Doriel Barros (PT) é presidente da de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa
Doriel Barros (PT) é presidente da de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Assembleia LegislativaFoto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

Para discutir a crescente expansão da produção de energia eólica no Brasil, com um olhar especial para Pernambuco e a importância do tema para o desenvolvimento do Estado e das comunidades rurais, a Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa discutirá, durante reunião nesta quarta-feira (15), às 9h, “Os parques eólicos do Agreste Meridional e os seus impactos socioambientais”. Para contribuir com esse debate, o Colegiado convidou as empresas responsáveis pela implantação dos parques nessa região, o Governo do Estado e agricultores e agricultoras familiares que têm aerogeradores instalados em suas terras.

“Não somos contra o desenvolvimento promovido por esses parques, mas é preciso ampliar esse debate aqui na Alepe, para que possamos ajudar o Estado a avançar economicamente, sem deixar de assegurar a qualidade de vida das famílias que convivem diretamente com esses empreendimentos”, afirma Doriel Barros,  pelo deputado Doriel Barros, que preside o colegiado.

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural organizou, para este primeiro semestre, uma agenda de escutas sobre a realidade do campo, que envolve trabalhadores, empresários e Governo do Estado. O objetivo é que esses momentos subsidiem a decisão sobre quais temas e ações deverão ser priorizados por esse Colegiado, durante os dois anos da atual gestão.

Serviço:

Reunião da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa

Tema: “Os parques eólicos do Agreste Meridional e os seus impactos socioambientais”
Data: 15 de maio, às 9h
Local: Plenarinho III, Edifício Miguel Arraes de Alencar, Alepe.

Mapa de Pernambuco
Mapa de PernambucoFoto: Divulgação

A agenda de vários parlamentares pernambucanos do último final de semana esteve voltada para suas bases de apoio no Sertão do Estado. Entregas de obras e equipamentos, emendas parlamentares e assinatura de ordem de serviço em vários municípios foram anunciadas em diversos municípios pernambucanos. Os deputados federais Fernando Monteiro (PP), Gonzaga Patriota (PSB) e Danilo Cabral (PSB) e o deputado estadual Fernando Rodolfo (PR) cumpriram compromissos em agendas pelo interior do Estado.

Gonzaga Patriota (PSB) volta a visitar suas bases eleitorais depois de um período impossibilitado, por conta da sua saúde. Na sexta-feira (10), participou de um café da manhã no município de Solidão. Em seguida, partiu para Afogados da Ingazeira, onde se encontrou com o ex-prefeito Totonho Valadares e o vereador Daniel Valadares, para tratar das demandas do Pajeú e das eleições que se aproximam. 

Em Itapetim, Gonzaga entregou ao Conselho Tutelar do município um veículo 0km e cinco novos computadores, além de destinar emendas para construção de melhorias sanitárias na nossa Zona Rural, três 03 ônibus, sendo dois para o setor educacional e um para o TFD – Transporte Fora do Domicílio, além de uma ambulância com equipamentos. Em Brejinho, anunciou emendas extras para aquisição de uma ambulância e um trator com equipamentos, além de dois ônibus para o transporte escolar. Em Sertânia, o socialista se reuniu com o prefeito Ângelo Ferreira, o vice Toinho Almeida, secretários municipais e vereadores. Patriota também garantiu dois ônibus escolares para Tuparetama. 


gonzaga


No sábado, em Salgueiro, Gonzaga inaugurou a Av. Eliza Patriota, fruto de sua emenda parlamentar com o Pastor Eurico. A obra recebeu o nome da mãe do deputado socialista. O evento também teve participação de lideranças locais e do deputado federal Fernando Rodolfo, que voltou ao sertão pernambucano para cumprir agenda no Sertão. Rodolfo falou sobre a alegria de voltar à região e participar da entrega de mais uma obra importante para Salgueiro. "Entregar mais uma obra para Salgueiro significa dizer que tem pessoas de bem, pessoas honestas querendo o melhor pra cidade e pra quem mora nesse lugar", disse.

Rodolfo esteve outras vezes no Sertão, inclusive em Salgueiro, participando de inaugurações e entregando obras de grande porte (em Sertânia) como a Adutora do Moxotó e primeira etapa da Adutora do Agreste, ao lado do Ministro do Desenvolvimento Regional do Brasil, Gustavo Canuto.


rodolfo


Em Bom Conselho, no Agreste, Fernando Monteiro (PP) assinou ordem de serviço para construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas na cidade, na última sexta (10). Agenda que também foi acompanhada pelo deputado Danilo Cabral (PSB).

Já o deputado estadual Antonio Coelho (DEM) visitou os municípios de Inajá e Petrolândia. Ele iniciou a as visitas nesta sexta-feira (10) e passou por diversos municípios do Sertão pernambucano. O parlamentar esteve em Inajá e Petrolândia.  Na primeira cidade, Coelho visitou a fazenda agrícola Famosa, ao lado do ex-prefeito Leonardo Martins, e acompanhou a produção de melancia e melão do empreendimento, que emprega cerca de 500 funcionários da região do Moxotó. Em Petrolândia, o deputado participou da entrega de 25 tanques rede junto à Codevasf e se reuniu com artesãos e agropecuaristas locais.


Fernando Monteiro (PP)

Crédito: Juana Carvalho



"É sempre gratificante visitar as cidades, reafirmar o compromisso e agradecer os votos e o apoio que recebemos. Pude conferir o trabalho e o empreendedorismo da população de Inajá, na fazenda Famosa, que emprega mais de 500 pessoas da região e exporta melão e melancia para a Europa", comentou.


antonio coelho

Durante o encontro realizado em Caruaru, o PSL reuniu os coordenadores regionais da legenda
Durante o encontro realizado em Caruaru, o PSL reuniu os coordenadores regionais da legendaFoto: Divulgação

A executiva estadual do Partido Social Liberal (PSL) promoveu neste sábado, dia 11, um encontro com todos os coordenadores regionais da legenda. O evento aconteceu em Caruaru, agreste do estado, e tratou de questões organizacionais, além das estratégias políticas visando as eleições municipais de 2020. Durante o encontro, o advogado Wadson Almeida tirou dúvidas sobre as questões jurídicas para formação e nomeação de comissões municipais.
  
O Tesoureiro Geral do PSL no estado, Michel Jean, falou sobre a reestruturação do partido após as eleições de 2018 e sobre a regularidade contábil do partido em cada município. Para o coordenador político do PSL de Pernambuco, Marcos Amaral, o encontro serviu pada fazer um alinhamento das principais demandas do partido no estado.

“O encontro alcançou seu objetivo de esclarecer como será a organização das municipais e tirar dúvidas comuns aos coordenadores”, disse Amaral. Já o vice-presidente estadual, Silvio Nascimento, disse que esse deve ser o primeiro de muitos outros encontros após as eleições do ano passado. “Somos agora muito maior do que éramos. É nossa obrigação ser também o mais organizado, além de ser o maior partido do Brasil”, finalizou Nascimento.

O presidente da Amupe também enalteceu o debate de temas extremamente importantes para o municipalismo pernambucano
O presidente da Amupe também enalteceu o debate de temas extremamente importantes para o municipalismo pernambucanoFoto: Divulgação

A Associação Municipalista de Pernambuco reuniu, nesta segunda-feira (13), em sua sede, no Recife, o senador Humberto Costa (PT), dez deputados federais, mais de 100 prefeitos e vereadores de todo o estado, além de representantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM), para tratar de uma pauta comum ao municipalismo pernambucano no Congresso Nacional. Antes do encontro, o prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Amupe, José Patriota, junto com a diretoria da instituição, comandou mais uma assembleia da associação.

“Essa foi uma reunião que eu considero histórica pela pauta nacional, desdobramento da Marcha dos Prefeitos à Brasília; pauta municipalista de projetos de leis e emendas que estão tramitando no Congresso. Além da Carta dos Prefeitos do Nordeste, com eixos de desenvolvimento fundamentais para a região que precisamos nos antecipar, a exemplo da extinção do Banco do Nordeste que necessita de força política para que não aconteça”, avaliou José Patriota.

O presidente da Amupe também enalteceu o debate de temas extremamente importantes para o municipalismo pernambucano; como a unificação das eleições; incremento de 1% do FPM, por meio da PEC 391/2017, que garante dinheiro extra às prefeituras brasileiras; a Nova Previdência (PEC6/2019), para melhorar o equilíbrio dos regimes próprios municipais em instalação e admissibilidade na CCJC; a Lei de Licitações; ISS do cartão de crédito; atualização dos programas federais e a prioridade absoluta ao Pacto Federativo.

Presenças - Além de Humberto, dos presidentas da União dos Vereadores de Pernambuco, Josinaldo Barbosa, da União dos Vereadores do Brasil em Pernambuco, Edmilson Henauth, estiveram presentes os deputados federais Augusto Coutinho (SD) e Wolney Queiroz (PDT), coordenadores da bancada, Carlos Veras, Danilo Cabral PSB), João Campos (PSB), Pastor Eurico (PHS), Raul Henry (MDB), Ricardo Teobaldo (Podemos), Silvio Costa Filho (PRTB) e Tadeu Alencar (PSB).

Sem exceção, todos se colocaram à disposição dos municípios pernambucanos. “Contem conosco. Quero colocar a bancada à disposição da Amupe”, destacou Wolney Queiroz.

Deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB) criticou medidas do Governo federal na área da Educação
Deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB) criticou medidas do Governo federal na área da EducaçãoFoto: Divulgação / Alepe

A atuação do Ministério da Educação e do Governo Federal na área da educação tem preocupado o deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB). Educador há quase 40 anos, ex-secretário executivo de Educação Profissional de Pernambuco, mestre e doutorando em educação, Paulo Dutra analisa de forma temerosa os passos referentes à educação nacional tomados nos primeiros quatro meses de 2019.

“A transformação do Brasil só se dará por meio da educação e me preocupa muito ver o governo Bolsonaro e seus ministros levantando várias questões que negam essa verdade. Quando vemos, por exemplo, a ministra Damares Alves levantar a bandeira da educação domiciliar, negando a escola como espaço legítimo da educação, percebemos o tamanho do retrocesso. Nós lutamos tanto para garantir na LDB o direito da criança à escola e hoje toda essa história é deixada de lado. Ao mesmo tempo, assistimos a um Ministro da Educação que, em vez de buscar formas de ampliar o acesso ao Ensino Superior, toma medidas de cortes duros no financiamento das universidades. Assim, estamos sendo atacados da base ao topo da educação e isso torna o momento muito perigoso”, diz o parlamentar.

Leia também:
Weintraub vai demitir secretários do MEC e trazer ex-integrante da gestão Temer
Cruzada ideológica de Bolsonaro atinge a educação no Brasil
[Podcast] 'Me senti completamente em casa', diz João Paulo sobre o PCdoB


Para Dutra, faltam garantias de continuidade no funcionamento das instituições após os recentes cortes no financiamento do Ensino Superior, que já chegam a R$ 2,2 bilhões em todo o país: “O Governo está extremamente equivocado nesta forma de cortar verbas da educação. Há reitores que já dizem que as instituições vão parar a partir do segundo semestre. Isso é muito sério e nós precisamos tratar disso com a responsabilidade que devemos ter com a educação. O ministro Abraham Weintraub e o Governo Federal estão sendo irresponsáveis realizando este corte de forma linear, tirando 30% dos investimentos em educação sem estudos que justifiquem e garantam o funcionamento pleno das instituições”.

Paulo Dutra sinaliza ainda para a necessidade da reação da população no sentido de exigir do governo Bolsonaro a retomada das ações que valorizem a educação. “O momento requer união e muita luta da população. Que nós, educadoras e educadores, independente de viés partidário, possamos lutar pelo Brasil e pelo fortalecimento da nossa educação. Precisamos fazer nossos governantes entenderem que precisamos da educação para avançar. É doloroso ver que ainda há tanto a fazer no âmbito educacional enquanto o governo federal trabalha na contramão dessa necessidade”, lamenta.

Mobilização - O deputado estadual Professor Paulo Dutra participará, no próximo dia 15 (quarta-feira), da mobilização nacional em defesa da educação pública, que terá concentração em frente ao Ginásio Pernambucano, na Rua da Aurora, centro do Recife. Já no dia 31, o socialista estará também na audiência pública junto com os reitores das universidades públicas que funcionam em Pernambuco para discutir formas de enfrentar a crise na educação superior do Brasil.

Deputado estadual e ex-prefeito do Recife, João Paulo (PCdoB)
Deputado estadual e ex-prefeito do Recife, João Paulo (PCdoB)Foto: Kleyvson Santos / Folha de Pernambuco

O ex-prefeito do Recife e deputado estadual João Paulo (PCdoB), em entevista à Rádio Folha (FM 96,7), nesta segunda (13), em relação ao seu novo partido - João Paulo saiu do PT e disputou as últimas eleições pelo PCdoB - disse já estar completamente adaptado. "Me senti completamente em casa, fui muito bem recebido, tratado respeitado. É o céu na terra essa relação", comentou, apesar disso, ele disse que existem "ranços" naturais de qualquer relação partidária.

Para exemplificar algumas diferenças entre as legendas, João Paulo fez uma comparação sobre como se dão aos decisões internas em cada uma das siglas.. "A grande diferença é que depois de discutido e debatido, quem perdeu sua posição incorpora a que foi debatida pelo partido", explicou. Apesar disso, ele disse não ter nenhuma reclamação a fazer dos anos em que esteve no PT.

Durante a entrevista, o deputado ainda falou da sua atuação parlamentar na Alepe, as Comissões e colegiados dos quais participa, eleições municipais de 2020, o governo Bolsonaro, entre outros assuntos.

Confira o Podcast, na íntegra:


Ato de entrega da pavimentação de 22 ruas em Tapera, Petrolina.
Ato de entrega da pavimentação de 22 ruas em Tapera, Petrolina.Foto: Jonas Santos

Uma noite de comemoração dos moradores da Tapera e tributo a um dos maiores líderes do Sertão de Pernambuco. O prefeito Miguel Coelho inaugurou, na última sexta-feira (10), a pavimentação de 22 ruas da localidade. Na solenidade ainda foi prestada uma homenagem ao ex-deputado federal Osvaldo Coelho, que será a partir de agora nome da principal avenida da Tapera.

A obra levou seis meses para ser concluída e representa a maior intervenção urbanística da Tapera. Com R$ 410 mil de investimento, a Prefeitura de Petrolina asfaltou 22 ruas e o acesso da localidade ao Rio São Francisco. O trabalho integra a plataforma “Petrolina Cresce”, que tem desenvolvido diversos serviços para melhorar a infraestrutura da zona rural e área urbana da cidade sertaneja.

Leia também:
Miguel Coelho vai à mesa com Doria em São Paulo
[Podcast] Miguel Coelho: "Você não pode querer chegar num partido e já sentar na janela"


No ato de entrega, que teve a participação de vários familiares de Osvaldo Coelho e presença maciça dos moradores da Tapera, o prefeito lembrou o amor do ex-deputado pelo interior como inspiração para a retomada atual dos investimentos e valorização da zona rural. “Estamos numa fase de reconstrução de Petrolina e resgate da autoestima de nosso povo.Há quantos anos a Tapera não espera por esse asfalto? Desde sua fundação. Aqui nem luz tinha direito. Então, melhoramos a iluminação, reabrimos o posto de saúde, vamos construir uma quadra e fizemos essa grande obra. Isso é respeito ao povo do interior, como doutor Osvaldo respeitava quem era do campo”, recordou Miguel na solenidade.

petrolina

Crédito: Jonas Santos

Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)
Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)Foto: Arthur Mota/Arquivo Folha

A Escola Judicial (Esmape) e o Memorial da Justiça, órgãos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), promovem o primeiro Fórum de História e Direito de Pernambuco (FHD) nesta terça-feira (14), das 8h às 18h, na sede da unidade de ensino do Judiciário, localizada na rua Desembargador Otílio Neiva Coêlho, s/n, Ilha Joana Bezerra, no Recife. O encontro contará com duas palestras e 17 comunicações orais, enviadas por servidores do Tribunal e por estudantes e professores de cursos de graduação e pós-graduação de História e de Direito.

A iniciativa de criação do 1º FHD é do diretor-geral da Esmape/TJPE, desembargador Jones Figueirêdo. Já o desenvolvimento das temáticas do encontro foi formatado pela chefe do Memorial da Justiça, Mônica Pádua. Segundo a servidora, a expectativa é que os debates contribuam para a construção do conhecimento acerca da tradição jurídica brasileira, especialmente sobre a realidade pernambucana.

“O desembargador aprovou a formatação do fórum, que pretende divulgar a produção científica na área, especialmente para estimular o uso do acervo sob a guarda do Memorial da Justiça. Hoje, temos processos judiciais dos tribunais estaduais anteriores ao TJPE, bem como de mais de 30 comarcas que funcionaram do século XVIII até o século XX”, conta Mônica Pádua.

Entre os temas que serão apresentados no evento, há estudos com abordagens sobre o tráfico de escravos; a adoção; o Direito Constitucional; Frei Caneca; a República; e o positivismo criminológico no Brasil. Há também 18 trabalhos aprovados somente para publicação na Revista Documentação e Memória do Memorial da Justiça do TJPE, que versam sobre religiões de matriz africana em Pernambuco; memória do Tribunal de Justiça; federalismo e o papel de Rui Barbosa; Faculdade de Direito do Recife; entre outros.

Clique AQUI e confira os 17 trabalhos selecionados na categoria Comunicação e Publicação, de acordo com o regulamento do Edital 090/2019. No evento, os servidores inscritos poderão utilizar a participação no Fórum para fins de progressão funcional. Quatro magistrados se cadastraram no 1º FHD.

Semana dos Museus – O primeiro Fórum de História e Direito foi inscrito pelo Memorial do TJPE na programação da 17ª Semana Nacional de Museus. A iniciativa é promovida anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em todo o país. Este ano, o evento ocorre entre os dias 13 e 19 de maio com o tema ‘Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições”.

Na programação da Semana, o 1º FHD é definido como um espaço que “visa a discutir questões acerca da História da Justiça e do Direito e suas relações com as instituições políticas, em uma perspectiva histórica”. Além do fórum, na 17ª Semana dos Museus, o Memorial da Justiça também inscreveu a exposição de fotos “Sim, somos mães de autistas. Precisamos continuar sorrindo”, organizada pelo grupo Super Mães, entidade que congrega mais de 600 membros.

A mostra será aberta ao público de 15 a 23 de maio, no Memorial da Justiça, e depois seguirá para o Palácio da Justiça, onde ficará de 24 a 31 do mesmo mês. O Memorial de Justiça fica localizado na Avenida Alfredo Lisboa, s/n, bairro do Brum, no Recife. O órgão ocupa o prédio histórico onde funcionou a Estação Ferroviária do Brum, ao lado da entrada industrial da fábrica Pilar, e funciona das 13h às 18h. Já o Palácio da Justiça se encontra na Praça da República, s/n, no bairro de Santo Antônio, também no Recife, funcionando das 7h às 19h.

Atualmente, a exposição fotográfica está num shopping da capital pernambucana, reunindo oito displays que exibem fotos com momentos alegres entre as mães e seus filhos. O grupo, formado por mães de pessoas no Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), foi criado por Paula Carolina Aleixo em julho de 2014. Ela é mãe de uma criança no transtorno do espectro autista. O objetivo da criação, inicialmente, foi "dividir as dificuldades e êxitos com outras mães que estavam passando pela mesma situação.", explica a coordenadora do Grupo Super Mães, Paula Carolina..

Prefeitura de Caruaru realizará ato de cosncientização contra o Racismo
Prefeitura de Caruaru realizará ato de cosncientização contra o RacismoFoto: Divulgação

Nesta segunda-feira, dia 13 de maio, se comemora o Dia Nacional de Denúncia e Luta Contra o Racismo. É também uma data que marca a assinatura da Lei Áurea, que aboliu oficialmente a escravidão no Brasil em 1988. Diante disso, a Coordenadoria de Promoção de Igualdade Ético-Racial, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru, estará promovendo uma ação de panfletagem no Giradouro Major Clementino (ao lado do Grande Hotel), a partir das 16h. A ação contará também com a apresentação do Grupo de Capoeira Raça Nobre.

"A manifestação tem a finalidade de mostrar que a abolição legal da escravidão não garantiu condições reais de participação na sociedade para a população negra no Brasil", explica o coordenador do eixo pela prefeitura, Ivan Moreira. “A assinatura da Lei Áurea não é comemorada pelos negros que ainda hoje lutam por condições para que a população negra tenha inserção mais digna na sociedade”, esclarece Ivan. “A ação apenas mostra que precisamos acelerar esse processo com ações afirmativas para que possamos sentir uma diminuição mais significativa nas desigualdades sociais”, complementa.

Leia também:
Fux dá indicativo de voto pela criminalização da homofobia como racismo
[Giro de Notícias] Confira as manchetes desta segunda


Atlas da violência - O objetivo do ato é também destacar os autos índices dos mais diversos tipos de violência contra a população negra, que é duplamente discriminada no Brasil, seja pela situação socioeconômica ou pela cor de pele. De acordo com o Atlas da Violência de 2017, lançado pelo IPEA, a cada 100 pessoas assassinadas no Brasil, 71 são negras. A pesquisa também revela que os negros possuem chances de 23,5% maiores de serem assassinados em relação aos brasileiros de outras raças.

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "Indicação para o STF garantida"

Jornal do Commercio: "Bolsonaro antecipa Moro no Supremo"

Diario de Pernambuco: "Bolsonaro garante vaga no STF para Moro"

Folha de S. Paulo: "Bolsonaro diz que prometeu próxima vaga no STF a Moro"

O Estado de S. Paulo: "Flávio Bolsonaro diz que MP o ataca para atingir governo"

O Globo: "Bolsonaro indicará Moro para próxima vaga no STF"

Estado de Minas: "Sem verba para pesquisa"

O Tempo: "Falta de remédios do SUS ameaça 25 mi8l mineiros"

Zero Hora: "Moro irá para o STF na "primeira vaga que tiver", diz Bolsonaro"

Correio do Povo: "Bolsonaro confirma que vai indicar Moro para o STF"

Valor Econômico: "Crise leva governadores a buscar investimento chinês"

Correio Braziliense: "Bolsonaro garante STF a Moro para mantê-lo no governo"

O Dia: "Bolsonaro antecipa correção da tabela do Imposto de Renda"

comece o dia bem informado: