Foram encontrados 267 resultados para "Janeiro 2020":

Prefeitura do Recife
Prefeitura do RecifeFoto: Reprodução/Google Street View

Os deputados federais Danilo Cabral (PSB) e André de Paula (PSD) debateram em torno das eleições municipais do próximo dia quatro de outubro. Para André de Paula, que se coloca como opção para concorrer à Prefeitura do Recife, mais uma vez, o debate não será nacionalizado durante o período eleitoral.

"Tentar nacionalizar discurso em eleições municipais não cola. Não será a nacionalização que vai tirar ou dar mais voto. O que motiva a entrar num processo desse não são as questões nacionais. O que me motiva não é alinhamento nacional. O que nós vamos julgar é o governo que nós temos", ressaltou André de Paula, que se coloca na oposição na esfera municipal e estadual, mas reserva alinhamento com o Governo Federal.

Já Danilo Cabral, acredita que o eleitor poderá associar a nacionalização do debate nas eleições municipais. "As pessoas não são desconectadas da realidade que elas vivem do País. São 13 milhões de pessoas que vivem com R$ 150 por mês, são 500 mil pessoas que estão esperando receber o bolsa família. A fila do bolsa família, que tinha zerado no governo do presidente Michel Temer, tem dois milhões de brasileiros esperando a aposentadoria. Isso vai para uma eleição municipal", afirmou Danilo Cabral.

Quanto à candidatura do deputado federal João Campos à Prefeitura do Recife, Danilo Cabral é enfático em colocá-lo como opção do PSB e rebateu críticas feitas ao prefeiturável. "João tem todas as condições de cumprir o seu papel do ponto de vista eleitoral, administrativo e político pela vivencia que ele já tem, pelo papel que ele já vem cumprindo dentro do Congresso Nacional, sua capacidade de dialogar, sua capacidade de trabalho. Ele tem todos os pré-requisitos para representar o PSB nesse projeto", disse Danilo Cabral. 

Os parlamentares concederam entrevista para o Debate CBN, nesta terça-feira (28), no Programa CBN Total, em entrevista para o apresentador Aldo Vilela e o editor deste Blog da Folha.

Deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) assina o requerimento de convocação foi do

Deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) assina o requerimento de convocação foi do - Crédito: Chico Ferreira/PSB na Câmara

Deputado federal André de Paula, do PSD

Deputado federal André de Paula, do PSD - Crédito: FOTO: JEDSON NOBRE -Arquivo Folha

Diogo Moraes, articulador da ação no arquipélago, comentou que Fernando de Noronha foi escolhido porque o povo precisa e merece
Diogo Moraes, articulador da ação no arquipélago, comentou que Fernando de Noronha foi escolhido porque o povo precisa e mereceFoto: Jefferson Lulu

Coordenador da Frente Parlamentar de Combate ao Suicídio e Automutilação na Alepe, o deputado estadual Diogo Moraes cumpriu, em Fernando de Noronha, agenda voltada para a questão social do arquipélago, em meio à campanha mundial Janeiro Branco. O parlamentar foi o responsável pela articulação de uma capacitação em Saúde Mental para servidores e médicos da ilha, em uma parceria com o SAMU do Distrito Federal, a Administração da Ilha e a Alepe.

Foram três dias de curso com uma extensa programação técnica e prática com o objetivo de preparar ainda mais os profissionais para atendimento de usuários com demandas de problemas mentais. Ao todo, cerca de 50 profissionais da Ilha participaram do curso.

O curso contou com a participação da doutora Andrea Chaves, psicóloga, da doutora Renata Vasconcelos, assistente social, e do médico psiquiatra Fábio Campos, todos do corpo técnico do SAMU de Brasília, pioneiro na implantação do Núcleo de Saúde Mental do SAMU-DF. “Gostaria de agradecer a todos que apoiaram essa capacitação aqui na Ilha, entre eles o Deputado Diogo e o Administrador Guilherme Rocha. Essa causa é muito importante e tem conquistado muitos apoios no Brasil. A gente acredita que 2020 promete boas conquistas para esta bandeira, para que de fato possamos viver com mais saúde mental”, declarou doutora Andrea Chaves.

Já o coordenador de Saúde da Ilha, Fernando Magalhães falou sobre a alegria de ter o pontapé inicial deste projeto no estado de Pernambuco, em Noronha. “Queremos implantar a sistemática do Núcleo de Saúde Mental na ilha. O governo expandir para todo Estado é um ganho para todos”, afirmou. Já o secretário estadual de Saúde, André Longo, comentou que a iniciativa do Janeiro Branco abraçada pelo SAMU Nacional deve ser saudada. “O SAMU é uma política pública dentro do SUS já reconhecida por toda população. Quero agradecer ao deputado Diogo Moraes pelas articulações em Brasília, fazendo com que esse processo possa ser expandido para Pernambuco. O Estado vai apoiar a iniciativa”, confirmou Longo.

Por sua vez, Diogo Moraes, articulador da ação no arquipélago, comentou que Fernando de Noronha foi escolhido porque o povo precisa e merece. “A gente precisa cuidar da população da Ilha e do corpo técnico que os atende. É oportunidade única. Problemas de Saúde mental já se tornaram uma epidemia mundial. Não podemos deixar que a população sofra sem apoio. Agradeço a doutora Andrea e toda equipe pela participação, ao Administrador Guilherme que não mediu esforços, com todo carinho, cuidado e atenção”, disse o parlamentar, no encerramento da capacitação, que contou ainda com um aulão sobre saúde mental para a comunidade.

Sensibilização

Após o curso, que durou dois dias, representantes da Administração da Ilha, profissionais do SAMU-DF e o deputado Diogo Moraes estiveram no Fortinho do Boldró, um dos cartões-postais do arquipélago. Local escolhido pela forte presença de turistas nacionais e estrangeiros, com objetivo de ampliar a disseminação de informações sobre a Saúde Mental e ainda maneiras de procurar ajuda e ajudar amigos e parentes próximos.

“A ação foi super bem recebida. Muitas pessoas se emocionaram com as mensagens e agradeceram. É muito gratificante poder fazer algo para ajudar ou dar o pontapé na cura de doenças que podem ser controladas ou solucionadas por profissionais capacitados. Sempre lembrando que cuidar da mente é cuidar da vida”, ressaltou o deputado.

Marília Arraes Lula e Humberto Costa
Marília Arraes Lula e Humberto CostaFoto: Instituto Lula

Em seu twitter, a deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman, reafirmou a importância de uma candidatura própria do partido à Prefeitura do Recife. Portanto, a deputada federal Marília Arraes continua no páreo para disputar a eleição na capital pernambucana.

No encontro, estiveram presentes o ex-presidente Lula, o senador Humberto Costa, o ex-prefeito Fernando Haddad (SP), o deputado federal José Guimarães (CE), Cirilo Mota (presidente do PT/Recife), o deputado estadual Doriel Barros (presidente do PT/PE), além da própria Marília Arraes. 


Reunião entre a cúpula petista para discutir eleições municipais do Recife aconteceu na tarde desta terça-feira (28)

Reunião entre a cúpula petista para discutir eleições municipais do Recife aconteceu na tarde desta terça-feira (28) - Crédito: Divulgação/ Twitter

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE)
Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE)Foto: Arquivo/Folha de Pernambuco

Em sessão plenária realizada nesta segunda-feira (27), a Corte do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) indicou, por aclamação, os desembargadores eleitorais Ruy Trezena Patu Júnior e José Alberto de Barros Freitas Filho como diretor e vice-diretor, respectivamente, da Escola Judiciária Eleitoral. Os magistrados ficarão à frente da EJE durante um período de dois anos.

Na oportunidade, todos os integrantes do órgão colegiado fizeram questão de enaltecer o brilhante trabalho desenvolvido pelo desembargador eleitoral Delmiro Campos e pelo juiz José Raimundo dos Santos Costa, durante o período em que dirigiram a Escola Eleitoral.

O presidente do TRE-PE, desembargador Frederico Neves, último a falar, disse que “o desembargador Delmiro Campos é um dos mais atuais e atuantes juristas eleitorais de Pernambuco, quiçá do Brasil, tendo desempenhado um trabalho digno de todos os elogios na direção da Escola Judiciária Eleitoral de Pernambuco.”

O Presidente Frederico Neves também destacou “o altíssimo porte intelectual dos novos dirigentes eleitos”, afirmando que “os desembargadores eleitorais Ruy Patu e José Alberto estão devidamente apetrechados para o exercício das novas funções”.

A Escola Judiciária Eleitoral de Pernambuco foi criada através da Resolução nº 44, aprovada em sessão do TRE, em 10 de dezembro de 2003, com a finalidade de capacitar, treinar e aperfeiçoar, em matéria eleitoral, magistrados e servidores da Justiça Eleitoral, visando à melhoria da qualidade da prestação jurisdicional. A EJE também é um importante elo entre o Tribunal e a sociedade.

Um de seus principais programas é o Eleitor do Futuro, que, entre outras ações, incentiva adolescentes e jovens a participarem da vida pública de suas respectivas comunidades, apontando a conscientização política como instrumento de transformação social.

O “Programa de Prevenção e combate às fontes de poluição marinha causada por resíduos sólidos” visa identificar as fontes de poluição na região e promover ações para combatê-las.
O “Programa de Prevenção e combate às fontes de poluição marinha causada por resíduos sólidos” visa identificar as fontes de poluição na região e promover ações para combatê-las.Foto: Raquel Cavalcanti/ Divulgação

Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco, foi um dos seis municípios da costa brasileira selecionados pela Agência de Proteção Ambiental da Suécia e a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Públicas e Resíduos Sólidos (ABRELPE) para participar de um programa internacional de Meio Ambiente.

A Prefeitura do Ipojuca, através da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano, pleiteou a vaga e foi selecionada, entre outros critérios pelo seu litoral possuir unidades de conservação; ter áreas de interesse turístico; e bancos de dados ambientais.

O “Programa de Prevenção e combate às fontes de poluição marinha causada por resíduos sólidos” visa identificar as fontes de poluição na região e promover ações para combatê-las. Todos os recursos para viabilização do projeto serão custeados pela Agência Sueca, que tem acordo de cooperação com o Ministério do Meio Ambiente do Brasil. “Foi com muita alegria que recebemos a resposta da aprovação, pois sabemos da importância da preservação do Meio Ambiente e do quanto será bom para o município receber técnicos internacionais para realizar este estudo no nosso litoral, que é o maior do estado, com praias mundialmente conhecidas como Porto de Galinhas, Maracaípe e Serrambi”, afirmou a prefeita Célia Sales.

O secretário de Meio Ambiente do Ipojuca, Erivelto Lacerda, explicou que a primeira visita técnica está agendada para o início de março. Toda a equipe receberá treinamento para colaborar com os estudos e estará à disposição para compartilhar os dados do município.

Ipojuca

Crédito: Raquel Cavalcanti/ Divulgação



A primeira ação da campanha acontece nesta quarta (29), data que marca o Dia Nacional da Visibilidade Trans, percorrendo as unidades da Agência do Trabalho da Região Metropolitana do Recife (RMR)
A primeira ação da campanha acontece nesta quarta (29), data que marca o Dia Nacional da Visibilidade Trans, percorrendo as unidades da Agência do Trabalho da Região Metropolitana do Recife (RMR)Foto: Divulgação

Para marcar o Dia Nacional da Visibilidade Trans, lembrado nesta quarta-feira (29), o Governo de Pernambuco inicia a campanha Do Seu Jeito, que vai percorrer instituições públicas e privadas, além de espaços de lazer e turismo, conscientizando a população sobre o respeito a identidade de gênero e a cidadania das pessoas transexuais, além de reafirmar o direito ao nome social. A ação, que vai se estender por todo o ano, começa as atividades visitando as 29 Agências do Trabalho de Pernambuco, numa parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação. Para o primeiro dia, as equipes técnicas da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) vão até as unidades localizadas na Região Metropolitana do Recife (RMR). A atividade começa às 6h30, na unidade da Boa Vista.

A ação, que segue até o meio dia, vai orientar os servidores das unidades e adesivar em murais e nos banheiros etiquetas pontuando informações sobre a importância do respeito à população trans e sobre o direito ao nome social.

De acordo com o secretário estadual da SDSCJ, Sileno Guedes, a ação vai gerar reflexão sobre a importância de dar visibilidade e reconhecer as pessoas transexuais enquanto cidadãs. “A campanha tem como foco conscientizar a sociedade, mas nosso objetivo principal é ressaltar a importância de todas as instituições, seja ela pública ou privada, investirem na inserção educacional, formação profissional e promoção da cidadania das pessoas trans, um público que muitas vezes é posto em situação de vulnerabilidade social pela discriminação familiar e social”, destaca o gestor.

A secretaria executiva de Segmentos Sociais, da SDSCJ, Laura Gomes, explica que a campanha iniciará nas Agências do Trabalho justamente para que haja a compreensão de que é preciso discutir e solucionar a falta de diversidade no mercado de trabalho. “É necessário que haja urgentemente uma reparação dos déficits educacionais e uma maior inserção profissional da comunidade LGBT como todo. As equipes de trabalho ainda são pouco diversas e precisamos esclarecer a importância social que é investir na pluralidade, e por isso iniciamos a campanha nas Agências do Trabalho, para reiterar a importância de dar oportunidade e incluir essas pessoas no universo corporativo”, afirma.

Contratada no ano passado como primeira travesti da Rede Boticário em Pernambuco, Dandhara Lúcia de Souza, 26 anos, fala sobre a importância de ser chamada pelo nome social, de ser reconhecida profissionalmente. “Estou completamente realizada, conquistei tudo por meu mérito porque fui atrás. Estou numa empresa multinacional e é muito bom ser reconhecida como a Dandhara, é uma honra. Eu lutei muito para conseguir. Numa desisti de nada, numa desanimei diante do preconceito que a gente vive na sociedade, diante dos ‘nãos’ que a gente enfrenta quando vai procurar emprego. Não é um ‘não’ comum (que uma trans recebe). É aquele “não” com um olhar estranho, o “não” na forma de receber você mal só por você ser quem você é”, destacou, emocionada. Dandhara participou do programa Fortalece a Igualdade no ano passado. Ela estava desempregada no início de 2019, antes de passar pelo curso de qualificação oferecido pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação.

Serviço:

Campanha DO SEU JEITO - Ação de conscientização sobre o direito da pessoa transexual

Dia: Quarta-feira, dia 29 de janeiro
Horário: 6h30 às 12h
Início: Agência do Trabalho da Boa Vista - Rua da Aurora, 425 Boa Vista, Recife

O deputado federal Ricardo Teobaldo acertou os detalhes para a filiação do ex-prefeito Delson Lustosa ao Podemos
O deputado federal Ricardo Teobaldo acertou os detalhes para a filiação do ex-prefeito Delson Lustosa ao PodemosFoto: Divulgação

De olho nas eleições municipais, o Podemos Pernambuco segue se articulando para a disputa. Na manhã desta terça (28), em seu escritório político no Recife, o deputado federal Ricardo Teobaldo acertou os detalhes para a filiação do ex-prefeito Delson Lustosa ao Podemos. Delson vai disputar novamente a cadeira do executivo em Santa Terezinha, no sertão pernambucano. O deputado estadual Gustavo Gouveia também participou do encontro.

O deputado Ricardo Teobaldo ressaltou a importância da entrada de Delson na legenda. “Temos agregado grandes quadros da política pernambucana ao Podemos em todas as regiões do estado. Delson é um desses. É um político preparado, tem experiência e já mostrou que sabe governar. Ele é o nome do Podemos para vencer as eleições no município”, destacou.

Keko do Armazém deverá ser o candidato do Avante na eleição de outubro.
Keko do Armazém deverá ser o candidato do Avante na eleição de outubro.Foto: Divulgação

O Avante pretende ter candidato nas eleições deste ano no Cabo de Santo Agostinho. A reunião que bateu o martelo garantindo o apoio da sigla ao atual vice-prefeito do município Keko do Armazém foi comandada pelo deputado federal Sebastião Oliveira e aconteceu, nesta terça-feira (28), na sede do partido, no Recife. Keko é pré-candidato a prefeito do Cabo no pleito de outubro e chegou a assumir o município com o afastamento do prefeito Lula Cabral. O encontro contou com as presenças de Marcos do INPS e Rodolfo Albuquerque, presidente do Avante no Cabo e membro da Executiva Estadual, respectivamente.

Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)
Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE)Foto: Arthur Mota/Arquivo Folha

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), através do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), realiza solenidade para a entrega de 12 Medalhas do Mérito Desembargador Geraldo Campos. O evento, aberto ao público, acontece nesta quinta-feira (30), às 17h, no Salão Nobre do Palácio da Justiça, bairro de Santo Amaro, no Recife. A entrega das medalhas será feita pelo diretor do CEJ/TJPE, desembargador José Fernandes de Lemos. A medalha tem como objetivo condecorar pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que tenham se distinguido pelos relevantes serviços prestados à causa da Justiça ou pelos seus méritos excepcionais no campo do Judiciário. Há três categorias: Labor (ouro), Ação (prata) e Colaboração (bronze).

Os agraciados são: o presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo; o diretor-geral da Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), desembargador Jones Figueirêdo; os desembargadores Frederico Neves, Ricardo Paes Barreto e Fausto Campos; o juiz de Direito da 1ª Entrância, Andrian de Lucena Galindo; o juiz de Direito de 2ª entrância, Evani Estevão de Barros; o juiz de Direito de 3ª entrância, Kathya Gomes Veloso; o secretário Judiciário, Carlos Gonçalves; a servidora Eliane Maria Campos Lemos, filha do desembargador Geraldo Campos; o general do Exército e comandante Militar do Nordeste, Marco Antônio Freire Gomes; e o presidente do Grupo EQM, Eduardo de Queiroz Monteiro.

Deputado federal Danilo Cabral (PSB), em entrevista à Rádio Folha.
Deputado federal Danilo Cabral (PSB), em entrevista à Rádio Folha.Foto: Leo Malafaia / Folha de Pernambuco


A disputa pela liderança da bancada do PSB na Câmara dos Deputados foi um dos assuntos da entrevista do deputado federal Danilo Cabral, nesta terça-feira (28), à Rádio Folha (FM 96,7). Com o fim do mandato de Tadeu Alencar como líder da legenda na Casa, Danilo reinvindica o assento e o cumprimento do acordo feito entre ele, o deputado Julio Delgado e o próprio Tadeu, que foi reconduzido no segundo semestre de 2018. Nessa época, Danilo precisou se afastar do mandato para cuidar da saúde e viu surgir o nome de Alessandro Molon (RJ) como concorrente ao posto.

Segundo o parlamentar, a bancada do PSB é autônoma para deliberar sobre liderança respeitando o entendimento com os demais membros do partido. Após a expulsão do deputado Átila Lira da legenda e a saída do deputado Rodrigo Lira (seu suplente é do PSDB), a bancada passou de 31 para 29 deputados. Danilo afirmou que já tem uma lista com 19 assinaturas de apoio ao seu nome, mas que espera não precisar usá-la, pois acredita no entendimento no partido, sugerindo até um cronograma de líderes até 2022, para contemplar outros nomes.

"Tive conversas com o líder e com o prórpio Molon. O que nós queremos é construir a unidade da bancada do PSB. Tivemos uma fissura durante o debate da reforma da Previdência, mas essa etapa já foi superada e eu acho que agora precisamos recompor essa unidade. Regimentalmente a indicação do líder se dá a partir de uma lista de apoiamento. Espero que não aconteça, mas se precisar vamos colocar a lista", afirmou Danilo.

Ele descartou estremecimento de sua relação com Tadeu Alencar e um possível ressentimento de seu colega de partido por conta da resistência que sofreu para suceder Eduardo Campos na liderança. "Depois disso eu já votei em Tadeu duas vezes para líder. Eu inclusive apoiei a recondução de Tadeu à liderança", lembrou.

Em relação a Alessandro Molon, que entrou no PSB em 2018 e já ganhou protagonismo na legenda, Danilo lembrou que ele já ocupou espaços importantes como a liderança da oposição, representando a legenda. "Ele já chegou e já sentou na janela", brincou.

PT e PSB no Recife

Danilo Cabral disse considerar a possibilidade do PT ter candidato próprio no Recife como natural e lembra que na maioria dos pleitos, houve candidato petista, inclusive em 1986, quando Miguel Arraes era "quase unanimidade".

É nartural que cada um discuta a sua estratégia, a gente precisa respeitar o direito de cada partido encontrar seu caminho ", ponderou. Segundo Danilo, uma candidatura própria do PT não impede a construção da unidade da oposição ao governo Bolsonaro.

Ele disse, ainda, que enxerga a nacionalização do debate como inevitável em 2020. "Uma eleição como essa que a gente vai vivenciar mais uma vez tem os componentes de natureza local, com as questões do debate nacional. "Que a gente separe os episódiso eleitorais, mas preserve esse eixo e essa unidade em defesa dos direitos no Brasil, para que por conta de sectarismos locais, isso não nos desconecte", sugeriu.

Ouça a entrevista completa:

assuntos

comece o dia bem informado: