Foram encontrados 267 resultados para "Janeiro 2020":

Gleide Ângelo (PSB) e Marília Arraes debateram sobre temas ligados às mulheres em evento organizado por Yves Ribeiro
Gleide Ângelo (PSB) e Marília Arraes debateram sobre temas ligados às mulheres em evento organizado por Yves RibeiroFoto: Reprodução / Instagram

Política é feita de gestos e eles não faltaram em encontro, nesta quinta-feira (30), organizado pelo ex-prefeito do Paulista Yves Ribeiro. Dissidente do PSB e recém filiado ao MDB para tentar voltar à Prefeitura da Cidade das Chaminés, Yves organizou uma roda de conversa de mulheres com a presença das deputadas Gleide Ângelo (PSB) Marília Arraes (PT) para debater temas importantes para as mulheres.

Gleide, a deputada estadual mais votada de Pernambuco em 2018, teve 157.181 votos no Recife, apesar de sempre ser cotada para disputar em Jaboatão, onde obteve 66.779 votos. Já Marília, que obeteve 54.193 votos no Recife que a elegeram para em 2018 para a Câmara Federal, hoje rivaliza com João Campos (70.864 votos em 2018) e briga pela oportunidade de ser a candidata do PT na capital pernambucana.

Com a indefinição sobre candidatura própria do PT ou a continuidade da aliança com na Frente Popular, ter o rosto estampado ao lado de Marília Arraes em evento público de um recém dissidente socialista passa uma mensagem clara de independência da deputada Gleide Ângelo do núcleo que comanda o PSB em Pernambuco. Mas isso apenas o tempo e a campanha eleitoral vai revelar.

"Trocar experiências e debater sobre a importância da ampliação dos espaços da mulher em todos os espaços de nossa sociedade é sempre muito importante. Por isso, fiquei muito feliz em participar, nesta noite, de uma roda de conversa com dezenas de mulheres na cidade do Paulista. Ao lado da deputada estadual @gleideangelo e a convite do amigo @yvesribeiro_oficial, ex-prefeito da cidade e pré-candidato na disputa municipal deste ano, debatemos uma série de temas essenciais para nós, mulheres. Obrigada a todas pelo carinho e confiança!", postou Marília em seu perfil do Instagram.

gleide

gleide - Crédito: Reprodução / Instagram


Expectativa da multinacional é gerar 1,6 mil empregos diretos, ampliando o polo automotivo no Estado
Expectativa da multinacional é gerar 1,6 mil empregos diretos, ampliando o polo automotivo no EstadoFoto: Hélia Scheppa/SEI

O polo automotivo de Pernambuco recebeu mais um reforço na tarde desta quinta-feira (30) com o anúncio da chegada da multinacional Yazaki, empresa japonesa fornecedora de peças para grandes montadoras de carros. A nova fábrica será instalada no município de Bonito, Agreste Central, gerando cerca de 1,6 mil empregos diretos, e com a expectativa de que cerca de 60% dessas vagas sejam ocupadas por mulheres. Com um investimento de R$ 60 milhões, as obras serão iniciadas em fevereiro deste ano e a previsão é de que a empresa comece a operar já no primeiro semestre de 2021. A planta de Pernambuco será a sexta unidade da Yazaki no Brasil e a segunda no Nordeste.

Após o anúncio, o governador Paulo Câmara destacou que a chegada de mais um empreendimento no Estado reforça o trabalho contínuo que vêm sendo realizado visando o desenvolvimento da economia de Pernambuco. “A Yazaki é uma empresa mundial que vai se instalar em Bonito, se tornando um polo indutor do desenvolvimento do Agreste. Buscamos mostrar as oportunidades, dando condições de infraestrutura, dando condições tributárias e fiscais para a instalação dessas novas empresas e, acima de tudo, garantindo uma mão de obra qualificada”, pontuou o governador.

A Yazaki possui contrato e integra a cadeia de suprimentos da Fiat Chrysler Automobiles (FCA). Esse, inclusive, é um dos motivos da escolha de Pernambuco para a nova planta. Atualmente, os produtos destinados à fábrica da Jeep/Fiat, que funciona em Goiana – município da Mata Norte de Pernambuco – vêm da unidade da Yazaki localizada em Nossa Senhora do Socorro, em Sergipe.

Logo mais à noite, está previsto novo encontro entre o governador e a direção da Yazaki. Dessa vez em Bonito, com a presença do prefeito Gustavo Adolfo – que também esteve presente à solenidade desta tarde no Palácio do Campo das Princesas. A cerimônia será realizada na Praça de São Sebastião, no centro da cidade, para a assinatura do Protocolo de Intenções entre o Governo do Estado e a multinacional, oficializando sua instalação em Pernambuco.

“A gente tem feito um investimento muito grande, estudando cada região de desenvolvimento do Estado buscando encontrar suas vocações. Conseguir trazer um fornecedor da Fiat Chrysler é muito importante. Vamos continuar trabalhando para trazer outros fornecedores, tentando sempre distribuir isso dentro de todo o Estado, para que todas as regiões possam ter oportunidades de investimentos como esse”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

“Começamos hoje o detalhamento da implantação da unidade em Pernambuco para fazer parte do já bem sucedido polo industrial da Fiat. Estamos apostando nessa ampliação, com mais um planta no Brasil, e olhando com boas perspectivas o futuro aqui no Estado”, afirmou o presidente da Yazaki Mercosul, Lázaro Figueiredo. A solenidade no Palácio foi prestigiada também por outros diretores da empresa, além de secretários e parlamentares.

Vivendo um novo ciclo no Estado, a sigla pretende eleger, em 2020, prefeitos em todo o Estado
Vivendo um novo ciclo no Estado, a sigla pretende eleger, em 2020, prefeitos em todo o EstadoFoto: Divulgação

Sob a liderança do deputado federal Silvio Costa Filho, o Republicanos Pernambuco segue filiando lideranças de todo o Estado. O partido que iniciou 2020 sem nenhum prefeito, já conta com quatro prefeitos filiados.

A filiação mais recente foi do prefeito de Condado, na Mata Norte do Estado, Antônio Cassiano. Vivendo um novo ciclo no Estado, a sigla pretende eleger, em 2020, prefeitos em todo o Estado.
   
“Cassiano tem feito um belo trabalho à frente da prefeitura de Condado, tem compromisso com o município. Não tenho dúvida que vai continuar fazendo as mudanças que a cidade precisa. Vamos juntos, cada vez mais, trabalhar pelo município, levando investimentos e ações que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas”, destacou Silvio.

O prefeito Antônio Cassiano destaca a parceria com o Republicanos. “Silvio já foi votado em longas datas no nosso município, e eu resolvi o apoiar porque ele tem mostrado trabalho e cada dia mais como se faz política para todos. Nosso município tem sido um grande beneficiado desta parceria, que vem desde da eleição de deputado.

Escolhi o Republicanos por questões políticas atuais e pela grande parceria que vem dado certo dentro do nosso município. Condado agora é 10”, frisou Cassiano.

Além de Cassiano, a legenda já filiou os prefeitos Tassio Bezerra, de Santa Cruz da Baixa Verde; Mário Flor, de Betânia; e Rolph Júnior, de Belém de Maria.

Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)
Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)Foto: Arthur Mota/Arquivo Folha

Teatro, música, canto e poesia. A partir das 18h desta sexta-feira (31), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) promove o lançamento de dois livros sobre as atividades artísticas realizadas por servidores do Judiciário estadual. O evento acontece no Salão Nobre, localizado no segundo andar do Palácio da Justiça, bairro de Santo Antônio, no Recife.

“Vozes da Justiça: a história em versos do Coral do TJPE – 2ª Edição" traz fotografias das apresentações realizadas pelo Coral acompanhadas de poemas escritos pela servidora Marília Medeiros. Cantata Natalina, visita a hospitais e confraternizações estão entre os temas abordados que retratam as atividades culturais realizadas durante a gestão do desembargador Adalberto de Oliveira Melo à frente da Presidência do Tribunal. O magistrado deixa o cargo em 3 de fevereiro, quando assume o desembargador Fernando Cerqueira. A primeira edição do livro foi produzida na gestão do desembargador Leopoldo Raposo, que reativou o Coral após dez anos longe dos palcos.

Outro livro a ser lançado é "Trupe do Faz e Conta: 20 anos do Grupo de Teatro do TJPE", organizado pela servidora Sônia Bierbard, atual diretora da Trupe. A obra resgata os textos de todas as peças apresentadas pelo grupo formado por servidores e convidados,além de fotografias das apresentações. O diretor do primeiro espetáculo da Trupe “A carta de Morfeu”, encenada no ano 2000, Carlos de Carvalho, e ex-integrantes estarão presentes.

Segundo Daniel Coelho, o partido pode ter candidaturas próprias em mais de 20 municípios do Estado
Segundo Daniel Coelho, o partido pode ter candidaturas próprias em mais de 20 municípios do EstadoFoto: Divulgação

O prefeito de São José da Coroa Grande, Jaziel Lages, mais conhecido como Pel, filiou-se na manhã desta quinta-feira (30) ao Cidadania, legenda presidida em Pernambuco pelo deputado federal Daniel Coelho. O ingresso de Pel à sigla se dá uma semana depois de Guiga Nunes, prefeito de Vicência, também ter se filiado ao partido.

As movimentações do Cidadania visando o pleito municipal deste ano não devem parar. Segundo Daniel Coelho, outros prefeitos devem se filiar à legenda - que pretende ter candidaturas próprias em mais de 20 municípios do Estado.

“Guiga e Pel foram os dois primeiros prefeitos a se filiarem ao Cidadania em Pernambuco. Outros ainda devem vir até o final do prazo permitido pela legislação eleitoral para mudança de partido”, afirmou Daniel, que completou: “O Cidadania pretende disputar a prefeitura de pelo menos 25 municípios do Estado, sendo que cinco destes devem ser candidatos à reeleição”, afirmou Daniel Coelho.

Os recursos também contemplarão a capacitação de catadoras e catadores de materiais recicláveis das cooperativas/associações da RMR
Os recursos também contemplarão a capacitação de catadoras e catadores de materiais recicláveis das cooperativas/associações da RMRFoto: Raul Buarque/Seduh

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), garantiu R$ 12,9 milhões para execução de projeto que visa a construção de unidades de triagem de materiais recicláveis e estações de transbordo em municípios da Região Metropolitana do Recife (RMR). Nesta quinta-feira (30), a Seduh se reuniu com representantes dos municípios e cooperativas para oficializar a disponibilidade dos recursos e informar sobre as próximas etapas.

Os recursos também contemplarão a capacitação de catadoras e catadores de materiais recicláveis das cooperativas/associações da RMR. Entre associações e cooperativas, hoje existem 27 organizações de catadores e catadoras de materiais recicláveis formalizadas. O objetivo é a melhoria no gerenciamento das unidades e galpão de triagem.

Para o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, a aprovação do projeto é fruto de um trabalho bem planejado. “Esse foi um trabalho conjunto do Estado com os municípios, pautado por planejamento. Nós temos uma carteira de projetos pronta e tivemos a oportunidade de identificar uma fonte de recursos. Nos candidatamos e agora comemoramos essa conquista que trará grandes benefícios para a gestão de resíduos sólidos na Região Metropolitana”, declarou o secretário.

No total, a Seduh captou recurso no valor de R$ 12.923.608,98, por meio de convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) e Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). O montante vem do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD), do MJSP, que, em agosto de 2019, lançou Edital para escolha de projetos que versassem sobre a promoção e reparação de bens e direitos relacionados a interesses difusos e coletivos, distribuídos em cinco eixos temáticos. Um dos eixos tratava do financiamento de ações voltadas para a promoção da recuperação, conservação e preservação do meio ambiente. Puderam participar do Edital órgãos e pessoas jurídicas de direito público estaduais, municipais e do Distrito Federal, bem como por consórcios públicos.

O projeto da Seduh, apresentado na linha temática de ações de manejo e gestão de resíduos sólidos, prevê a construção de 10 unidades de triagem e uma estação de transbordo na RMR, distribuídas nos seguintes municípios: Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Moreno, Paulista e Recife. A secretaria estadual ficará com a responsabilidade de gerir a execução do projeto, enquanto os municípios serão os responsáveis pela disponibilidade do terreno, licenciamento, alvará de construção, apoio aos catadores e fiscalização das obras.

De acordo com o secretário executivo de Políticas e Parcerias da Seduh, Marcelo Sandes, a efetivação do projeto aproximará ainda mais o Estado do que preconiza a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS - Lei n° 12.305/2010). “Com esses equipamentos prontos, vamos ter uma quantidade muito maior de resíduos sendo reciclados na Região Metropolitana. E tudo isso, gerando inclusão socioeconômica e melhorando o resultado econômico-financeiro daquilo que vai para aterro, que receberá, de fato, apenas rejeitos”, explicou.

Com a estruturação física das unidades de triagem e participação das cooperativas e associações, espera-se um importante incremento no aproveitamento dos materiais recicláveis. Hoje, a RMR apresenta um percentual modesto de coleta seletiva, variando de 2,5% a 3% de materiais reciclados coletados em relação ao gerado. Com a conclusão das obras, a previsão é que o número chegue aos 10%. Outros benefícios serão a geração de renda para os catadores, a redução do consumo de energia, matérias-primas e recursos naturais e a diminuição da geração de gás metano, proporcionando o envio apenas de rejeitos (materiais inservíveis e sem valor econômico) para os aterros sanitários.

A próxima etapa é a elaboração do Edital de Licitação, que deve ser publicado até o final de abril. Em seguida, vem o processo licitatório, que dura, em média, seis meses. Dessa forma, as obras devem ser iniciadas até o final de 2020 e concluídas até 2024.

Eduardo de Queiroz Monteiro recebe Medalha do Mérito Desembargador Geraldo Campos
Eduardo de Queiroz Monteiro recebe Medalha do Mérito Desembargador Geraldo CamposFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), através do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), realizou solenidade para a entrega de 12 Medalhas do Mérito Desembargador Geraldo Campos, na tarde desta quinta-feira (30). O evento foi no Salão Nobre do Palácio da Justiça, no bairro de Santo Amaro, região central do Recife. Entre os agraciados, o empresário Eduardo de Queiroz Monteiro, presidente do Grupo EQM, do qual faz parte a Folha de Pernambuco

"Estou muito honrado de estar aqui representando uma força de trabalho numerosa, de 11 mil trabalhadores na área de radiodifusão, de jornal impresso, digital, atividade sucroalcooleira, setor açucareiro, diversas áreas", afirmou o empresário.

A entrega das medalhas foi feita pelo diretor do CEJ/TJPE, desembargador José Fernandes de Lemos. A medalha condecora pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras que tenham se distinguido pelos relevantes serviços prestados à causa da Justiça ou pelos seus méritos excepcionais no campo do Judiciário. Há três categorias: Labor (ouro), Ação (prata) e Colaboração (bronze).

Eduardo de Queiroz Monteiro afirmou ser uma grande alegria receber a honraria. “Receber essa medalha na área empresarial é uma grande distinção, é um estímulo para continuarmos nossa luta, que é duríssima. A Folha de Pernambuco faz parte dessa trincheira e sabe que cada dia a gente tem que se reinventar para continuar acreditando, confiando que as coisas melhorem e que a gente se firme nos diversos setores de atividades que atuamos”  

Além do presidente do Grupo EQM, os outros agraciados foram: o presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo; o diretor-geral da Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), desembargador Jones Figueirêdo; os desembargadores Frederico Neves, Ricardo Paes Barreto e Fausto Campos; o juiz de Direito da 1ª Entrância, Andrian de Lucena Galindo; o juiz de Direito de 2ª entrância, Evani Estevão de Barros; o juiz de Direito de 3ª entrância, Kathya Gomes Veloso; o secretário Judiciário, Carlos Gonçalves; a servidora Eliane Maria Campos Lemos, filha do desembargador Geraldo Campos; e o general do Exército e comandante Militar do Nordeste, Marco Antônio Freire Gomes.

Presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB)
Presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB)Foto: Artur Mota / Folha de Pernambuco

Com a exlusão de estados e municípios da reforma da Previdência e o indicativo de que a PEC Paralela que incluiria os entes na reforma não vai prosperar no Congresso, o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), demonstrou preocupação com as finanças municipais neste amno eleitoral. Patriota esteve, nesta quinta-feira (30), na cerimônia de recondução da procuradora geral do MPCO, na sede do TCE.

"Esse é um ponto que consideramos que foi muito ruim para os municípios. O Governo e o Congresso Nacional, apesar das negociações através da CNM, não cumpriu essa parte da reforma. Deixaram para as Câmaras Municipais, em um ano de eleição, obrigadas a votarem. É muito complicado. Nem todo mundo compreende no nível municipal a necessidade de adequação e ajustes. E também a exploração indevida pelo ponto de vista partidário de um tema bastante estruturane, que tem a ver com a vida das pessoas, dos funcionários e servidores públicos", argumentou.

Segundo José Patriota, não houve nenhuma proposta de ajuda aos municípios na questão previdenciárias. "Além de não se ter nenhuma política de remediação pelo menos, ou recuperação, dos fundos previdenciários que são deficitários, isso está engulindo os municípios. O recurso que tinha para investir e fazer contrapartidas está indo para complementar a folha de pagamento dos aposentados. A situação é gravíssima", disse.

Posse mno MPCO - Segundo José Patriota, a presença da Amupe na cerimônia do Ministério Público de Contas é um sinal de respeito institucional. "É democrática a relação entre os poderes. Então a Amupe como representante dos municípios e dos prefeitos não pode estar ausente. A gente mantém uma relação amistosa, vez por outra temos pontos divergênte, mas isso é parte da democracia. A democracia exige a convivência, afinal de contas, é precis que haja controle social e institucional dos limites, para todos nós".

Sileno Guedes (PSB) acompanhou a posse de Germana Laureano, ao lado de Tomás Alencar, filho de Tadeu Alencar.
Sileno Guedes (PSB) acompanhou a posse de Germana Laureano, ao lado de Tomás Alencar, filho de Tadeu Alencar.Foto: Artur Mota / Folha de Pernambuco

O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, que acompanhou a solenidade de recondução de Germana Laureano como procuradora geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), nesta quinta-feira (30), comentou sobre o cenário de alianças para a eleição municipal no Recife, sobretudo com a indefinição sobre a candidatura própria do PT.

Segundo Sileno, o momento é propício para que os partidos costurem suas alianças. "Acho que o período das conversas é esse mesmo. A gente está no tempo certo. Todos os partidos estão conversando e avaliando as suas condições, não somente aqui em Recife, mas no Estado inteiro para definir a sua política de alianças. E particularmente o Partido dos Trabalhadores tem um calendário próprio e tem uma forma própria de fazer as suas discussões internas. Essa é uma discussão que pertence ao Partido dos Trabalhadores", disse.

"O PSB tem um projeto definido, um projeto que vem sendo construído e executado já há alguns anos. No momento o PT está junto conosco nesse projeto. Agora, cabe a cada partido fazer as suas discussões internas para fazer as suas definições. Eu acho que a gente deve respeitar a discussão democrática de cada partido", afirmou Sileno. Ele disse ver com naturalidade o desejo do PT de ter candidaturas próprias em Pernambuco. "O Partido dos Trabalhadores é um partido muito grande, importante na história política de Pernambuco. É natural que tenha diversas candidaturas, não somente aqui no Recife, mas em outros municípios", afirmou.

Sileno destacou que a unidade da oposição no plano nacional deve ser fortalecida nessas eleições. "No jogo que a gente está fazendo o que a gente precisa definir é que a discussão seja focada no que é fundamental. Hoje nós estamos unidos contra um projeto nacional que está instalado no Brasil", lembrou.

Lula em dois palanques - Sobre a possibilidade do ex-presidente Lula emprestar seu capital político aos palanques do PT e do PSB, Sileno disse que esta não é uma decisão de seu partido. "Eles é que tem que definirem, não somos nós. A Frente POpular tem um projeto definido e a gente respeita os movimentos do Partido dos Trabalhadores e de qualquer outro partido. Agora, vamos buscar a unidade, até porque a unidade fortalece todo mundo, fortalece nosso conjunto de ideias e o projeto que a gente tem apresentado, isso unificado facilita. Agora, a gente não pode interferir na decisão interna de outros partidos".

Alianças - Segundo Sileno, as conversas políticas com outras legendas estão sendo realizadas com frequência. "A gente está sentando com os presidentes dos partidos, para votar pontos específicos. Em alguns municípios localizados, tanto os que são governados hoje pelo PSB quanto os governados por partidos aliados", contou. Ele destacou como exemplo, as conversas dos socialistas com o presidente nacional do PDT. "Lupi está vindo aqui essa semana e todas as vezes que vem tem contato com o governador Paulo Câmara, com Geraldo Julio".

"O diálogo está permanente e não somente focado na eleição. Até porque existe um diálogo permanente também com os partidos do nosso campo, discutimndo a questão nacional, as questções que efetivamente estão garantindo as nossas convergências", concluiu Sileno.

Ao todo, serão oito reuniões de pactuação até o próximo dia 4, com participação média, até agora, de 130 pessoas por encontro
Ao todo, serão oito reuniões de pactuação até o próximo dia 4, com participação média, até agora, de 130 pessoas por encontroFoto: Divulgação

A participação popular está garantida na construção da programação momesca oferecida pela Prefeitura do Recife. Desde o último dia 27, equipes das Secretarias de Cultura e de Governo e Participação Social estão percorrendo todas as RPAs da cidade, para consultar a população sobre os artistas que cada comunidade quer ver nos palcos descentralizados, espalhados por 40 locais da cidade.

Ao todo, serão oito reuniões de pactuação até o próximo dia 4, com participação média, até agora, de 130 pessoa por encontro.

A sistemática adotada será a mesma em todas as ocasiões: a Prefeitura apresenta uma lista de artistas devidamente habilitados para o ciclo carnavalesco e todos os presentes declaram suas preferências, em votação aberta.

À população, cabe a escolha de 50% da grade de cada polo descentralizado, com eleição de atrações e suplentes, para o caso de impossibilidade de agenda dos artistas mais votados.

Além das atrações de palco, também serão escolhidas nestas reuniões as agremiações prioritárias de cada RPA para as apresentações de chão nos respectivos polos.

Confira o calendário completo de encontros:

Dia 27/01, às 19h
Escola Municipal Aníbal Fernandes (Santo Amaro)

Dia 28/01, às 19h
Escola Municipal Mário Melo (Campo Grande).

Dia 29/01, às 19h
Gigante do Samba (Bomba do Hemeterio)
Creche Municipal Vovô Arthur (Coelhos)
Escola Municipal Engenho Henock Coutinho de Melo (Brasília Teimosa)

Dia 30/01, às 19h
Escola Municipal Paulo VI (Linha do Tiro)
Escola Municipal Darcy Ribeiro (Cordeiro)

Dia 31/01, às 19h
Centro Educacional Comunitário Redençao, na Campina do Barreto (Pólo Chão de Estrelas)
Escola Municipal de Arte João Pernambuco (Várzea)
Caps Eulâmpio Cordeiro

Dia 01/02, às 14h
Escola Municipal Carlucio Castanha (Ibura)

Dia 03/02, às 19h
Sítio Trindade
Escola Estadual Álvaro Lins (Nova Descoberta)



assuntos

comece o dia bem informado: