrica, Marcelo Borges, o secretário estadual da Casa Civil, Nilton Mota, o prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira, a prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, além de diversos outros prefeitos e lideranças políticas da região.

No Dia Mundial da Água, governador inaugura, no Sertão do Estado, importantes obras  hídricas que garantirão abastecimento para 400 mil pessoas

No Dia Mundial da Água, governador inaugura, no Sertão do Estado, importantes obras hídricas que garantirão abastecimento para 400 mil pessoas - Crédito: Hélia Sheppa/SEI

comece o dia bem informado: