Governador Paulo Câmara (PSB) em entrevista à Rádio Folha
Governador Paulo Câmara (PSB) em entrevista à Rádio FolhaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Em entrevista exclusiva ao programa Folha Política, da Rádio Folha FM (96,7), logo após uma reunião com a bancada federal do PSB, esperava-se que Paulo Câmara anunciasse a posição do partido em relação à presidência da Câmara dos Deputados. No entanto, o governador se resumiu a desmentir a informação de que a legenda já teria fechado apoio à candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ), mas também não descartou essa possibilidade.

"Conversando com os membros da bancada, principalmente da bancada de Pernambuco, percebi que eles estão muito cientes da necessidade de conversar com todos os candidatos, isso é natural no processo", disse Paulo Câmara. Segundo o governador, o partido conversará tanto com as candidaturas já postas, como a de Maia, quanto com todos os outros candidatos, podendo, a depender do contexto, lançar candidatura própria, hipótese que o próprio Câmara considerou remota.

Leia também:
'Unidos vai ser muito mais fácil superar os desafios', diz Paulo Câmara sobre Bolsonaro


Paulo, que é vice-presidente nacional do PSB, informou que a bancada do partido terá uma reunião em Brasília com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, nesta quinta-feira (09), da qual não participará. Para o governador, o apoio dependerá da disposição do candidato de assumir compromisso com a independência do poder legislativo e com a garantia de diálogo com a oposição. "Nós somos oposição ao governo Bolsonaro mas queremos ter nossa voz também nos debates, nós não podemos ser atropelados. Isso tem que ser um compromisso do próximo em deixar os partidos de oposição falar e participar dos debates e discutir", comentou.

"E seja um poder que tenha um compromisso maior com o Brasil Isso vai ser levado em conta por nossa bancada nas conversas que estamos fazendo. Nós vamos tomar uma posição oficial mas depois desse amplo processo de diálogo", informou Paulo.

Paulo Câmara
Paulo CâmaraFoto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

Após reunião com a bancada federeal do PSB, o governador Paulo Câmara concede entrevista exclusiva, conduzida pelo jornalista Joffre Melo, com participação da colunista de Política Renata Bezerra de Melo, no programa Folha Política, da Rádio Folha FM (96,7), o governador procurou adotar o tom conciliador.

Na entrevista, Paulo Câmara disse que ainda aguarda a a reunião que solicitou com o presidente. "Quando se pede uma audiência ao presidente da República, a gente sabe que não é imediata a resposta, estamos aguardando", afirmou. Segundo o governador, existem "projetos estruturadores" para Pernambuco que ele pretende apresentar a Bolsonaro.

Paulo Câmara minimizou a alfinetada de Bolsonaro em entrevista ao SBT, direcionada aos governadores do Nordeste e se disse surpreso com a informação de que os governadores nordestinos se recusaram a colocar a sua foto oficial nos gabinetes, dizendo que ele não era "o presidente deles", e que esperava que eles "não viessem pedir nada". Paulo se disse surpreso pois não existe o protocolo de colocar foto presidencial em gabinetes dos governadores. Em relação a ausência na posse do presidente, o governador explicou que a sua própria posse foi no mesmo horário, por isso não pode comparecer.

Sobre a carta enviada pelos governadores do Nordeste a Bolsonaro, no final do ano passado, Paulo esclareceu que a intenção do grupo não foi criticar Bolsonaro, mas apontar as demandas da região. "Em momento nenhum foi uma forma de fazer algum tipo de represália a governo federal", disse. 

Paulo Câmara em entrevista na Rádio Folha
Paulo Câmara em entrevista na Rádio FolhaFoto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

Após reunião com a bancada federeal do PSB, o governador Paulo Câmara (PSB) concede entrevista exclusiva, conduzida pelo jornalista Joffre Melo, com participação da colunista de Política Renata Bezerra de Melo, no programa Folha Política, da Rádio Folha FM (96,7), às 11h30. Ouça a entrevista em tempo real, no site da Rádio Folha (https://www.folhape.com.br/radio-folha/ ), clicando no link"ouça online", do lado direito da página.

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) esteve com três ministros do novo governo.
O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) esteve com três ministros do novo governo.Foto: Divulgação

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) reuniu-se, na tarde e noite desta terça-feira (8), com três ministros do novo governo. O parlamentar teve audiências de cortesia com Teresa Cristina (Agricultura), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura).

Bezerra destacou a importância dos perímetros irrigados para a economia de Pernambuco, do Nordeste e do país. “As declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de expansão da irrigação trazem ânimo para os nordestinos; especialmente, para os milhares de trabalhadores do Vale do São Francisco que vivem desta atividade econômica”, destaca Fernando Bezerra.

Giro de manchetes dos jornais do País, nesta quarta-feira (09):

Folha de Pernambuco: "Decreto para posse de arma está mais próximo"

Jornal do Commercio: "Banco privado já disputa classe média"

Diario de Pernambuco: "Proposta para a Previdência vai incluir a capitalização"

Folha de S. Paulo: "Guedes quer capitalização; compare propostas para a Previdência"

O Estado de S. Paulo: "Guedes vai propor reforma mais dura para Previdência"

O Globo: "Proposta do governo criará novo regime de aposentadoria"

Estado de Minas: "Um crime que volta a assustar"

O Tempo: "Zema repete Pimentel e pode responder no STF"

Correio do Povo: "Decreto que libera posse de arma sai na próxima semana"

Correio Brasiliense: "Reforma da Previdência terá regime de capitalização"

Roberto Freire (PPS)
Roberto Freire (PPS)Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O presidente do PPS, Roberto Freire, divulgou na tarde de ontem uma resolução de adiamento - sem fixar uma data futura - do Congresso Extraordinário do PPS, que ocorreria nos dias 25 e 26 de janeiro, em Brasília. De acordo com o documento, a convocação para o evento realizada pelos Diretórios Estaduais continua vigente, sendo alterada apenas a data para a realização do congresso, que será oportunamente redefinida pela Comissão Executiva Nacional.

Segundo Roberto Freire, a mudança de data aconteceu com base no adiamento do Congresso Extraordinário da Rede Sustentabilidade, pois a cúpula do PPS ficou sem a definição dos rumos que serão tomados por aquela outra agremiação. Os pós-comunistas aguardam a definição da Rede sobre a fusão entre as siglas. “A gente tem interesse que a Rede Sustentabilidade se integre nesse processo da nova formação política do PPS, e não podíamos realizar o congresso sem levar em consideração a análise para saber como está a Rede, se eles têm interesse efetivamente em vir, se isso é uma possibilidade. Porém, tudo continua como já vinha. Nós vamos fazer a mudança.”

O coordenador da Rede Sustentabilidade em Pernambuco, Roberto Leandro, afirmou que a fusão tem sido debatida, mas que ainda não há uma definição. “Esse período é péssimo para fazer discussão interna. Formalmente, o partido conversa com o PPS e também com outros partidos, mas internamente na Rede isso não é consenso. O partido que se mostrou mais interessado nessa conversa foi o PPS. Teve uma reunião da Direção Nacional que criou duas comissões de trabalho para discutir o processo de fusão com outros partidos, assim como discutir a manutenção do partido, colocando os prós e os contras nesse processo”, disse Roberto. O Congresso Extraordinário da REDE foi adiado para os dias 30 e 31 de março.

Paulo Câmara (PSB) vai realizar reunião com bancada socialista no Palácio do Campo das Princesas nesta quarta-feira
Paulo Câmara (PSB) vai realizar reunião com bancada socialista no Palácio do Campo das Princesas nesta quarta-feiraFoto: Divulgação

Atualizada às 20h09

Após solicitar audiência com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), o governador Paulo Câmara (PSB) se reúne nesta quarta-feira (09), às 9h, no Palácio do Campo das Princesas, com a bancada de deputados federais do PSB estadual. Dos 25 parlamentares eleitos de Pernambuco, cinco são do partido – João Campos, Felipe Carreras, Danilo Cabral, Gonzaga Patriota e Tadeu Alencar.

Na pauta, temas para o desenvolvimento social, econômico e hídrico de Pernambuco, como a conclusão de obras da Transposição do Rio São Francisco e da Transnordestina, e sobre a situação da Chesf, emendas parlamentares e eleição do Congresso Nacional.

Há a possibilidade do governador se reunir na próxima semana com os senadores pernambucanos.

Nos bastidores, comenta-se que os governadores nordestinos estariam fechados com o senador Renan Calheiros (MDB) na disputa pelo Senado. Na Câmara dos Deputados,o governador vai aguardar o posicionamento do partido, mas tem uma inclinação pela reeleição do deputado federal Rodrigo Maia (DEM).

Rafael Figueiredo assume Procuradoria Geral do Recife
Rafael Figueiredo assume Procuradoria Geral do RecifeFoto: Antônio Tenório / PCR

A transmissão de cargo no comando da Procuradoria Geral do Município do Recife foi realizada nesta segunda (07). Rafael Figueiredo deixou a Controladoria para assumir o cargo de Procurador Geral do Município. A solenidade aconteceu no auditório do edifício-sede da PCR com a presença de Ricardo Correia, que deixou a Procuradoria para assumir a chefia da Assessoria Especial do prefeito Geraldo Julio.  O evento contou com a presença de vários secretários e servidores municipais, vereadores e deputados.

Com 175.834 votos, André Ferreira foi o terceiro mais votado para deputado federal
Com 175.834 votos, André Ferreira foi o terceiro mais votado para deputado federalFoto: Lourival Maia / Divulgação

No Programa Folha Política, desta terça-feira (8), o deputado federal eleito André Ferreira (PSC) contou por telefone como foi o encontro de alguns parlamentares da bancada federal com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tentará a reeleição em fevereiro.

"Ele tem o compromisso com a pauta das Reformas do Brasil, mas não foi batido o martelo ainda. Mas a tendência do PSC é caminhar com Rodrigo Maia", disse Abdré Ferreira.

O deputado estadual Joel da Harpa (PP) continuará lutando pelos pleitos da categoria dos Policiais Militares. Portanto, mesmo que seus correligionários estejam do lado do Governo Paulo Câmara, Joel da Harpa deve continuar no campo oposicionista.

"É preciso que haja uma reestruturação das polícias, pensar na questão dos investimentos, mudar o código penal em alguns sentidos, fortalecer autoridade policial no País, e dar cobertura para que esse policial possa exercer essa função. Estou ajudar o governo nesta ponte com o governo", avisou.

Sede do Ministério Público do Trabalho
Sede do Ministério Público do TrabalhoFoto: Divulgação

A partir desta segunda-feira (7), está em vigor a portaria 327.2018 que trata dos horários de expediente, atendimento ao público e jornada de trabalho no Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco. De acordo com o ato, o horário de expediente é das 7h às 15h, devendo o atendimento ao público ser feito das 8h às 14h. Os ajustes valem para todas as unidades do estado (Recife, Caruaru e Petrolina).

A medida leva em conta as restrições orçamentárias no âmbito do Ministério Público da União e a proposta orçamentária do Ministério Público do Trabalho, aprovada pelo Conselho Superior do órgão, no ano passado. Com a alteração dos horários, a administração visa economizar insumos – energia elétrica, água, telefone, entre outros -, sem prejuízo à sociedade e à realização dos serviços essenciais.

comece o dia bem informado: