Foram encontrados 257 resultados para "Junho 2017":

Prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR)
Prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR)Foto: Leo Rafa/PJG

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, vai antecipar o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores municipais. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (16) pelo prefeito Anderson Ferreira (PR). O pagamento será efetuado no dia 23. Já no dia 30, serão pagos os salários de junho, com o reajuste de 4% nos vencimentos dos servidores efetivos ativos e inativos. Com isso, a gestão espera um incremento de R$ 64,1 milhões.

Em julho, os professores, que têm data-base em abril, receberão o reajuste de 4% retroativo aos meses de abril e maio. Os demais servidores terão pagamento retroativo referente a maio, mês da data-base. Já os cargos comissionados e os profissionais contratados temporariamente não terão aumento.

“Nestes seis meses, a nossa gestão conseguiu trabalhar com a máquina enxuta e utilizou os recursos dentro do que era prioridade. Fizemos os cálculos e concluímos que podemos antecipar metade do 13º salário aos nossos servidores para que possam aproveitar bem o São João. E também estamos dando um reajuste salarial dentro das possibilidades do município”, disse o prefeito.

Deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE) será o líder de seu partido em 2019
Deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE) será o líder de seu partido em 2019Foto: Divulgação

Proposta que dá dez dias para que um fornecedor veicule, em rádio, televisão e internet, informação sobre defeito de produto ou serviço que comprometa a saúde ou segurança do consumidor – o chamado recall foi aprovada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS) da Câmara dos Deputados.

Relator do PL 4.479/2016, o deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade) apresentou uma emenda ao texto, após considerar o prazo original de comunicação previsto (24 horas) muito curto. O prazo será contado a partir da identificação do problema.

“O prazo é insuficiente para que os fornecedores possam tomar as providências para a ampla comunicação do defeito do produto e para que tracem um plano de ação que envolva toda a cadeia produtiva”, disse o parlamentar.

A emenda de Coutinho ainda prevê a divulgação do defeito na internet e redes sociais. O texto original falava apenas em rede nacional de rádio e televisão aberta.

O PL altera o Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC, Lei 8.078/1990). A norma exige apenas a comunicação do defeito que comprometa a segurança e a saúde do consumidor, sem especificar um prazo para o recall. Este prazo está regulamentado hoje pela Portaria nº 487/2012, do Ministério da Justiça.

Coutinho acredita que o assunto deve estar tratado em lei, como propõe o autor do projeto.

“A implementação da medida proposta pode evitar grandes prejuízos para a sociedade, majoritariamente ao sistema de saúde, e salvar vidas”, afirmou o deputado do Solidariedade. O PL tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pelas comissões de Defesa do Consumidor e de Constituição, Justiça e Cidadania.

Outdoor conscientiza sobre beber e dirigir
Outdoor conscientiza sobre beber e dirigirFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

Diante da abrangência das redes sociais, o Governo do Estado utilizou um personagem fictício da internet para uma campanha de conscientização no trânsito. Sucesso do Facebook, o perfil 'Bode Gaiato' alerta os motoristas sobre a combinação bebida e direção em outdoor localizado na Avenida Cruz Cabugá, na área central do Recife.

"Bio, do jeito que tu bebe, esse é o único carro que presta pra tu", afirma uma das personagens, se referindo a um carrinho de mão. Mais abaixo, a propaganda governamental diz que "Estrada não é lugar de gaiatice".

A campanha é do Detran-PE, Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Secretaria de Transportes e Secretaria das Cidades.

Criado em 2013 pelo universitário Breno Melo, o perfil Bode Gaiato tem mais de oito milhões de curtidas na rede social.

Paulo Câmara observa o galpão que guarda de todo o acervo documental do Estado
Paulo Câmara observa o galpão que guarda de todo o acervo documental do EstadoFoto: Wagner Ramos/Sei

Responsável pelos serviços de digitalização, gestão e guarda de todo o acervo documental do Estado, o Centro de Gestão e Guarda de Documentos (CGGD) da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) recebeu a visita do governador Paulo Câmara visitou, nesta sexta-feira (16).

Localizado no Cone Multimodal de Suape, no Cabo de Santo Agostinho - Região Metropolitana do Recife, o local possui uma estrutura de 5.880 metros quadrados, com capacidade de armazenamento de 990 mil caixas box e digitalização de 4 milhões de imagens por mês.

"Estamos vivendo na era do conhecimento, do mundo digital e há uma necessidade de estarmos permanentemente buscando opções que agreguem tecnologia, que sejam economicamente viáveis e que garantam a integridade das documentações. E o nosso Governo trabalha antenado nessas questões. Buscamos eficiência, economicidade e, acima de tudo, a garantia da preservação dos nossos documentos. E isso está sendo feito de forma muito profissional pela Cepe", destacou Paulo, após conhecer as dependências administrativa e operacional do galpão.

Paulo destacou ainda que o serviço, ao diminuir a necessidade de circulação de papéis, contribui com a promoção da sustentabilidade.

"Pernambuco tem uma história rica e que precisa ser preservada, assim como seus documentos. Então, o que a gente encontra aqui é a garantia da segurança e da preservação de todo o acervo estadual. E isso nos garante, também, a possibilidade de termos qualidade, preço e um cuidado maior com o meio ambiente", cravou.

Com a Lei Estadual nº 15.529, de 23 de junho de 2015, a Cepe passou a ter a exclusividade na gestão operacional relativa à execução dos serviços de digitalização, gestão e guarda de documentos de caráter intermediários, do acervo documental dos órgãos da administração direta e indireta estadual, podendo ser contratada por inexigibilidade.

E para oferecer mais comodidade e agilidade no acesso à informação e segurança na documentação, a área de armazenamento do CGGD possui altura de 12 metros e estantes porta pallets de 10 metros, tudo protegido e equipado com sistema CFTV, preventivo e brigada anti-incêndio, além do controle de acesso com vigilância 24 horas.

A Cepe atende as Secretarias de Educação, Administração e Saúde, Corpo de Bombeiros, Arquivo público, Porto do Recife, Lafepe, CPRH, Funape, Copergás, Fundação Hemope, Instituto Dom Helder Câmara, IRH, Compesa e Detran. Foram contabilizadas, até o momento, cerca de 13 milhões de digitalizações, organização de aproximadamente 5 milhões de conjuntos documentais e armazenamento de 320.000 caixas box.

Vereador Diogo Prado (PCdoB), de Carpina
Vereador Diogo Prado (PCdoB), de CarpinaFoto: Reprodução do Facebook

Após a divulgação do cantor cearense Wesley Safadão para se apresentar no período junino de Carpina, na Zona da Mata, o vereador de oposição Diogo Prado (PCdoB) questionou a postura da Prefeitura Municipal diante dos problemas enfrentados pela gestão, como o atraso de salário de professores. O artista foi contratado para show no dia 28 de junho por um cachê de R$ 450 mil, com inexigibilidade de licitação.

De acordo com o vereador, além do atraso do salário dos professores, os provimentos de dezembro não foram pagos, assim como um terço de férias dos professores. "E aí o prefeito decidiu pegar R$ 450 mil do orçamento da Secretaria de Educação, porque Cultura está ligada à Educação aqui no município, e está pagando um show com cachê de R$ 450 mil deixando de honrar os compromissos com os professores, por exemplo. É uma situação complicada de a gente apoiar, não tem como", afirmou. A Câmara Municipal tem 17 vereadores, dos quais 20% são de oposição.

"A gente defende que tenha um São João bom, um São João de porte. Mas a gente sabe que com R$ 150 mil de cachê a gente consegue trazer bons nomes, nomes inclusive regionais, que possam garantir um São João tradicional, um São João que vai atrair o turista também, mas que não vai comprometer o cumprimento de outras obrigações no município. A gente não pode é investir no São João onde a cidade tem problemas graves de iluminação pública, onde a própria estrutura do palhoção onde vai ser realizado o evento, não tem condições de comportar um público tão grande. Vai ser um caos", avaliou Prado.

O parlamentar também afirmou que a Prefeitura ainda não apresentou o plano de segurança para o Governo do Estado e que o prazo para isso é a quarta-feira (21).

Outro ponto que chamou a atenção do vereador foi que, segundo ele, o prefeito Manoel Botafogo (PDT) baixou um decreto, no período do Carnaval, afirmando que o município estava em estado de calamidade financeira. E que, por esse motivo, não financiou polos tradicionais do Carnaval da cidade. "E a gente quatro meses depois e o prefeito já está investindo aí R$ 1 milhão de atração no município. É um exemplo realmente impressionante, fora do comum uma recuperação econômica do município num período tão curto. Estamos aí falando de quatro meses onde a realidade mudou da água para o vinho. Isso chama a atenção", disse.

Indagado se os vereadores vão questionar o cachê do artista na Justiça, Diogo Prado afirmou que está avaliando a viabilidade de se questionar na Justiça. Além disso, os vereadores esperam a Prefeitura se posicionar sobre os questionamentos feitos sobre salários e os problemas que existem na cidade.

Leia também:
Wesley se apresentará em Carpina. O cachê será de R$ 450 mil

Vereadores debatem o pacote enviado pela PCR
Vereadores debatem o pacote enviado pela PCRFoto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Embate entre governistas e oposicionistas marcam a sessão da comissão de Justiça da Câmara do Recife para tratar do pacote enviado pelo prefeito Geraldo Julio (PSB). Faltando menos de um mês para o recesso, o sistema da Casa registrou 30 projetos, sendo 13 em regime de urgência e sete com dispensa de prazo. Nesta sexta-feira (16), secretários da PCR foram à Casa de José Mariano explicar o pacote.

Ao todo, nesta sexta, sete projetos entraram em discussão, todos tiveram os prazos dispensados a pedido da própria Casa.

Estão presentes, a maioria é de vereadores do Governo, como a líder da base na Casa, Aline Mariano (PMDB), Maguary (PSB), Carlos Gueiros (PSB) e Aerto Luna (PRP) e o integrante da bancada de Oposição Rinaldo Junior (PRB). O secretario de Infraestrutura e Habitação, Roberto Gusmão, responde aos questionamentos.

O Senado analisa um projeto de lei que regulamenta o processo de doação online para campanhas eleitorais. De acordo com a proposta (PLS 189/2017), as doações só poderão ser feitas por pessoas físicas, devidamente identificadas, e direcionadas a um único candidato a cargo eletivo. Além disso, há um limite de cinco doações por IP. O projeto é de autoria do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).

O democrata explicou que a ideia é aumentar a participação da população no processo eleitoral. "Nós temos que motivar cada vez mais as pessoas, os cidadãos, pessoas físicas a se conscientizarem da importância do financiamento das campanhas eleitorais", afirmou.

Caiado reconheceu que o financiamento de campanhas eleitorais por pessoas físicas não faz parte da cultura do País e defendeu sua ampliação.

Nas eleições de 2018, os candidatos não poderão contar com doações empresariais. Com o objetivo de coibir fraudes, o Supremo Tribunal Federal (STF) permitiu apenas doações de pessoas físicas, limitadas a 10% da renda do ano anterior do doador, recursos próprios do candidato ou do Fundo Partidário. As informações são da Agência Senado.

Humberto Costa (PT-PE) é o líder da Oposição no Senado
Humberto Costa (PT-PE) é o líder da Oposição no SenadoFoto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT) participa, na próxima segunda-feira (19), do início da Caravana das Águas, que tem o objetivo de avaliar a retomada e o andamento das obras físicas do Eixo Norte e do Ramal do Apodi, que beneficiam os estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba e também as obras sociais derivadas do Projeto de Integração do São Francisco nos estados de Pernambuco e Ceará.

A realização da Caravana das Águas foi aprovada durante reunião da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) no Sendo. A Caravana realizará visitas técnicas e audiências públicas nos dias 19 e 20 de junho, nos quatro estados citados acima, e contará com a participação de senadores dos estados envolvidos.

“Essa ação de fiscalização do Senado é muito positiva. Estamos aqui para garantir que essa grande obra, que está mudando a vida de um povo que sempre sofreu com a falta de água no Sertão nordestino, realmente continue andando. E é sempre bom ressaltar que foi o presidente Lula, que acreditou e tirou do papel a Transposição do São Francisco”, lembrou o petista.

A Caravana começará na segunda-feira (19), a partir das 8h, no município de Terra Nova, em Pernambuco, com uma visita da comitiva de senadores às obras do Eixo Norte e do Ramal do Apodi (Estação de Bombeamento EBI-3). Após Terra Nova, a comitiva segue para uma visita técnica à barragem na cidade de Jati, no Ceará.

O grupo ainda segue para as cidades de São José de Piranhas (PB), Cajazeiras (PB), Pau dos Ferros (RN) e Caicó (RN), onde acontecem outras visitas técnicas e audiências públicas. O senador Humberto Costa segue, ainda no final do dia da segunda-feira (19), para Brasília, para participar das discussões da reforma Trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

Líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB)
Líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB)Foto: Roberto Soares/Alepe

Depois de a Oposição na Assembleia Legislativa afirmar que os cinco primeiros meses do ano são os mais violentos do Pacto pela Vida e que "a tímida redução dos casos registrados em relação a abril é importante, mas Pernambuco ainda apresenta um crescimento de 44,4% de homicídios em relação ao mesmo mês de 2016", o líder do Governo na Casa, Isaltino Nascimento (PSB), afirmou que os números mostram que o Governo está no caminho certo.

“São três meses seguidos de quedas nas estatísticas de violência. É claro que não há qualquer comemoração desses dados, mas precisamos traduzir as estatísticas que vêm sendo apresentadas. Os números são divulgados de forma transparente, consolidados com seriedade e compromisso”, diz parte da nota do deputado.

Leia também:

Oposição critica aumento de homicídios em relação a 2016 

De acordo com Isaltino, foram feitos ajustes importantes, “como investigações com foco nos grupos de extermínio, redistribuição do efetivo e investimentos em novos equipamentos”.

"Em junho a projeção é de nova redução dos homicídios. Ainda estamos acima dos registros de 2016, mas temos a certeza de que, no segundo semestre, o Estado voltará a apresentar patamares mais favoráveis que os do ano anterior. O que parece é que a oposição está lutando contra os números apresentados”, explicou Isaltino Nascimento.

assuntos

comece o dia bem informado: