Foram encontrados 180 resultados para "Novembro 2019":

João da Costa acreditava na soltura do ex-presidente Lula
João da Costa acreditava na soltura do ex-presidente LulaFoto: Divulgação

Cumprindo a promessa feita durante a posse ao mandato em 4 de fevereiro deste ano, o vereador João da Costa (PT) trocou uma placa afixada na entrada de seu gabinete na Câmara Municipal do Recife. O primeiro cartaz trazia os dizeres “Lula Livre”, onde cobrava a soltura do ex-presidente Lula da carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Agora o novo diz: “Volta Lula”, em apoio à liberdade do maior líder petista.

A nova placa foi afixada na porta de entrada do gabinete 29, no 3º andar da Câmara Municipal do Recife, após o Supremo Tribunal Federal (STF) rever o entendimento em relação à prisão para pessoas condenadas em segunda instância. A decisão culminou com a soltura do ex-presidente Lula, na semana passada.

“Quando tomamos posse, reafirmamos que uma das nossas principais lutas seria a liberdade do presidente Lula. Afixei aqui na porta do meu gabinete a placa ‘Lula Livre’, afirmando que ela só sairia quando o presidente Lula fosse solto. Agora, felizmente, a gente pode comemorar com alegria a liberdade do presidente Lula. Colocamos outro, o ‘Volta Lula’, que é para a gente continuar lutando pelos direitos do povo brasileiro”, disse João da Costa.

Encontro aconteceu na sede da vice-governadoria e recolheu ideias para a inclusão das mulheres na cadeia produtiva da cultura com a participação de Manuela d'Ávila
Encontro aconteceu na sede da vice-governadoria e recolheu ideias para a inclusão das mulheres na cadeia produtiva da cultura com a participação de Manuela d'ÁvilaFoto: Rodrigo Barradas

A vice-governadora Luciana Santos (PCdoB) coordenou, nesta terça (12), mais um fórum de diálogo do Pernambuco Com Elas, desta vez, sobre a participação feminina na cadeia produtiva da cultura. No encontro, que contou com a presença de representantes de setores como audiovisual, artesanato e produção de eventos, foram apresentadas propostas para reduzir a desigualdade de gênero nesse mercado de trabalho.

Ao iniciar sua fala, Luciana destacou que, em um momento de crise e altos índices de desemprego, o governo do estado trabalha para ser um contraponto à gestão federal, que não prioriza o crescimento econômico.

“Não podemos contaminar Pernambuco com o ambiente de ceticismo e desesperança que existe em nível nacional. Ninguém aqui quer vender a ilusão que nós sozinhos vamos resolver o problema da empregabilidade, mas nós vamos, a partir das nossas possibilidades, trabalhar para, por exemplo, atrair investimentos, como tem feito o governador Paulo Câmara. E, dentro das nossas oportunidades e vocações, ter um olhar para o trabalho da mulher”, disse.

De passagem pelo Estado para lançar seu livro “Por que lutamos?”, a ex-candidata a vice-presidente Manuela d’Ávila participou do início da reunião e ressaltou o caráter inovador do Pernambuco Com Elas.

“Eu acho que esse trabalho que vocês desenvolvem aqui é inédito no Brasil: um grupo de trabalho permanente, que vai estruturando as políticas para enfrentar uma das faces mais cruéis da diferença que se estabelece historicamente, socialmente, culturalmente entre mulheres e homens. No dia que as mulheres tiverem independência econômica ou mais formas de viverem suas vidas, elas vão ficar cada vez mais fortes”, disse.

De acordo com dados do Ministério da Economia, a participação das mulheres no mundo do trabalho formal da Cultura, em Pernambuco, é hoje de 41%. Mas a média salarial delas é inferior, R$2.015, diante dos R$2.293 pagos a eles.

No encontro, diversos participantes ressaltaram a necessidade de mapear de forma mais detalhada a presença das mulheres nesta cadeia produtiva. De acordo com o secretário de Cultura, Gilberto Freyre Neto, é preciso pensar o assunto de forma transversal e provocar outros parceiros, para que se consiga penetrar em todos os cantos do estado.
“Precisamos conversar com todos os segmentos. A ideia é que a cultura seja um reflexo da identidade de um território, e aí cabem todos nós - do candomblé, à igreja católica, o recorte das necessidades específicas, o recorte de gênero”, apontou.

Nos livros e debates

O presidente da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), Ricardo Leitão, afirmou que o órgão que dirige quer contribuir para o debate de ideias relacionado às pautas femininas. Nesse sentido, anunciou que a editora está à disposição para publicar obras que abordem o tema, como forma de estimular no Estado reflexões sobre a situação da mulher hoje. Segundo ele, pode ser inclusive criado um selo com este objetivo.
“Também colocamos à disposição nosso circuito literário, que realiza 15 feiras literárias em todas as microrregiões do estado, do Sertão ao Litoral. Podemos abrir espaços na programação para que as mulheres de Pernambuco se expressem e discutam esses temas”, colocou.

Audiovisual e formação

A secretária executiva de Cultura, Silvana Meireles, destacou inciativas já existentes no governo, no sentido de estimular a presença das mulheres nos espaços relacionados à cultura. Ela lembrou que, no edital do Funcultura de 2018, 62% dos projetos de obras audiovisuais selecionadas tiveram diretoras ou roteiristas mulheres, quando a média nacional não passa de 20%. “É um exemplo do que podemos adotar em outras áreas”, disse.

Ela falou ainda sobre a importância de formar mulheres para preencherem lacunas hoje existentes na cadeia produtiva da cultura. “Sem formação, a dependência exclusiva do artista em relação ao dinheiro do estado, não é eliminada. Precisamos dar um mínimo de autonomia”, defendeu, sugerindo ainda a possibilidade de lançamento de um edital de microprojeto para beneficiar atividades culturais de baixo orçamento, que tenham compromisso com empreendedorismo, transmissão de saber, com impacto social para mulheres.

Karina Hoover, da Luni Produções, falou sobre as dificuldades que as mulheres enfrentam na área da cultura. “A formação da mulher está majoritariamente na base, na área de produção, que é o que faz o filme acontecer. Mas a gente é muito mal valorizada por essas funções. E no mérito também. Sinto uma falta grande de formação de mulheres para esses cargos principais, de diretora do filme, diretora de fotografia, são poucas. Qualquer processo de inclusão da mulher no mercado criativo, precisa de formação”, opinou.

A diretora de conteúdo do Paço do Frevo, Vanessa Marinho, ressaltou a importância de ter maior representatividade de raça na cultura. “Temos que pensar na produção das mulheres negras também”, sublinhou, propondo uma articulação para que se possa encontrar saídas a partir do trabalho em rede, diante da escassez de recursos.

A secretária da Mulher, Silvia Cordeiro lembrou que, para além da formação técnica, é preciso oferecer também uma formação cidadã e sociopolítica para as mulheres. “É preciso falar sobre a condição da mulher nem Pernambuco. A gente tem feito isso no projeto de capacitação Ela Pode. A gente fala da violência contra a mulher, da dupla jornada de trabalho, da subrepresentatividade feminina na política, porque é importante essa compreensão”, indicou.


Ao iniciar sua fala, Luciana destacou que, em um momento de crise e altos índices de desemprego, o governo do estado trabalha para ser um contraponto à gestão federal, que não prioriza o crescimento econômico

Ao iniciar sua fala, Luciana destacou que, em um momento de crise e altos índices de desemprego, o governo do estado trabalha para ser um contraponto à gestão federal, que não prioriza o crescimento econômico - Crédito: Divulgação

Senador Humberto Costa - PT/PE
Senador Humberto Costa - PT/PEFoto: Alessandro Dantas/Senado

Depois de visitar a embaixada da Bolívia em Brasília, nesta terça-feira (12), para prestar solidariedade ao povo boliviano e condenar o golpe de Estado no país vizinho, o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), criticou as tentativas de Jair Bolsonaro (PSL) e aliados de tentarem enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional. Ele disse que Bolsonaro é quem mais estimula a violência no país e que só o ex-presidente será capaz de derrotar a extrema-direita e o ódio, e restaurar a plena democracia no Brasil.

Para Humberto, a Bolívia é a bola da vez da onda conservadora que tem varrido o mundo e matado democracias, e precisa ser freada urgentemente. “É preciso unidade para barrarmos esses retrocessos. Sob o comando de Lula, vamos nos reagrupar para preservar o Estado de Direito e impedir mais recuos. Aqui no Brasil, não vamos sucumbir ao discurso fascista de repressão e implantação de um novo AI-5”, declarou.

O senador avalia que Lula está com disposição para reagrupar o campo da esquerda, serenar ânimos, pacificar o Brasil e resgatar um projeto interrompido de país, inclusivo, solidário e soberano, diferentemente do que há, hoje, encarnado por Bolsonaro e sua extrema direita fascista.

Segundo o parlamentar, essa direita despreza a democracia, como ocorreu agora na Bolívia, onde o presidente reeleito Evo Morales foi destituído por um golpe com a participação das Forças Armadas e de forças internacionais.

“Estamos vendo uma articulação regional, em toda a América Latina, para conter os avanços progressistas. Há uma elite econômica que não perdoa o desenvolvimento inclusivo e quer seguir fazendo o que sempre fez no nosso continente: explorar os trabalhadores e o povo pobre até o bagaço e entregar as riquezas dos países a estrangeiros”, resumiu.

No entendimento de Humberto, a Bolívia, que era um dos países mais pobres da região, experimentou, sob o governo Morales, considerável crescimento na última década.

A extrema pobreza foi reduzida de 78% da população para 15%; o PIB per capita saltou de US$ 900 para US$ 4 mil; e a taxa de crescimento estabilizou em 4% ao ano. “No Brasil, sequer chegaremos a 1%. O golpe das elites é contra isso: contra a inclusão e a justiça social”, ressaltou.

O líder do PT lembrou que o Brasil também viveu ruptura da ordem democrática com o golpe contra Dilma em 2016, sendo que a prisão de Lula ainda foi parte do processo.

“Mas, no nosso caso, o lawfare substitui o uso das armas. A lei foi usada para perseguir desafetos políticos e atalho ao poder. Bolsonaro reconheceu isso novamente quando agradeceu a Sergio Moro, nesse fim de semana, sua eleição”, comentou.

Humberto ainda criticou a tentativa de Bolsonaro e seus aliados de enquadrar Lula na Lei de Segurança Nacional. Para ele, ninguém incita tanto a prática de violência no país como Bolsonaro.

"Em toda a vida pública do capitão reformado, já o vimos propondo o fechamento do Congresso Nacional, a tortura e o exílio para opositores. É uma retórica de ódio puro. Mas as suas ameaças não irão calar o povo brasileiro e o presidente Lula”, concluiu.

A cidade está na 94ª colocação do ranking de saneamento que leva em conta os 100 maiores municípios brasileiros
A cidade está na 94ª colocação do ranking de saneamento que leva em conta os 100 maiores municípios brasileirosFoto: Divulgação

Focado no desenvolvimento de Jaboatão dos Guararapes, o Deputado Joel da Harpa (PP) participou, na tarde de hoje, de reunião na sede da Compesa. Na ocasião, também estiveram presentes vereadores da oposição da atual gestão da Prefeitura daquele município, além do ex – presidente da Câmera de Vereadores, Neco e diretores da companhia.

Dentre os vereadores, Daniel Alves, Didinho PSB, Vilmar da Mudança PT do B, Robson do Peixe, Bira do pop, Marcio do Curado, Totô do Povo PP e Belarmino, presidente do Avante em Jaboatão. Em pauta, o investimento de R$ 1,5 bilhões de reais para abastecimento e esgotamento sanitário no município. “Estamos na luta para melhorar a qualidade de vida do jaboatonense. Muitas obras precisam ser realizadas. Precisamos lembrar que Jaboatão dos Guararapes é destaque negativo em saneamento no Brasil”, afirma o parlamentar.

Joel destaca o ranking produzido pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com a consultoria GO Associados, no qual Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, está entre os 10 piores municípios do País em saneamento básico. A cidade está na 94ª colocação do ranking de saneamento que leva em conta os 100 maiores municípios brasileiros.

Desse investimento feito pelo Governo do Estado, através da Compesa, R$ 56 milhões vão de imediato para melhorias no sistema de abastecimento de água, um dos principais anseios da população daquele município. Hoje, o jaboatonense sofre com racionamento de água. Dependendo da região, é apenas um dia com água para três, quatro ou até mesmo cinco sem. A expectativa é que com o que será investido, haja uma redução no rodízio.

Deputado Alberto Feitosa
Deputado Alberto FeitosaFoto: Roberto Soares:ALEPE

A Proposta de Emenda a Constituição nº 04/2019 de autoria do Deputado Alberto Feitosa (SD), que prevê a regulamentação do percentual da Receita Corrente Líquida do Estado às emendas parlamentares de 0,4% para o exercício de 2020, de 0,43% para 2021 e de 0,5% para 2022 e a reafirmação da imposição, foi aprovada por unanimidade dos 40 deputados presentes durante a reunião plenária, na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (12).

As emendas parlamentares são os instrumentos pelo qual os deputados podem atender as demandas das regiões que representam, podendo assim, influenciar no recurso público que será investido em educação, segurança, infraestrutura e saúde.

O deputado Alberto Feitosa destacou a importância da aprovação da Proposta para a população. “Aprovar esta PEC é reconhecer que o recurso parlamentar não vai favorecer ao deputado, ou ao seu gabinete. Este valor irá para os menos favorecidos, que esperam por recursos para retomada das obras, compra de equipamentos de segurança, compra de ambulâncias e enfim, dar assistência completa ao município e a população local”, afirmou Feitosa.

Lançamento acontece na Livraria Leitura do Shopping Tacaruna
Lançamento acontece na Livraria Leitura do Shopping TacarunaFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

A ex-candidata a vice presidente, Manuela d'Ávila (PCdoB) realiza no Recife uma noite de autógrafos de lançamento de seu livro intitulado "Por que Lutamos - Um livro sobre amor e liberdade", nesta terça-feira (12), às 19h, na Livraria Leitura do Shopping Tacaruna.

Na sua sinopse, a autora diz que: "O livro versa sobre feminismo. Através do olhar amoroso, da acolhida generosa, do entendimento de que este é um assunto de todas, todos, todxs nós. Não pretende ser uma bíblia do feminismo, mas sim, uma conversa, um abraço, um ponto de apoio, um boas-vindas pra quem acaba de chegar, um “que bom que você está aqui” pra quem já anda cansada de lutar. Escrito em tom de conversa, traz referências, sugere reflexões, desfaz o medo. Sin perder la ternura". 

O objetivo da iniciativa é reforçar o trabalho integrado com as embaixadas para ajudar no desenvolvimento do País, por meio do Nordeste brasileiro
O objetivo da iniciativa é reforçar o trabalho integrado com as embaixadas para ajudar no desenvolvimento do País, por meio do Nordeste brasileiroFoto: Divulgação

Uma comissão do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste) apresentou, nesta terça-feira (12), ao Governo Federal o planejamento da missão comercial que o colegiado realizará em países europeus, a partir do próximo dia 18.

Os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Rui Costa (Bahia), Wellington Dias (Piauí) e o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão Júnior, aproveitaram a reunião, realizada na sede do Itamaraty, com os ministros Ernesto Araújo e Luiz Eduardo Ramos, de Relações Exteriores e Secretaria de Governo da Presidência da República, respectivamente, para reforçar o convite para a diplomacia brasileira integrar a comitiva.

O objetivo da iniciativa é reforçar o trabalho integrado com as embaixadas para ajudar no desenvolvimento do País, por meio do Nordeste brasileiro. Durante a agenda no exterior, os gestores pretendem apresentar um mapa de oportunidades do Nordeste, com foco na ampliação de investimentos, aceleração do crescimento e geração de emprego e renda em áreas como Infraestrutura, Energias Renováveis, Parcerias Público-Privadas e Turismo.

Diante da ocasião inédita, em que nove estados se reúnem em uma agenda internacional, o governador Paulo Câmara chamou a atenção para a oportunidade de defender e mostrar os potenciais da região. “Nessa ação conjunta, vamos colocar de forma muito clara os nossos potenciais, seja na área de energia, do turismo, que já é um grande cartão-postal nordestino, de cultura e patrimônio. Estamos em busca de mostrar que, independente da crise por que passa o Brasil, o Nordeste tem muito potencial. Temos uma mão de obra qualificada e uma infraestrutura que tem muito a ajudar a desenvolver a região, então, com certeza, tudo o que chegar no Nordeste será muito bem utilizado em nosso favor”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

O governador da Bahia e presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, reforçou a importância da presença do Itamaraty na comitiva e que já está confirmada. “O ministro ficou de anunciar quem será ou serão os representantes que acompanharão os governadores. Estaremos lá fora representando e defendendo a região Nordeste e destacando as grandes oportunidades que existem nos estados nordestinos e, por isso, viemos reforçar o convite para que as embaixadas se façam presentes”, pontuou.

O gestor detalhou, ainda, que, na próxima semana, os governadores nordestinos visitarão a França, Itália e Alemanha e, posteriormente, Espanha e China em outras datas. “Em todos os países, vamos chamar atenção para as grandes oportunidades que existem nos estados nordestinos. Precisamos passar confiança para o mundo de que investir no Brasil é bom, dá retorno e sobre a importância de desenvolver a região", frisou Rui Costa.

Palestra é promovida pela Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE)
Palestra é promovida pela Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE)Foto: Divulgação

O tributarista Eurico Santi vem ao Recife no próximo dia 20.11. Ele faz palestra sobre a reforma tributária, às 19 horas, no Auditório da OAB-PE (rua Imperador Pedro II, 346, Santo Antônio). Eurico Santi integra um grupo de professores e acadêmicos chamado de Centro de Cidadania Fiscal (CCiF), que elaborou a proposta de reforma tributária que gerou a PEC nº 45/2019 (Proposta de Emenda à Constituição), de autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), em tramitação no Congresso Nacional. O evento é promovido pela Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE) e pelo Instituto de Juristas Brasileiras.

Eurico Santi é um dos autores da proposta, juntamente com o economista e ex-secretário de política fiscal do Ministério da Fazenda Bernard Appy, o ex-ministro do Planejamento Nelson Machado, o tributarista e ex-auditor fiscal Isaías Coelho, também professor da FGV, e a advogada Vanessa Rahal Canado. Santi é professor da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo e coordenador do Núcleo de Estudos Fiscais da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Direito-SP).

A PEC propõe substituir cinco impostos por um. ISS, ICMS, PIS, Cofins e IPI seriam extintos e substituídos por um imposto sobre valor agregado que o CCif vem chamado de IBS, sigla para imposto sobre bens e serviços. “É a reforma que está em fase de tramitação mais avançada no Congresso Nacional e, por isso, achamos que é importante que ela seja debatida aqui, para que os advogados e advogadas e a sociedade em geral formem sua opinião a respeito da proposta”, aponta o diretor geral da ESA-PE, Mário Guimarães.

Além de Eurico Santi, participa, também, como palestrante a advogada tributarista Mary Elbe Queiroz, presidente do Conselho de Notáveis do Instituto de Juristas Brasileiras (IJB). Como debatedores, os advogados Ademir Ferreira de Paula Augusto, Antônio Carlos Ferreira e Carlos Sant’Anna.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site da ESA-PE - www.esape.com.br

Mais sobre Eurico Santi - Doutor (2000) e Mestre (1995) em Direito Tributário pela PUC-SP, Eurico Marcos Diniz de Santi é Professor de Direito Tributário da Direito SP - Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e membro do Conselho de Curso de Graduação da FGV, coordenador do curso de especialização em Direito Tributário do FGVLAW e Coordenador dos Congressos e Eventos (Nacionais e Internacionais) de Estudos Tributários, e também coordenador do NEF - Núcleo de Estudos Fiscais da Fundação Getulio Vargas. Foi vencedor do Prêmio Jabuti em 2008, na categoria de Melhor Livro de Direito, com a obra Curso de Direito Tributário e Finanças Públicas.

Serviço:
Palestra de Eurico Santi sobre a Reforma Tributária (PEC 45/2019)
Dia 20 de novembro de 2019
19 horas
Auditório da OAB-PE
Inscrições no site da ESA-PE - www.esape.com.br

Os objetivos da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes são reduzir os riscos de acidente de trânsito e à saúde pública
Os objetivos da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes são reduzir os riscos de acidente de trânsito e à saúde públicaFoto: Matheus Britto/ PJG

O Sistema de Identificação Digital (SID) de equinos, lançado há 50 dias pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, já apresenta resultados significativos, como a redução de 80% de animais soltos nas ruas do município. Nesse período, foram implantados equipamentos em 154 cavalos, e desses, apenas quatro foram apreendidos em vias públicas pelo Grupamento de Apoio ao Meio Ambiente (Gama). A multa para quem comete esse tipo de crime ambiental varia de R$ 500 a R$ 3 mil, conforme a Lei 9.605, Artigo 32.

Com o SID, é possível identificar o nome e o endereço do proprietário e assim notificá-lo sobre a apreensão. Sem essa identificação, os donos costumam soltar os equinos para se alimentar de grama e lixo doméstico nas ruas, acreditando que não serão punidos por cometer maus tratos. São responsáveis, ainda, por acidentes que venham a acontecer em vias públicas.

Nesta terça-feira (12), dois cavalos, de um mesmo proprietário, foram localizados, durante a fiscalização do Gama, na Avenida Bernardo Vieira de Melo, em Piedade. Por ser reincidente, o morador será multado e o valor será estabelecido após avaliação da situação dos animais. Também serão cobradas diárias de R$ 75 de cada cavalo que permanecer na central de recolhimento.

Os cavalos apreendidos nas operações de fiscalização que ainda não têm o sistema recebem o SID com informações sobre o proprietário e do próprio animal. Os equinos recolhidos passam por cuidados de veterinários, recebem alimentação e é dado prazo de 60 dias para que façam o resgate. Caso não compareçam, os animais são oferecidos para doação.

Os objetivos da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes são reduzir os riscos de acidente de trânsito e à saúde pública, além de ter o controle da população de equinos no município.

Audiência Pública será promovida pelas Juntas co-deputadas
Audiência Pública será promovida pelas Juntas co-deputadasFoto: Divulgação

A mandata coletiva das Juntas promove, enquanto Presidentas da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) uma audiência pública para debater a situação das técnicas e dos técnicos de enfermagem do Estado. O evento sera nesta quarta-feira (13), às 9h, no auditório Sérgio Guerra, e é aberto ao público.

O objetivo da audiência é levantar um debate sobre as condições de trabalho e dos salários de profissionais técnicos e auxiliares de Enfermagem no Estado de Pernambuco, com vistas a visibilizar as reivindicações e incidir sobre o Legislativo e o Executivo para que se construam soluções para a categoria.

As pautas trazidas por quem trabalha na área são: Isonomia de carga de trabalho (celetistas e não celetistas tem cargas horárias diferentes), piso salarial ( boa parte dos que exercem a profissão vive com com baixa remuneração) e melhoria nas condições de trabalho, que atualmente levam diversas e diversos profissionais a crises de depressão, síndrome de Burnout, pico de suicídios, etc.

Além das Juntas, comporão a mesa, a deputada Clarissa Tércio e o deputado João Paulo, além das pessoas convidadas: Maria do Carmo - Presidenta da Associação das Escolas Técnicas de Enfermagem do Estado de Pernambuco (AETEPE), Helena Capela - Promotora (MPPE), Marcleide Correia - Presidenta - Conselho Regional de Enfermagem, José Jefferson Lins - Representante da Superintendência Regional do Trabalho no Estado de Pernambuco, Marília Simões Lins - Secretaria de Administração do Estado de Pernambuco, André Longo - Secretário de Saúde do Estado de Pernambuco e Francis Hebert - Presidente - SATENPE (Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco).

Serviço:

Evento: Audiência Pública "A situação dos auxiliares técnicos de enfermagem no Estado de Pernambuco
Data: 13 de Novembro (quarta-feira)
Hora: 9h
Local: Auditório Sergio Guerra

assuntos

comece o dia bem informado: