Foram encontrados 15 resultados para "Luto":

Ex-prefeito de Igarassu, Gesimário Pessoa Baracho (PT), faleceu na manhã desta quinta (25)
Ex-prefeito de Igarassu, Gesimário Pessoa Baracho (PT), faleceu na manhã desta quinta (25)Foto: Divulgação

O prefeito de Igarassu, Mario Ricardo, decretou luto oficial de três dias no município, devido à morte do ex-prefeito da cidade Gesimário Pessoa Baracho (PT), que faleceu na manhã desta quinta (25). Gesimário foi prefeito de Igarassu entre 2009 e 2012.

Nota de pesar do prefeito Mario Ricardo:

"Com tristeza recebo a notícia do falecimento ex-prefeito de Igarassu, Gesimário Baracho, que conduziu a cidade por um período . Lamento e Transmito os meus sinceros sentimentos aos familiares e amigos".

Cemitério Morada da Paz
Cemitério Morada da PazFoto: Divulgação

O corpo de Mauro Campos, último irmão vivo do escritor Maximiano Campos, pai do ex-governador Eduardo Campos e do presidente da Fundaj, Antônio Campos, está sendo velado na manhã desta quinta-feira (18), no cemitério Morada da Paz, em Paulista. Mauro Campos, 86 anos, era agrônomo e casado com Solange Bivar. 

O presidente da Fundaj, Antônio Campos, sobrinho de Mauro Campos, enviou à Folha de Pernambuco uma nota de pesar. "A família de Maximiano Campos comunica com grande pesar o falecimento do irmao Mauro Campos , que está sendo velado no morada da paz essa manhã . Mauro Campos , 86 anos , era o último irmão vivo de Renato , Maximiano e Flávio Campos . Agrônomo, muito querido pela família e por meu irmão eduardo, deixa muitas saudades . Era casado com Solange Bivar e deixa filhos a quem externamos nossos profundos sentimentos. Recife , 18 de julho de 2019". 

Elmo Freitas também era professor da rede municipal de ensino do Cabo de Santo Agostinho e deixa esposa e dois filhos.
Elmo Freitas também era professor da rede municipal de ensino do Cabo de Santo Agostinho e deixa esposa e dois filhos.Foto: Divulgação / Prefeitura de Moreno

Faleceu na tarde desta terça-feira (09), o secretário de Ordem Pública e Segurança Cidadã de Moreno, Elmo Freitas. Ele estava internado na UTI do Memorial Jaboatão desde o dia 27 de maio. Elmo era professor da rede municipal de ensino do Cabo de Santo Agostinho e deixa esposa e dois filhos.

A primeira parte do velório será em sua comunidade, Maria das Mercês, durante toda noite. Amanhã, quarta-feira (10/07), após às 10h, o corpo seguirá para o velório do Plano SAFPE, próximo ao Hospital Infantil do Cabo de Santo Agostinho. A missa de corpo presente será realizada às 16h e, após a missa, segue-se o sepultamento, que acontecerá no Cemitério do Cabo de Santo Agostinho.

A trajetória política de Elmo Freitas foi marca pelo desejo constante de ajudar o próximo. Foi líder comunitário na comunidade de Mercês, no Cabo de Santo Agostinho, local onde viveu maior parte de sua vida. Ainda no Cabo, foi secretário de Infraestrutura, esportes e regional e ocupava a primeira suplência de vereador.

Em Jaboatão dos Guararapes, foi secretário de Obras e segurança. Também ocupou o cargo de administrador de Fernando de Noronha por 9 meses na gestão de Miguel Arraes. No campo político era uma das pessoas de confiança do ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes e do Cabo de Santo Agostinho, Elias Gomes.

Segundo Elias Gomes, Elmo tinha um característica peculiar de gostar de ajudar a todos em sua volta. “Elmo era um servidor apaixonado pelo que fazia e era um soldado disciplinado, resiliente, que nunca desistiu da luta. Partiu e deixou o exemplo de quem combateu sem trégua e cumpriu entre nós a sua missão”, comentou.

Para Vavá Rufino, prefeito de Moreno, Elmo deixa um legado marcado pela honra e honestidade. “Amigo e líder íntegro, fiel e de uma decência sem limites. Sua firmeza, às vezes, se confundia com arrogância, mas era terno e profundamente comprometido com os princípios de justiça e com as causas do povo”, salientou.

Já para Betinho Gomes, ex-deputado federal, Elmo Freitas, era como um pai para os amigos mais próximos. “Para os amigos mais próximo era como um pai, protegia a todos. Nunca deixou ninguém na mão. Solidariedade era uma de suas marcas” disse.

João Carneiro Campos
João Carneiro CamposFoto: Divulgação

Faleceu na manhã deste sábado (22), em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), João Carneiro Campos. Ele era tio de Ana Luiza Câmara, esposa do governador Paulo Câmara. Segundo informações o conselheiro morreu de infarto fulminante. Com 49, João Carneiro completaria 50 anos neste domingo (23). 

De acordo com a assessoria do conselheiro, João estava reunido com a família em Gravatá, onde tem uma casa, para passar o feriado de São João. O servidor público não apresentava problemas de saúde que dessem sinais de um possível ataque cardíaco. 

O corpo foi levado ao Cemitério Morada da Paz, em Paulista, onde foi velado na noite deste sábado. O enterro do conselheiro João Campos ocorreu por volta das 21h. João Henrique Carneiro Campos deixa a esposa Rosana Campos e três filhos. 

Atuação
Formado em Direito, pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), João Henrique Carneiro Campos ingressou no TCE no dia 28 de março de 2011, quando foi nomeado para o cargo de conselheiro. Em 2014/15, foi ouvidor. Em 2016/17 ele ocupou o cargo de diretor da escola de contas. Nos anos de 2018/19 João Campos foi corregedor geral. 

Ex-deputado federal Fernando Coelho
Ex-deputado federal Fernando CoelhoFoto: Divulgação

Geraldo Julio, Prefeito do Recife

"A voz firme de Fernando Coelho em defesa dos Direitos Humanos fará falta ao Brasil. Sua dedicação e carinho com os menos favorecidos, por onde passou em sua vida pública, são o legado de sua trajetória. Destaco sua atuação na defesa da Democracia e dos Direitos Humanos, como deputado federal, durante a ditadura militar, o mais duro período da vida política do país. Esse trabalho pôde ser concluído quando presidiu a Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Hélder Câmara, cujo brilhantismo da sua atuação ajudou a restabelecer a verdade histórica dos crimes cometidos pelo Estado Brasileiro durante o regime de exceção. Fernando Coelho é um exemplo inspirador a todos que fazem a boa política. Que seus familiares encontrem conforto neste momento de profunda dor."

Leia também:
Morre ex-deputado Fernando Coelho e governador decreta luto


Diretoria da OAB-PE

É com profundo pesar que a OAB Pernambuco comunica o falecimento do ex-presidente da seccional pernambucana Fernando de Vasconcelos Coelho, ocorrido na manhã desta terça-feira (23), na Paraíba. Advogado íntegro e comprometido, ele presidiu a instituição de 1985 a 1987.

Fernando Coelho foi exímio líder jurídico e participou ativamente de todos os movimentos em favor da redemocratização do Brasil, tendo exercido mandato de deputado. Como representante da sociedade pernambucana, esteve plenamente engajado na luta dos movimentos estudantis e direitos humanos.

Durante o período em que esteve à frente da seccional, assumiu um papel de “inserir o advogado na vida da Ordem e a Ordem na vida da sociedade”, como costumava dizer. Ao término de seu mandato, deixou como legado cerca de 300 advogados exercendo funções dentro da OAB nos mais diversos segmentos, como nas comissões de Direitos Humanos, de Defesa do Trabalhador Rural, da Mulher e do Menor.

Fernando Coelho também presidiu a Comissão Estadual da Memória e da Verdade Dom Hélder Câmara, que apurou violações aos direitos humanos cometidas na Ditadura Militar.

Em respeito e solidariedade à família, amigos e profissionais da categoria, a OAB-PE declara luto oficial de três dias.

Eduardo Marques, presidente da Câmara Municipal do Recife

Fernando Coelho é um símbolo pernambucano da defesa pela democracia. Um homem íntegro, que sempre lutou no campo das ideias, mas jamais atacou pessoalmente os adversários e por isso deixa inúmeros amigos e um legado que não se apagará. Em nome da Câmara de Vereadores do Recife, deixo minhas condolências aos familiares e amigos. Que Deus possa diminuir a dor que sentem agora com tamanha perda.

Danilo Cabral, deputado federal.

"Lamentamos a morte do ex-deputado Fernando Coelho, um dos homens públicos mais importantes do nosso estado, que sempre lutou em defesa da democracia. Mais recentemente, coordenou os trabalhos da Comissão da Verdade de Pernambuco, com muita responsabilidade, coerência e correção, deixando um legado para nossa história. Seu exemplo continuará a nos inspirar na luta pelas causas populares e progressistas, principalmente em um momento tão desafiante que vivemos."

Eriberto Medeiros, presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco

Pernambuco perde hoje uma de suas referências históricas, Fernando de Vasconcellos Coelho. Nascido em Campina Grande, na Paraíba, Fernando teve marcante atuação como deputado federal por Pernambuco, como presidente da seção regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) e nos diversos papéis que desempenhou no Governo do Estado. Sua contribuição para a luta em defesa da democracia deixou frutos até os últimos anos da sua vida, no significativo trabalho desempenhado à frente da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara. Em nome de todos que fazem a Assembleia Legislativa de Pernambuco, nós prestamos um voto de pesar aos familiares, enfatizando o valor da sua trajetória para a classe política pernambucana.

Prefeito de Olinda, Professor Lupércio
  
Neste momento de perda, é com grande pesar que eu lamento o falecimento do ex-deputado federal Fernando Coelho. A nossa cidade é Patrimônio Mundial da Humanidade, reconhecida pela Unesco, a partir do projeto de lei apresentado por ele que iniciou o processo. Um legado que fica e que continuará fazendo a história olindense reconhecida em todo mundo. Advogado, Fernando Coelho sempre esteve à frente de bandeiras de lutas, pela liberdade, democracia e justiça no Brasil. Aos familiares e amigos, meu abraço neste momento de dor, que também é de orgulho pela trajetória vitoriosa de Fernando.

Ex-deputado federal Fernando Coelho
Ex-deputado federal Fernando CoelhoFoto: Divulgação

O ex-deputado federal Fernando de Vasconcelos Coelho,  faleceu nesta na manhã terça-feira (23), em João Pessoa (PB), aos 86 anos . Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há 11 dias, por conta de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Em razão de seu falecimento, o governador Paulo Câmara (PSB) decretou luto oficial de três dias em Pernambuco.

Trajetória - Ex-deputado federal e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco entre 1985 e 1987, Fernando de Vasconcellos Coelho foi também coordenador da Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara. O ex-deputado integrou a chamada “ala autêntica do MDB” que lutava pelo reestabelecimento da democracia no país. Foi nomeado pelo então governador Eduardo Campos como coordenador executivo da Comissão.  Era irmão de Germano Coelho, que foi prefeito de Olinda por duas vezes.

Foi deputado federal pelo MDB entre 1974 e 1982, tendo sido mais votado da região Metropolitana do Recife em duas eleições. Candidato-se como vice-governador na chapa de Marcos Freire em 1982, mas não venceu a eleição daquele ano. Fernando a foi vice-presidente nacional do antigo PMDB na gestão de Ulysses Guimarães. Fernando foi professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Assinou diversos livros sobre resistência democrática no regime militar e sobre o papel da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no processo de redemocratização.

Leia a nota de pesar do governador Paulo Câmara:

“Homem conhecido pelas suas atitudes firmes e posições fortes e combativas, o ex-deputado federal por Pernambuco, Fernando Coelho, sempre lutou pela Justiça e pela democracia no nosso estado e no Brasil. Foi um incansável lutador que exerceu um importante papel, como político e advogado, no combate à ditadura. Contribuiu com a gestão pública como procurador do Recife, como presidente do IPSEP, no primeiro Governo Miguel Arraes, em 1963, como diretor do BNB e como Chefe da Assessoria Especial da terceira passagem de Miguel Arraes pelo Governo de Pernambuco. E com brilhantismo e responsabilidade, coordenou os trabalhos da Comissão Estadual da Verdade, deixando um legado que nos ajuda a seguir firmes em um momento como o atual. O seu exemplo continuará nos inspirando na luta pela liberdade, que precisa ser intensificada para impedirmos o avanço de forças obscuras e comprometidas com o cerceamento dos direitos humanos e de conquistas adquiridas pela nossa população. Assim como Arraes, Pelopidas a coerência foi uma marca em sua longa vida pública. Quero prestar a minha homenagem à família desse pernambucano que deixou o seu exemplo para as gerações seguintes”.

Paulo Câmara
Governador de Pernambuco"

Diego Souza, ex-jogador do Sport, ao lado de Ettore Labanca.
Diego Souza, ex-jogador do Sport, ao lado de Ettore Labanca.Foto: Reprodução/Instagram

A comoção pelo falecimento do ex-prefeito de São Lourenço da Mata, Ettore Labanca (PSB) não se restringiu ao ambiente da política, onde ele era muito querido. Até Diego Souza, ex-jogador do Sport, postou uma homenagem ao político em seu perfil do Instagram. 

"Postei essa foto vc sorrindo pq foi assim que te conheci e assim q tivemos a nossa maior parte juntos sorrindo!! Q o nosso Deus te receba de braços abertos pela pessoa maravilhosa q vc ‘é!! E q o senhor conforte o coração de seus familiares!! Estou triste demais queria ter tomado o último vinho junto de vc e poder discutir com vc sobre Sport x náutico !! Fico feliz em ter conhecido uma pessoa como vc apaixonado por futebol msm sendo náutico me recebendo em Recife e me tratando sempre bem !! Sentiremos sua falta sim !! O ED está de luto !! Saudades será nossa lembrança !!! Vai com Deus e sempre estaremos lembrando de vc !!", escreveu o jogador, ilustrando com uma foto dos dois.

Confira:

Diego Souza, ex-jogador do Sport, ao lado de Ettore Labanca.

Ex-prefeito de São Lourenço da Mata. Ettore Labanca, faleceu nesta sexta (29)
Ex-prefeito de São Lourenço da Mata. Ettore Labanca, faleceu nesta sexta (29)Foto: Divulgação

Após um período internado no real Hospital Português, o ex-deputadoestadual e ex-prefeito de São Lourenço Ettore Labanca (PSB) e presidente da Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) faleceu, aos 75 anos, na tarde desta sexta-feira (29), por conta de complicações de uma cirurgia no fêmur. O sepultamento será realizado O velório ocorrerá no Velório Municipal e o sepultamento no Cemitério Municipal, às 11 deste sábado (30), ambos em São Lourenço da Mata. Labanca deixa esposa, três filhos e dois netos.

O atual prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, lamentou o falecimento do ex-gestor municipal. O chefe do Executivo municipal se colocou à disposição da família para ajudar no que for necessário, e decretou luto oficial de três dias na cidade.

Biografia - Ettore Labanca nasceu em 4 de junho de 1944, foi formado em direito pela Universidade Católica de Pernambuco, Pós graduado pelo Institute International D’ Administration Public de Paris, era advogado e foi Procurador do Estado de Pernambuco.

Começou sua carreira pública como chefe de Gabinete da Secretaria de Justiça de Pernambuco, foi Superintendente Regional do Senar, Superintendente Regional da Cibrazem, Chefe de Gabinete do Ministério da Integração, Secretário de Relações Institucionais do Governo Eduardo Campos, Deputado Estadual (vice presidente da Alepe) e Prefeito por 4 mandatos de sua cidade natal, São Lourenço da Mata. E, atualmente presidia a ARPE.

Ex-prefeito foi velado na segunda (21) na Alepe e chegou em sua terra natal nesta terça (21)
Ex-prefeito foi velado na segunda (21) na Alepe e chegou em sua terra natal nesta terça (21)Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Familiares e políticos se despedem do ex-deputado estadual pernambucano Antônio Mariano nesta terça-feira (21). O corpo do ex-prefeito e ex-vereador de Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco, começou a ser velado à meia-noite no prédio da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no bairro da Boa Vista, na área central do Recife. Às 10h, o corpo segue para a cidade de Afogados, onde será velado no Cine São José.

Presente na Alepe, o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), lamentou a morte de Antônio Mariano. "Ele teve uma vida dedicada ao povo da sua cidade, da sua região do Pajeú e de todo o Estado de Pernambuco. Fica o legado de um homem honrado, que fez política com 'P' maiúsculo", falou.

Leia também:
Morre o ex-deputado pernambucano Antônio Mariano aos 70 anos
Morre aos 61 anos o jornalista Otavio Frias Filho


Por meio de nota, o governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), prestou homenagens ao ex-deputado. "Construiu uma longa e produtiva folha de serviços prestados a Pernambuco e de forma especial a Afogados da Ingazeira e ao Sertão do Pajeú. Minhas condolências e minha solidariedade a dona Aldenice e à nossa amiga Aline, que vem dando continuidade ao trabalho de Antônio Mariano".

O sepultamento do corpo de Antônio Mariano ocorrerá às 14h da quarta-feira (22), no Cemitério Parque da Saúde, no bairro de Padre Pedro Pereira.

Antônio Mariano estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Joana, na área central do Recife, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) na última quinta-feira (16).

Acidente envolvendo carro em que estava o filho do deputado Mendonça Filho
Acidente envolvendo carro em que estava o filho do deputado Mendonça FilhoFoto: Divulgação/Bezerros 24h

O deputado federal Mendonça Filho, seu filho Vinícius Mendonça e o partido Democratas emitiram nota de pesar pela morte do motorista Edson de Oliveira Santos e do advogado Rodrigo Albuquerque, que se envolveram em um acidente de carro por volta das 22h50 da segunda-feira (16), na BR-232, em Bezerros, no Agreste de Pernambuco. Vinícius, que é pré-candidato a deputado federal, também estava no carro, assim como seu amigo, o estudante e assessor Rodrigo Mota.

"Às famílias e aos amigos, nossa integral solidariedade neste momento de profunda dor pela perda irreparável de entes queridos", diz o texto, lamentando as mortes do motorista e do advogado. Ainda não há informações sobre horários e locais dos velórios e enterros das vítimas fatais.

Leia também:
Filho do ex-ministro Mendonça fica ferido em capotamento na BR-232; duas pessoas morrem


Os feridos no acidente, Vinícius e Rodrigo, foram atendidos no local pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O pré-candidato teve rompimento nos ligamentos do ombro direito e o estudante sofreu escoriações pelo corpo. Ambos foram transferidos para o Hospital Santa Joana, no bairro do Derby, na área central do Recife, onde se encontram internados.

Entenda o caso
O acidente aconteceu por volta das 22h50 da segunda-feira (16), quando o motorista perdeu o controle do veículo - uma Toyota Hilux - e capotou em uma curva da Encruzilhada de São João, no sentido Recife-Bezerros da BR-232, em Bezerros, no Agreste de Pernambuco. O grupo estava a caminho de Belo Jardim, no Agreste, reduto político da família Mendonça.

comece o dia bem informado: