Foram encontrados 304 resultados para "Agosto 2017":

Ministros participam de entrega de habitacionais em Caruaru, no Agreste
Ministros participam de entrega de habitacionais em Caruaru, no AgresteFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Ausente no 14º Congresso Estadual do PSB de Pernambuco, realizado no último domingo (27), o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) mostrou alinhamento com os ministros pernambucanos de Michel Temer (PMDB), ao participar, nesta segunda (28), do anúncio de unidades habitacionais dos residenciais Luiz Bezerra Torres I e II, em Caruaru, no Agreste.

Leia também:
Em Caruaru, anúncio de habitacionais deve reunir forças independentes


Durante discurso, o socialista elogiou o trabalho dos quatro auxiliares presentes: os ministros Bruno Araújo (Cidades/PSDB), Mendonça Filho (Educação/DEM), Raul Jungmann (Defesa/PPS) e Fernando Filho (Minas e Energia/PSB). Ressaltou o trabalho dos quatro e afirmou que, apesar da crise, eles não têm se descuidado em trazer benefícios para o Estado de Pernambuco.

“O Brasil vem enfrentando crise política e ética que levou mais de 14 milhões de desempregados para a rua. Agora, está conseguindo se recuperar. O primeiro semestre aponta que conseguimos avançar”, discursou Fernando Bezerra Coelho, mostrando-se alinhado também, ao governo Temer.

O socialista também fez questão de sublinhar que, a partir das eleições de 2016, quando saíram vitoriosos Miguel Coelho (PSB), em Petrolina, e Raquel Lyra (PSDB), em Caruaru, foi construída uma frente política. O senador também destacou a força política na parceria entre Caruaru e Petrolina.

"Em 2016, Caruaru e Petrolina se uniram em uma campanha que parecia impossível, mas formaram uma grande frente política, que se fez vitoriosa. Tomara que Caruaru e Petrolina se unam de novo para anunciar que Pernambuco espera um novo tempo de trabalho e projetos", disse o senador.

O ato ainda conta com as presenças do prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB), o deputado federal Augusto Coutinho (SD) e do senador Armando Monteiro Neto (PTB), além do secretário de Habitação do Estado, Kaio Maniçoba (PMDB), que representa o Governo do Estado.

PSB
O senador Fernando Bezerra Coelho afirmou que daqui a 15 dias deve ter uma posição sobre a sua situação partidária. O parlamentar disse que está aguardando a questão da reforma para tomar uma decisão. No entanto, revelou que terá um encontro como governador Paulo Câmara (PSB) e com o presidente nacional da legenda, Carlos Siqueira.

Com informações de Anderson Bandeira, da Folha de Pernambuco.

Vigília pelo fim do genocídio da população negra
Vigília pelo fim do genocídio da população negraFoto: Divulgação

A Estação Central do Metrô, no bairro de São José, recebe, nesta segunda-feira (28), a Vigília pelo Fim do Genocídio da População Negra. Em sua quarta edição, o ato volta a realizar debates e intervenções artísticas sobre o tema junto com a população. As atividades serão concentradas ao lado do Terminal Integrado do Recife, que integra o sistema do metrô, a partir das 17h.

Leia também:
Edilson organiza vigília pelo fim do genocídio negro
Vigília de temática negra no Centro do Recife nesta segunda-feira
Vigília vai debater violência contra juventude negra


A previsão é que os próximos atos sejam descentralizados, e em outros municípios da Região Metropolitana. A atividade desta segunda é organizada pelo Núcleo Temático de Negros e Negras do mandato do deputado Edilson Silva (PSOL), com apoio do Núcleo do PSOL de Combate ao Racismo.

Além do debate sobre o Genocídio da População Negra, performances artísticas, recitações de poesias e a apresentação de rappers que fazem parte do projeto Batalha da Escadaria, também serão destaques da 4ª vigília, além da entrega de material informativo à população, contendo dados sobre a violência contra a população negra em Pernambuco e no País.

Antes da Estação Central, o circuito da vigília passou pelas praças Maciel Pinheiro, no bairro da Boa Vista; da Independência, no bairro de Santo Antônio; e no Derby, na área central do Recife.

Bruno Araújo, ministro das Cidades
Bruno Araújo, ministro das CidadesFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Anúncio de 2.404 unidades habitacionais dos residenciais Luiz Bezerra Torres I e II, em Caruaru, nesta segunda-feira (28), reunirá, logo mais às 10h30, forças independentes do Estado. Os ministros Bruno Araújo (Cidades/PSDB), Mendonça Filho (Educação/DEM) e Fernando Filho (Minas e Energia/PSB) são esperados no ato.

Também devem participar do ato, ao lado da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), os senadores Fernando Bezerra Coelho (PSB) e Armando Monteiro Neto (PTB), além do vice-presidente de habitação da Caixa Econômica, Nelson Souza, e da superintendente regional, Simone Nunes.

Com o custo de R$ 151.452.000,00 milhões, o empreendimento é composto de 2.404 casas sobrepostas, com 43,67 m² de área. Os novos moradores também contam com área de lazer composta de parque infantil, quadra de esporte, salão de festas, centro comunitário e ciclovia. Estima-se que 9.616 pessoas sejam beneficiadas com novas moradias na região.

Governador Paulo Câmara
Governador Paulo CâmaraFoto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco

A privatização da Eletrobras e as últimas medidas adotadas pelo Governo Michel Temer viraram alvos de críticas do PSB em sua convenção estadual. O debate aprofunda ainda mais a separação entre o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB), responsável pela proposta de desestatização da empresa pública, e o seu partido. As lideranças cobraram diálogo do Palácio do Planalto sobre a questão e reclamaram do debate açodado que está sendo tocado.

Nos últimos dias, socialistas externaram seu desconforto com o anúncio feito pelo correligionário, que contraria bandeiras históricas do PSB. A Juventude Socialista Brasileira (JSB) chegou a publicar no seu facebook um post contra o auxiliar ministerial, que incluia a hashtag “Fora Fernandinho”.

Leia também:
Namoro do PSB com Lula deixa PMDB de orelha em pé
Paulo Câmara: “Meu candidato é Sileno”

Após ter consultado especialistas no tema, o governador Paulo Câmara cobrou diálogo em torno da privatização e seus efeitos no Nordeste. “Estou muito preocupado com a situação do Brasil como um todo, com as soluções que estão sendo dadas e seus encaminhamentos. Temos clareza de que o momento é dificil e de que soluções precisam ser muito bem discutidas. O sistema elétrico brasileiro é estratégico para o futuro do País. Eu estou muito preocupado, conversando muito com as pessoas, pegando as informações. Não vejo essas alternativas que estão dando como solução”, avaliou.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), disse que o debate não pode ser feito de modo a prejudicar o Nordeste. “A privatização não pode ser feita se não for bem discutida e sem saber os resultados que vai gerar. Se for fazer para trazer prejuízo para o povo nordestino, é melhor não fazer”, avaliou.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou que o partido não deseja “colocar sua digital no governo Temer”. Após a cobrança, ele puxou, junto à militância, um coro de “Fora Temer”.

O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, afirmou que o sentimento majoritário do partido em Pernambuco é em defesa da reeleição de Carlos Siqueira. O PSB de Pernambuco tem o maior número de delegados no Congresso que escolherá o novo comando do PSB, mas Siqueira é visto com ressalva pelo grupo dos Coelho.

Pai e filho: Fernando Bezerra Coelho e Fernando Filho
Pai e filho: Fernando Bezerra Coelho e Fernando FilhoFoto: Folha de Pernambuco

O senador Fernando Bezerra Coelho e o ministro Fernando Filho justificaram suas ausências na Convenção Estadual do PSB neste domingo (27). Eles afirmaram que não há clima para participar do evento diante do processo de expulsão aberto pela Executiva nacional contra eles. No encontro, estava presente o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que vem adotando um posicionamento contrário ao Governo Temer e a postura dos dissidentes do partido, que inclui os Coelho.

"Com processos tramitando na executiva nacional solicitando a expulsão do partido de 16 parlamentares, inclusive 4 de Pernambuco, embora convidados, consideramos não haver clima para participar de eventos partidários até o desfecho desta questão", declara a nota enviada à imprensa, na tarde de hoje.

Vem pra Rua leva "jaula" com políticos à orla de Boa Viagem
Vem pra Rua leva "jaula" com políticos à orla de Boa ViagemFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Em ato a favor da renovação política, o Movimento Vem pra Rua de Pernambuco levou uma jaula, com vários políticos citados em casos de corrupção vestidos de presidiários, para a orla de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, neste domingo (27). A jaula é inédita nos atos do Vem pra Rua em Pernambuco. O ato é em defesa da renovação política, contra a impunidade e a criação de um fundo público para financiar campanhas políticas. A mobilização tem um caráter simbólico, segundo os organizadores.

Confira a galeria de fotos:
Na "jaula", políticos citados em casos de corrupção


Na "jaula", desfilam manifestantes com máscaras dos ex-presidentes petistas Lula e Dilma, e também do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, dos senadores Romero Jucá (PMDB), Humberto Costa, Lindbergh Farias e Gleisi Hoffmann (PT) e do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, também petista.

Leia também:

[Galeria] Veja imagens da visita de Lula a Brasília Teimosa
[Fotos] Confira imagens do ato de Lula no Pátio do Carmo
Lula acena para o PTB e toma café com Armando Monteiro

Organizadora e porta-voz do Vem pra no Recife, Maria Dulce Sampaio ressalta que o movimento é apartidário e quer uma mudança total em Brasília. "Vivemos um problema de representatividade hoje. Só conseguimos resolver isso com renovação política. Não é fácil, mas vamos pressionar por isso", afirmou Maria Dulce. "O povo está descrente, mas nós não podemos desistir. Precisamos mudar todo o congresso para ter uma renovação política", disse.




Lula
O grupo também levava uma faixa que diz "Lula, Pernambuco te recebeu com as algemas abertas", e também o pixuleco, boneco inflável gigante que representa o ex-presidente como um penitenciário. No entanto, a advogada Cristina Braga garantiu que o movimento deste domingo não tem relação com a visita que Lula fez ao Estado nessa semana. "É uma preparação para o 7 de setembro", alegou. O empresário Marcone Ferraz, presente no ato, engrossou o coro: "Todo e qualquer corrupto deve ser preso", disse, quando questionado se o movimento também apoia uma mudança na Presidência da República. "O povo está indignado com os políticos e quer uma renovação. Queremos novos candidatos", completou.

"Pulverizado"
Segundo Maria Dulce, a descrença popular acaba prejudicando a realização de movimentos. "A descrença da população é muito grande. No impeachment de Dilma era uma pauta binária. Ou você era contra ou à favor do PT. Hoje não. É mais pulverizada. A corrupção se espalhou, inclusive, no Judiciário com Gilmar Mendes. Mas acreditamos que é preciso continuar lutando e que foi importante se mobilizar. Poderíamos hoje estar como a Venezuela se o PT tivesse continuado no poder", avaliou.

"Estamos aqui para acordar o povo. Precisamos de una mudança política e social. Não aguentamos mais corrupção. O sistema político está todo contaminado. O Brasil está encurralado por bandidos", disse a advogada Cristina Braga, que foi ao ato com a bandeira do Brasil.

O grupo pretende criar uma agenda negativa com políticos que não merecem se reeleger. Será criado um mapa baseado no posicionamento em votações, uso de verbas públicas e envolvimento em casos de corrupção. O objetivo é incentivar a renovação dos quadros da política.

Congresso Estadual do PSB
Congresso Estadual do PSBFoto: Carol Britto/Folha de Pernambuco

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Pernambuco realizou o 14º Congresso Estadual, onde o presidente estadual da sigla, Sileno Guedes, foi reconduzido ao comando da agremiação para o próximo triênio (2017-2020). O ato virou palco para uma convocação da militância para reeleger o governador Paulo Câmara nas eleições do ano que vem.

Leia também:
Coelhos dizem não ter clima para participar de Convenção do PSB


No entanto, a ausência do grupo do senador Fernando Bezerra Coelho mostrou que a unidade partidária ainda mostra rachas. "Paulo, hoje o partido está reunido para dizer que quer você governador de novo. Esse povo vai para a rua defender sua reeleição", afirmou Sileno Guedes, em seu discurso. A militância presente respondeu com gritos de "paulo de novo governador do povo".

O mote do discurso foi o mesmo do prefeito do Recife Geraldo Julio. "A missão de todos nós é trabalhar todos os dias para eleger Paulo Câmara governador de Pernambuco", disse. O ato teve início às 8h, no Recife Praia Hotel, no Pina, e contou com a presença de diversas lideranças do PSB-PE.

No encontro, foram eleitos eleitos os membros do Diretório e Executiva regional para o próximo triênio (2017-2020), além dos delegados aptos ao congresso nacional do PSB, previsto para outubro.

Confira a composição da Executiva do PSB eleita:

1. PRESIDENTE: Sileno Sousa Guedes
2. 1º VICE-PRESIDENTE: Francisco Tadeu Barbosa de Alencar
3. 2º VICE-PRESIDENTE: Fernando Bezerra Coelho Filho
4. 3º VICE-PRESIDENTE: Felipe Augusto Lyra Carreras
5. SECRETÁRIO-GERAL: Adilson Gomes da Silva
6. 1° SECRETÁRIO: Gabriel Andrade Leitão de Melo
7. 2° SECRETÁRIO: Manoel Eduardo Vasconcelos Rodrigues
8. 1° SECRETÁRIO DE FINANÇAS: Mário Cavalcanti de Albuquerque
9. 2° SECRETÁRIO DE FINANÇAS: Tercília Vilanova
10. SECRETARIA DE ARTICULAÇÃO METROPOLITANA SUL: Lula Cabral
11. SECRETARIA DE ARTICULAÇÃO METROPOLITANA NORTE: Gilberto Feitosa
Júnior
12. SECRETARIA DE MOBILIZAÇÃO POLÍTICA: Waldemar Borges
13. SECRETARIA DE FORMAÇÃO POLÍTICA: Auxiliadora Maria Pires Siqueira da
Cunha
14. SECRETARIA DE POLÍTICAS REGIONAIS: José Aluísio Lessa
15. SECRETARIA DE ORGANIZAÇÃO: João Henrique de Andrade Lima Campos
16. SECRETARIA DE CULTURA: Pedro José Mendes Filho
17. SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÁRIA: José Aldo dos Santos
18. SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE: Heraldo de Albuquerque Selva Neto
19. SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E PROPAGANDA: Adilson Gomes da
Silva Filho
20. SECRETARIA DE ARTICULAÇÃO SOCIAL: Isaltino Nascimento
21. SECRETARIA DE AÇÃO PARLAMENTAR: Diogo Casé Moraes

Lula na saída da casa de Zé da Praia
Lula na saída da casa de Zé da PraiaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

A primeira parada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife, neste sábado (26), foi na casa do pescador conhecido como Zé da Praia. O petista, acompanhado de sua comitiva, desceu do ônibus e a pé até a residência. O endereço é o mesmo onde ele esteve com os ministros antes da retirada das palafitas.

Zé da Praia cedeu a casa para o pescador Edvaldo entregar a carta dos pescadores a Lula na sua primeira visita antes da intervenção.

Lula foi recebido na esquina da rua ‘H’ por grupos de maracatus e moradores da localidade. Após a visita à casa de Zé da Praia, Lula embarcou em uma van que o levou até a Associação dos Pescadores, onde visitou o pier e a fábrica de gelo - os dois são pedidos atendidos da comunidade.

O pescador afirmou que Lula tirou as pessoas da palafita e melhorou a orla de Brasília Teimosa. Questionado se votaria no petista se ele se candidatasse em 2018, Zé da Praia afirmou que sim. "Voto, tanto eu quanto minha família. Vota tudinho. Mãe, filho, tudinho".

Ex-presidente Lula se despede de Pernambuco, após três dias de agendas
Ex-presidente Lula se despede de Pernambuco, após três dias de agendasFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Na saída de Brasília Teimosa, o ex-presidente Luiz lnácio Lula da Silva fez um breve pronunciamento, agradecendo a acolhida que teve no Estado, após uma visita de três, dentro da caravana que faz pelos Estados nordestinos. Antes de se recolher na van, o petista foi indagado sobre o juiz Sérgio Moro, respondeu afirmou que não falava nesse assunto.

Condenado a mais de nove anos de prisão no mês passado pelo juiz federal da 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba no caso do tríplex em Guarujá, Lula afirmou que Moro não está na sua pauta durante o tour pelo Nordeste.

“Eu não discuto Moro na caravana. Moro é problema dos meus advogados. Eu discuto aqui o Brasil, educação, saúde, emprego salário, aposentadoria..”, afirmou o ex-presidente, ao se despedir, na porta da van.

Durante a sua passagem por Brasília Teimosa, primeira comunidade que visitou após tomar posse no Executivo Federal, em 2003, o ex-presidente foi recebido com festa pelos moradores e teve encontro na Colônia de Pescadores.

Leia também:
Brasília Teimosa recebe ex-presidente Lula
Lula vai a Paulo, que foi a Alckmin, que já não tem o DEM
[Galeria] Veja imagens da visita de Lula a Brasília Teimosa
Lula: "Quem aprendeu a andar de avião não quer mais andar de pau de arara"
[Fotos] Confira imagens do ato de Lula no Pátio do Carmo
Lindbergh Farias vê ligação mais forte entre Lula e a população 

No ato, Lula recebeu uma carta com propostas para melhorar a atividade pesqueira.

Depois de duas horas de visita a Brasília Teimosa, o presidente se despediu agradecendo “do fundo do coração” aos moradores “pelo respeito e pela nossa relação de amizade”.

“Acho que é a terceira vez que venho a Brasília Teimosa. Eu, sinceramente, fico muito orgulhoso, de ver a capacidade de organização de vocês, de ver que houve uma evolução na vida de vocês, mas é importante que vocês saibam que ainda é pouco o que vocês conquistaram, porque o povo pobre merece mais”, finalizou o ex-presidente.

De van, Lula foi para o ônibus da caravana, e seguiu para a Paraíba, próxima etapa do roteiro pelo Nordeste. A comitiva fez uma parada na divisa, para visitar um assentamento do MST, em Goiana. O similar ao que marcou a chagada de Lula em Pernambuco, em Xéxeu, na Mata Sul.  

Veja o vídeo da despedida de Lula

 
Com informações de Branca Alves, do Blog da Folha

Senador Lindbergh Farias (PT-RJ)
Senador Lindbergh Farias (PT-RJ)Foto: Reprodução de vídeo

Acompanhando as agendas da caravana promovida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Nordeste, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) afirmou, no seu entendimento, a ligação do líder petista com a população está mais forte.

“O que eu tô vendo é a decepção das pessoas com o Governo Temer, com o aumento do desemprego. A gente sempre soube da ligação de Lula com o povo, mas parece que agora está mais forte ainda, porque as pessoas veem nele a esperança. Uma esperança com confiança”, destacou, sob chuva, durante a visita a Brasília Teimosa.

Veja o vídeo:


Com informações de Branca Alves, do Blog da Folha

assuntos

comece o dia bem informado: