Felipe Carreras
Felipe CarrerasFoto: Alfeu Tavares

Pernambuco foi o estado que apresentou o maior crescimento no número de turistas estrangeiros no Brasil, em 2018. Segundo o Anuário Estatístico do Turismo, que utiliza dados do Ministério do Turismo e da Policia Federal, o Estado apresentou um aumento de 45,7% em relação a 2017. Se comparado com 2016, esse percentual seria ainda maior: 95%.

O deputado federal Felipe Carreras (PSB) destacou um levantamento realizado pelo Anuário Estatístico do Turismo, que utiliza dados do Ministério do Turismo e da Policia Federal onde Pernambuco apresentou crescimento no número de turistas estrangeiros, em 2018. Segundo os dados, o Estado apresentou um aumento de 45,7% em relação a 2017. Se comparado com 2016, esse percentual seria ainda maior: 95%.

Segundo Carreras, esses números são um reflexo da política de conectividade aérea iniciada por ele, ainda em 2015, quando Pernambuco começou a diminuir o imposto incidido sobre o querosene de avião das companhias aéreas que realizassem voos internacionais ligando o Recife a outro país de forma direta. A iniciativa fez o Aeroporto dos Guararapes passar de quatro destinos internacionais, em 2014, para 16, em 2018.

“São números que falam mais do que qualquer palavra. São indicadores que apresentam de forma fiel o resultado do trabalho de uma equipe dedicada, iniciado em 2015, com a liderança do governador Paulo Cãmara e do prefeito Geraldo Julio. Conseguimos a captação de novos voos internacionais e promovemos ações de marketing no exterior”, afirmou Carreras.

Para o deputado, esses números poderiam ser ainda maiores, se comparado ao período anterior à política de captação de novos voos. “Tenho certeza que se a comparação fosse com 2014 ou mesmo 2015, esse percentual seria muito maior. Isso mostra a importância da indústria do turismo e o protagonismo de Pernambuco no cenário nacional. Ficamos muito felizes por termos deixado esse legado para nosso Estado. Tenho certeza que a chama está acesa e ainda vamos crescer muito mais”, afirmou Carreras.

Com a abertura do capital para que empresas aéreas possam entrar no mercado brasileiro, a tendência é que este número cresça ainda em 2019. Com a chegada da espanhola Aena para administrar o Aeroporto e o crescimento do hub da Azul, que atualmente possui mais de 50 voos diariamente no Recife, todas as companhias estão procurando Pernambuco, pois preferem uma capital do Nordeste que possui voos para todas as demais capitais.

Outros estados que também se destacaram no crescimento de turistas estrangeiros em 2018 em relação a 2017 foram: Minas Gerais (44,8%), Ceará (44,1%) e Amapá (31,2%).

Sessão plenária da Alepe
Sessão plenária da AlepeFoto: Roberto Ramos/ Alepe

A Frente Parlamentar sobre os Impactos da Quarta Revolução Industrial em Pernambuco, coordenada pelo deputado João Paulo (PC do B) recebe nesta segunda-feira (17), três especialistas em tecnologia digital: o cientista e professor Silvio Meira, o diretor-presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, e o superintendente do Sebrae Pernambuco, Francisco Saboya. O objetivo é discutir o avanço da Revolução 4.0 em Pernambuco e encontrar formas de preparar os trabalhadores para as novas habilidades necessárias em mundo cada vez mais automatizado. A reunião será às 9h, no plenarinho III da na Assembleia Legislativa.

“Temos uma combinação de dois fatores que mudam completamente as relações de trabalho: a demora da retomada econômica, que na verdade caminha para um quadro de recessão, e o avanço exponencial da Quarta Revolução, com máquinas substituindo os humanos em diversas atividades. A consequência direita é o aumento do desemprego”, observa João Paulo, “Precisamos nos preparar e encontrar caminhos para diminuir o impacto negativo desse processo em Pernambuco”.

Esse é o terceiro encontro da Frente Parlamentar, que já escutou representante do Ministério da Fazenda do Governo Federal, Bruno Jorge Soares; e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo de Pernambuco, Aluísio Lessa. Participaram ainda o cientista chefe do ParqTel, Carmelo Bastos, e o diretor de TI e Transformação Digital da ATI, Romero Guimarães.

Revolução 4.0 - A chamada Quarta Revolução Industrial promete mudar o mundo como conhecemos hoje. A Inteligência Artificial, somada a Internet das Coisas, trará inovações tecnológicas que irão transformar as relações econômicas, sociais e culturais em todo o mundo. Estudos apontam que Revolução 4.0 fará desaparecer 47% das profissões atuais e criará novas ocupações, porém não na mesma velocidade. Profissões irão desaparecer ou perder seu peso no mercado, como as de médicos, advogados, motoristas, entregadores e operários, entre muitas outras.

Pesquisa recente da Edelman Intellegence, realizada com 33 mil pessoas que possuem emprego em vários países, mostram que 49% dos entrevistados brasileiros já sentem o processo da revolução tecnológica e acreditam que ela pode ameaçar seus trabalhos atuais. Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) do Ministério da Economia mostra que 55% das ocupações, que hoje formam o cadastro dos empregos formais, já poderiam ser substituídas por máquinas, o que pode fazer desaparecer 30 milhões de empregos nos próximos sete anos, no Brasil.

Deputado esteve na Greve Geral nas ruas do Recife nesta sexta-feira
Deputado esteve na Greve Geral nas ruas do Recife nesta sexta-feiraFoto: Divulgação

O deputado estadual José Queiroz (PDT) foi às ruas do Recife na tarde desta sexta (dia 14) para reforçar o protesto contra o projeto de Previdência Social do Governo Federal cujas medidas o Parlamentar acredita irão prejudicar o cidadão brasileiro e o pernambucano em médio e longo prazo.

“É preciso encontrar outro caminho, porque esse não vai dar certo. Por isso, estamos aqui mais uma vez na rua contra o projeto de previdência de um governo que atua como um desgoverno para o povo brasileiro. Precisamos lutar, hoje e sempre, contra as ações que ferem os princípios da constituição”, diz Queiroz.

Contrário ao processo que está sendo costurado pela atual gestão presidencial, Queiroz reforçou a defesa do direito à aposentadoria do trabalhador durante a manifestação no centro da capital pernambucana e acredita que é de fundamental importância buscar melhores soluções para a questão sem trazer transtornos para a população brasileira que já sofre e carece de diversas garantias.

“Esse é um grande movimento que reúnem trabalhadores de todas as categorias e profissionais liberais, assim como as pessoas que estão comprometidas com as causas nacionais. Esta é uma prova que iremos desmanchar o que o presidente Bolsonaro está fazendo. Estamos prontos na luta porque queremos um Brasil mais justo, um Brasil sério, com uma previdência correta”, enfatiza.

Com a concentração dos manifestantes em diversos pontos do centro de Recife, Queiroz destacou que as ações do protesto de hoje mostram o descontentamento e preocupação do trabalhador com o futuro e direito de todos que trabalharam e trabalham arduamente por um Brasil mais progressista. “Os trabalhadores estão de parabéns. E a demonstração dada esta tarde aqui no Recife prova que estamos unidos na luta para uma grande vitória”, completou.

Essa reunião marcou uma nova fase na Alepe que vem mobilizando todos os esforços para se aproximar da população
Essa reunião marcou uma nova fase na Alepe que vem mobilizando todos os esforços para se aproximar da populaçãoFoto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros, recebeu o novo presidente da Associação de Empresas de Rádio e Televisão de Pernambuco (Asserpe), Nil Júnior, e o diretor, Ivan Feitosa, para discutir as ações integradas de comunicação. O encontro ocorreu na sede do parlamento estadual.
  
Segundo o deputado Eriberto, essa reunião marca uma nova fase onde a Alepe vem mobilizando todos os esforços para se aproximar da população. “Ficamos muito gratos pela confiança e vamos trabalhar para levar a mensagem do Legislativo a todo o estado. E essa tem sido a marca da nova gestão da Asserpe, priorizando a interiorização”, argumenta o presidente da Assembleia Legislativa.

O superintendente de Comunicação da Alepe, Ricardo Costa, participou da reunião trazendo dados de quando conduziu a Frente Parlamentar da Comunicação, instalado em 2011. Nessa aproximação com a Asserpe, a Assembleia fortalece sua rede de contatos, podendo contribuir no que for preciso para consolidar uma legislação que estimule o setor e leve os debates do Poder Legislativo até o cidadão.

12 pontos que historicamente  alagavam não transbordaram com as fortes chuvas que atingiram a cidade na última quinta-feira
12 pontos que historicamente alagavam não transbordaram com as fortes chuvas que atingiram a cidade na última quinta-feiraFoto: Divulgação

Com a meta de garantir mais conforto e segurança aos moradores no período chuvoso, a Prefeitura de São Lourenço da Mata vem realizando diversas ações com a “Operação Inverno”. Desde o ano passado, a Secretaria Municipal de Infraestrutura está trabalhando na desobstrução de córregos e canais da cidade. Ao todo, 12 pontos que historicamente alagavam não transbordaram com as fortes chuvas que atingiram a cidade na última quinta-feira (13).

De acordo com o prefeito Bruno Pereira, o trabalho é importante para minimizar os efeitos do inverno em São Lourenço da Mata. “Em gestões passadas esses 12 locais não recebiam a devida atenção, e sempre alagavam. Agora, com o trabalho preventivo que é realizado ao longo do ano nossos moradores podem dormir mais sossegados”, disse o chefe do Executivo. “Bairros como Umuarama, Bela Vista, Riacho da Prata, Muribara, Tiúma, canais das ruas 55 e 58, no Parque Capibaribe, canal da Rua Irineu Teixeira, canal da Academia das Cidades, na entrada do município e, Penedo passaram todos por intervenções, e nenhum deles apresentou enchentes com a chuva que caiu”, ressaltou Bruno.

O gestor enalteceu o trabalho da sua equipe. “Nossa gestão tem plena consciência que, apesar dos nossos esforços, alguns bairros como Caiará, Vila Dourada e Várzea Fria sofreram com as chuvas da última quinta-feira (13). Mas, para evitar que casos como estes voltem a acontecer, vamos reforçar o trabalho nesses locais, e garantir mais segurança a todos”, frisou Bruno.

ÁRVORES - Além da limpeza dos canais e córregos, a Prefeitura de São Lourenço da Mata, por meio da Defesa Civil, vem realizando, também, o corte e poda de árvores que ameaçam cair, colocando em risco os moradores. O trabalho preventivo para garantir a segurança das localidades ainda foi realizado nas barreiras e encostas de locais considerados de possível risco de deslizamento de terra com a colocação de lonas plásticas.

A moradora Maria José, do bairro de Tiúma, agradeceu e parabenizou o trabalho da prefeitura. “Todo ano que chovia ficava tudo alagado aqui. Depois desse trabalho de limpeza, esse ano não tivemos alagamentos. Espero que sempre façam esse tipo de serviço. Muitos moradores daqui já perderam móveis e eletrodomésticos, em enchentes em anos anteriores, esse ano foi tranquilo”.

De acordo com o deputado, alguns pontos estão sendo discutidos entre a Alepe e o Governo para implantação de um novo sistema
De acordo com o deputado, alguns pontos estão sendo discutidos entre a Alepe e o Governo para implantação de um novo sistemaFoto: Jarbas Araújo/ Alepe

As dificuldades que muitos pernambucanos enfrentam na hora de tirar a carteira de identidade - como problemas de agendamentos, tempo gasto e o alto custo - estão perto de terminar. O presidente da Assembleia Legislativa de PE, deputado Eriberto Medeiros (PP), propôs ao governo do estado mudanças nos critérios para a reemissão do documento e redução do valor.
  
A proposta é criar um taxa única para as demais vias do documento, uma vez que a primeira é gratuita, além de mudar o formato atual de confecção das carteiras do manual para o digital. As conversas nesse sentido entre o presidente da Assembleia Legislativa e o governo do estado estão avançadas.

A previsão é que até setembro o novo sistema para retirada da carteira de identidade seja implantado graças a um ofício emitido no ano passado pelo presidente da Alepe à Casa Civil, relatando o problema.

“Quando assumi o governo de Pernambuco, determinei à procuradoria que fizesse um estudo para a redução e unificação do valor do documento. Depois tive uma conversa com o governador Paulo Câmara que se sensibilizou e tomou providências. Há poucos dias tive informações que a modernização do sistema está muito avançada. As pessoas terão acesso fácil e imediato para ter sua identidade”, adiantou Eriberto.

De acordo com o deputado, alguns pontos estão sendo discutidos entre a Alepe e o Governo para implantação do novo sistema. “O primeiro deles é o acesso, pois a população enfrenta dificuldades para fazer o agendamento. O segundo é a demora, a lentidão para tirar o documento. Outro ponto crucial é o valor. O preço precisa ser reduzido e ter um único valor. Os valores hoje são escalonados e variam de R$ 22, 61 a R$ 90,51”, explicou o parlamentar.

Na avaliação do presidente da Alepe, a maneira como a identidade é emitida ainda é muito antiga. “É da forma que se tirava há 40, 50 anos, com aquele mela-mela de dedos”, afirmou.

Como exemplo de um modelo moderno que precisa ser implantado é o adotado para confecção da carteira de motorista e título de eleitor. “É o digital, o biométrico. Uma forma rápida e digitalizada”, comentou.

Ainda segundo o deputado Eriberto Medeiros, por se tratar de matéria financeira, a iniciativa não pode partir do Legislativo, mas do Executivo. “É importante o governo enviar a mudança da lei para a Assembleia. A pessoa trabalha o mês inteiro para ganhar um salário mínimo e sustentar a família. Às vezes é furtado, assaltado e ainda é penalizado com o pagamento de até 90 reais para conseguir uma nova cédula de identidade. O povo não pode pagar essa conta”, enfatizou.

João Paulo na Rádio Folha
João Paulo na Rádio FolhaFoto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

O governo dopresidente Jair Bolsonaro foi alvo de críticas do deputado estadual João Paulo (PCdoB), em entrevista à Rádio Folha, nesta sexta-feira (14). O parlamentar também comentou sobre a greve geral contra a reforma da Previdência mobilizada em todo o país, os vazamenros da Lava Jato, e outros assuntos da política nacional e local.

"Há um processo de mudança muito radical na visão de mundo. É isso que está acontecndo no mundo hoje, com maior gravidade no Brasil. O governo Bolsonaro tem sido um desastre para o Brasil. É de um liberalismo total, não quer dar nenhuma proteção para os trabalhadres e retira direitos conquistados com muita luta e mobilização", avaliou.
João Paulo criticou, ainda, a falta de diálogo do governo com os diversos setores da sociedade. "Esse governo está sendo um desastre para o Brasil em todos os aspectos. Na relação com o Congresso, com a sociedade civil e com respeito aos intelçectuais,. é um homem totalmente despreparado".

Quando questionado sobre a necessidade de autocrítica do PT, o parlamentar, que já não faz parte dos quadros do partido comentou sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Talvez o grande erro de Lula foi acreditar que haveria uma conciliação de classe, entre o capital e o trabalho", ponderou.

Confira a entrevista completa:

Secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro
Secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia CordeiroFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

A 6ª Marcha das Margaridas 2019, que acontece nos dias 13 e 14 de agosto, em Brasília, recebeu o apoio do Governo de Pernambuco, através da articulação das secretarias da Mulher e de Desenvolvimento Agrário. As pernambucanas vão se somar as 100 mil representantes do campo, da floresta e das águas para participar da maior ação de mulheres da América Latina para conquistar direitos, visibilidade e reconhecimento social e político.

O lema da marcha esse ano é Margaridas na Luta por um Brasil com Soberania Popular, Democracia, Justiça, Igualdade e Livre de Violência. A marcha tem uma estratégia formativa que inicia nas comunidades, municípios e estados, até chegar à capital federal. Acontece a cada quatro anos, desde a primeira Marcha, realizada no ano 2000, e inspirada na força da líder sindicalista, nordestina: Margarida Alves, assassinada por defender os direitos de trabalhadoras e trabalhadores rurais.

Coordenada pela Confederação Nacional de Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG), federações estaduais e sindicatos rurais, a Marcha conta com a parceria dos movimentos feministas, de mulheres e organizações da sociedade civil.

O Governo de Pernambuco, desde 2007, ano da III Marcha, apoia o ato. A secretária da Mulher de Pernambuco, Silvia Cordeiro, elogia a iniciativa. "A parceria para 2019 está confirmada na perspectiva de viabilizar a participação de mulheres do campo e das águas e de contribuir para o fortalecimento do diálogo institucional, dos direitos humanos, da agricultura familiar e agroecológica e das políticas públicas para esse segmento, frente ao atual contexto político e econômico em que vivemos".

Ao todo, 123 municípios estiveram representados no encontro por prefeitos, vice-prefeitos, secretários e gestores
Ao todo, 123 municípios estiveram representados no encontro por prefeitos, vice-prefeitos, secretários e gestoresFoto: Divulgação

Gestores municipai assinaram com a Unicef o termo de garantias dos direitos da criança e do adolescente, nesta quinta-feira (13). O evento aconteceu no hotel Radisson em Boa Viagem com a presença de 123 municípios e seus representantes, entre prefeitos, vice-prefeitos, secretários e articulares. Também presentes representando o Governo Silênio Guedes e Eduardo Figueiredo da Secretaria da Criança e do Adolescente.

O presidente da Amupe José Patriota (PSB) destacou a importância do evento para os municípios."É um prazer para a Amupe promover esse encontro e participar de todas as articulações que envolvem ações integradas com os municípios, nosso pacto não é só com o selo da Unicef ou o Governo do Estado, nosso pacto é com a qualidade de vida das crianças e de nossas futuras gerações. Isto significa estar atento a todo um conjunto de indicadores (saúde, educação e outros mais) superando os obstáculos para atender a essa causa tão nobre que sãos as nossas crianças de hoje e pessoas de bem do amanhã", ressaltou.

O representa do Unicef em Pernambuco, Denis Cristian, lembrou os 20 anos do Unicef em Pernambuco e também da Convenção Internacional dos Direitos da Criança e do Adolescente que vai acontecer este ano e fez um apelo para que os gestores continuem apoiando e integrando suas secretarias nas ações que envolvem a criança e o adolescente. Também lembrou que a avaliação do Unicef é importante pois o mundo inteiro quer conhecer o trabalho de cada um e quer compartilhar também suas experiências.

Estiveram presentes entre outros, os prefeitos: Brejo da Madre de Deus, Palmeirina, Casinhas, Tuparetama, Orocó, Orobó, Amaraji, Riacho das Almas, São Caetano, São Bento do Una, Pedra, itaíba, Serrita, Moreilanândia, Inajá, Angelim além de articuladores de diversos municípios.

amupe

Gonzaga Patriota é deputado federal pelo PSB
Gonzaga Patriota é deputado federal pelo PSBFoto: Leo motta/Folha de Pernambuco

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), apresentou nesta quinta-feira (13), seu parecer na comissão especial que analisa a proposta. O deputado Gonzaga Patriota (PSB) elogiou o colega da Casa por excluir do texto pontos polêmicos, como a capitalização e a inclusão de Estados e municípios nas novas regras e as alterações previstas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural.

“Professores, policiais e trabalhadores rurais não podem se prejudicarem com essa Reforma. Querer que um agricultor se aposente apenas com 60 anos e que tenha contribuído 20 anos é desumano. Só quem já trabalhou na roça, de sol a sol, sabe o quanto é difícil. Por isso, fico feliz com o parecer do relator que não mexeu com o direito dessas categorias”, comentou.

Patriota ainda lembra que sempre defendeu esses pontos e comemorou a retirada da proposta que elimina a mudança na regra e permite que idosos pobres continuem a receber um salário mínimo a partir dos 65 anos. “Sempre digo que jamais votarei contra os mais necessitados. Temos que pensar e avaliar com calma todos esses pontos apresentados na Reforma da Previdência, pois vai mexer na vida do cidadão e ele jamais poderá ser prejudicado”, avaliou.

O socialista ainda destacou que o parecer em relação aos professores foi uma grande conquista também “Os professores da educação básica poderão se aposentar aos 60 anos de idade, se homem, e 57 anos, se mulher. O texto original do Executivo previa 60 anos para todos, nos setores público e privado. Ambos terão de pagar pelo menos 25 anos de contribuição, mais 10 anos de efetivo exercício no serviço público e 5 anos no cargo em que se dará a aposentadoria”, explica.

comece o dia bem informado: