Foram encontrados 314 resultados para "Pernambuco":

Diretor-presidente da empresa espanhola, Santiago Yus, foi recebido pelo governador no Palácio do Campo das Princesas
Diretor-presidente da empresa espanhola, Santiago Yus, foi recebido pelo governador no Palácio do Campo das PrincesasFoto: Diego Nigro/SEI

O governador Paulo Câmara recebeu, nesta terça-feira (21), no Palácio do Campo das Princesas, o diretor-presidente da Aena Brasil, Santiago Yus. Na reunião, que também contou com a presença do prefeito do Recife, Geraldo Julio, o executivo atualizou os gestores sobre o andamento da concessão do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, e anunciou que as operações da Aena serão iniciadas em março, logo após o Carnaval. De acordo com Paulo Câmara, a expectativa para o início dos serviços prestados pela empresa espanhola, que administrará o Aeroporto do Recife, é positiva.

“Pernambuco tem, nos últimos anos, avançado na questão da aviação. Hoje, o Aeroporto do Recife é o mais movimentado do Nordeste, e nós queremos que continue assim: com conforto, pontualidade e qualidade dos serviços. Para isso, contamos com a parceria da Aena Brasil, que se comprometeu a iniciar as ações no mês de março. Além disso, a empresa também se comprometeu a, até abril, apresentar o plano de investimentos e as etapas para que o nosso aeroporto continue sendo referência no Nordeste, porta de entrada para quem vem da Europa e, acima de tudo, um hub de opções para o turismo e a economia de Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara.

Santiago Yus explicou que o plano de investimentos, previsto para acontecer ao longo dos 36 meses após o início das operações da Aena Brasil, está sendo analisado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). “O plano remete às ações em infraestrutura do aeroporto, como, por exemplo, check-in, segurança, embarque. Tudo tem que ser melhorado”, frisou Santiago, complementando que algumas ações imediatas, entretanto, serão realizadas até junho deste ano. “Entre essas ações estão a reforma de sanitários, melhorias na iluminação e na acessibilidade”, completou.

Na semana passada, a Aena Brasil iniciou as operações nos aeroportos de Juazeiro do Norte (CE) e de Campina Grande (PB). O cronograma segue com os de Maceió (AL), Aracaju (SE) e João Pessoa (PB), que também compõem o bloco de aeroportos do Nordeste arrematado pela Aena Brasil no leilão do ano passado.

Governador recebeu presidentes de entidades para reunião e apresentou planos do Estado para 2020
Governador recebeu presidentes de entidades para reunião e apresentou planos do Estado para 2020Foto: Heudes Reges / SEI

O governador Paulo Câmara reforçou o otimismo em relação ao ano que se inicia, durante reunião com representantes das entidades do comércio varejista do Estado, nesta segunda-feira (20), no Palácio do Campo das Princesas. Ele discorreu para os presentes sobre as expectativas positivas e as iniciativas de sua gestão para 2020, como o reforço na segurança, os investimentos em abastecimento de água e saneamento, além do foco na recuperação das estradas e da geração de empregos, tanto na capital como nas demais regiões. O governador ouviu ainda as demandas daquele segmento econômico.

“Temos muito que fazer. Vamos ver as questões emergenciais, pensar em uma agenda para ir conversando ao longo deste primeiro trimestre e ver também as questões que estão afligindo o setor. Continuando assim esse processo de discussão junto com as secretarias aqui presentes e envolvendo outras. A gente pode ajudar 2020 a ser um ano positivo”, comentou Paulo Câmara.

O encontro foi articulado pela Secretaria de Trabalho, Emprego e Qualificação, comandada pelo secretário Albéres Lopes, que avaliou positivamente a reunião, já que as demandas do setor coincidem com os investimentos governamentais. “Nós já estamos fazendo um trabalho pela secretaria, junto com a secretaria de Desenvolvimento Econômico, atuando em relação aos aeroportos (no interior do Estado), por exemplo, que foi um dos pontos citados. O governador está de acordo com as reformas propostas pelos empresários e presidentes de entidades empresariais do Estado”, concluiu.

Participaram do encontro o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, além de representantes de diversas entidades, como o Sistema Fecomércio (Sesc/Senac), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial de Caruaru, Multi empresa Parque das Feiras de Toritama, Sindlojas de Caruaru e do Recife e Federação das CDLs de Pernambuco (FCDL).

Com a parceira entre a Prefeitura e Codevasf, serão pavimentados também corredores na região dos perímetros irrigados
Com a parceira entre a Prefeitura e Codevasf, serão pavimentados também corredores na região dos perímetros irrigadosFoto: Jonas Santos

O prefeito Miguel Coelho e o superintendente da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, assinaram, na noite desta quinta (16), uma ordem de serviço no valor de R$ 10 milhões que vai propiciar o asfaltamento de 37 ruas e avenidas dos bairros de Petrolina. O serviços começam neste mês e devem ser entregues até maio.

A solenidade ocorreu no bairro Santa Luzia, onde serão pavimentadas cinco vias. As obras beneficiarão ainda as comunidades da Vila Marcela, Jardim Guararapes, Antônio Cassimiro, Jardim Petrópolis, Quati II, Alto do Cocar, Vila Eulália, Vila Mocó, Jardim Imperial, Dom Avelar, Jardim São Paulo, Vila Débora, Loteamento Giovana, Vila dos Ingás e Cidade Universitária.

Com a parceira entre a Prefeitura e Codevasf, serão pavimentados também corredores na região dos perímetros irrigados. Segundo o prefeito Miguel Coelho, o trabalho é mais um fruto da articulação política em Brasília e permitirá a Petrolina atingir uma marca superior a 400 vias pavimentadas em quatro anos, somando o que já foi feito por meio de recursos próprios e outros convênios. "No último dia do ano, essa parceria com a Codevasf foi celebrada e o dinheiro liberado. Esses recursos poderiam ter sido direcionados a outras cidades ou nem serem utilizados no orçamento deste ano. Isso só ocorreu por conta da força política do senador Fernando Bezerra, do deputado Fernando Filho e nossa equipe que fizeram um mutirão de esforços para mais uma vez transformar projetos em obras para Petrolina", revelou o prefeito no evento.


Confira a lista de ruas beneficiadas:

Alto do Cocar:
Ruas 24, do Pinho, Gercina Maia, José Inácio Ferreira e Lavanda

Antônio Cassimiro:
Ruas Mar Negro e Mar Vermelho

Cidade Universitária:
Rua Chateaubriand Pessoa Meira

Dom Avelar:
Rua da Oração

Jardim Guararapes:
Ruas 16 e 17

Jardim Imperial:
Rua do Samba

Jardim Petrópolis:
Rua Oscar Brasileiro de Souza

Jardim São Paulo:
Ruas 6, 7 e 8

Loteamento Giovana:
Rua José Jarede Carvalho

Quati II:
Avenida 5 e ruas Maria Luiza Cabral, 25, 26, 27 e 32

Santa Luzia:
Ruas do Barranqueiro, do Ecologista, do Flúor, do Fosfato e do Opala

Vila Débora:
Ruas Padre Manoel da Nóbrega e Tomás Antônio Gonzaga

Vila dos Ingás:
Rua 4

Vila Eulália:
Rua Santo André

Vila Marcela:
Ruas Edvan Mendes de Sá, Homero Freire de Oliveira, José Lopes Diniz e Saturno

Vila Mocó:
Primeira Avenida

Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa participou do evento
Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa participou do eventoFoto: Divulgação

A Prefeitura de Ribeirão realizou, na noite desta quinta-feira (16), o sorteio de 200 moradias populares para famílias inscritas no programa Minha Casa, Minha Vida. A ação na cidade foi o único projeto aprovado pelo programa na Mata Sul de Pernambuco.

Até a etapa do sorteio, a Prefeitura cadastrou as famílias e encaminhou as documentações para a Caixa Econômica Federal. A Caixa, por sua vez, efetuou a triagem para definir quais famílias se encaixam nos parâmetros do programa.

As residências vão ficar no bairro da Vila Rica. O investimento total é de R$ 12 milhões. Os habitacionais vão contar com áreas de lazer e praças, além de placas de energia solar para o aquecimento dos chuveiros.

"Estou feliz em realizar esse sonho para o povo de Ribeirão. Este projeto contou com uma grande mobilização para sair do papel. Estamos garantindo moradia digna para o povo. E muito mais está por vir. Vamos reabrir o hospital da cidade, reformar o ginásio, construir as sedes do Corpo de Bombeiros e do Samu", pontuou o Prefeito Marcello Maranhão.

Presente ao evento, o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, e deputado estadual licenciado, Aluísio Lessa, destacou a importância de se investir em moradias populares e o trabalho do Prefeito. "Garantir moradia é um dos mais valiosos gestos de cidadania. Sei o quanto este projeto é importante e o trabalho de Marcello para esta realização", afirmou.

Lessa também destacou o apoio do Governo de Pernambuco para o município."O Governador Paulo Câmara apoia a iniciativa e o Governo de Pernambuco tem sido parceiro da Prefeitura de Ribeirão, com a reabertura do hospital da cidade e a construção da sede do Corpo de Bombeiros e do Samu. Enquanto isso a oposição coloca gosto ruim em todas essas realizações. Pode chorar, pois não há nada mais importante do que a alegria do povo", concluiu.

Lessa destacou o apoio do Governo de Pernambuco para o município

Lessa destacou o apoio do Governo de Pernambuco para o município - Crédito: Divulgação

A entrega ocorreu na quadra da Escola Gilda Bertino Gomes
A entrega ocorreu na quadra da Escola Gilda Bertino GomesFoto: Divulgação

O Tribunal de Justiça de Pernambuco e a Prefeitura de Cumaru realizaram, nesta quarta-feira (15), a entrega de 99 títulos de propriedade a moradores do município, por meio do programa Moradia Legal, uma iniciativa da Corregedoria-Geral do Judiciário estadual. Filho da cidade, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), esteve presente na ação, externando seu apoio.

O programa tem o intuito de oferecer à população de baixa renda as escrituras de seus imóveis, caso a pessoa não disponha da sua documentação legal. Nesse sentido, os beneficiados terão garantido acesso a serviços públicos, como saneamento básico, limpeza urbana e atendimento de saúde, além de favorecer o desenvolvimento de uma economia local, já que a instalação de pequenos comércios também fica atrelada à regularização dos imóveis.

A entrega ocorreu na quadra da Escola Gilda Bertino Gomes, com a presença do desembargador Fernando Cerqueira, atual corregedor-geral e presidente eleito do TJPE; a prefeita Mariana Medeiros (PTC), além de vereadores, secretários e demais autoridades locais. O programa foi criado em maio de 2018 e já entregou mais de 300 títulos de propriedade em Pernambuco. Cumaru receberá outras etapas do Moradia Legal, com estimativa de mais de 70 escrituras.

Desta vez, outros 10 bairros serão contemplados com maior mobilidade nas comunidades da Capital do Sertão
Desta vez, outros 10 bairros serão contemplados com maior mobilidade nas comunidades da Capital do SertãoFoto: Divulgação

A Prefeitura de Petrolina está dando mais um passo na melhoria da mobilidade urbana: além do contrato iniciado a cerca de um mês para pavimentar 56 ruas, a prefeitura está prestes a assinar a Ordem de Serviço de outras 12 ruas e avenidas. Serão mais de R$ 15,3 milhões investidos em parceria com o Governo Federal, através do programa “Avançar Cidades”.

Desta vez, outros 10 bairros serão contemplados com maior mobilidade nas comunidades da Capital do Sertão.

“As obras de pavimentação estão trazendo um alívio para milhares de petrolinenses. Essa nova obra, que está em licitação, irá trazer ainda mais conforto e bem-estar para aqueles que têm o ônibus passando na porta da sua casa a cada 15 ou 30 minutos. Petrolina é a cidade que mais tem obra em todo Pernambuco” destaca o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos, Fred Machado.

A licitação já foi homologada no Diário Oficial e aguarda a assinatura da Ordem de Serviço. Após iniciada, a empresa ganhadora do certame terá cerca de 10 meses para concluir todas as vias.

Confira as ruas que serão contempladas:

Confira as vias contempladas:

Loteamento Recife:
- Avenida 1
- Avenida 2


Vila Débora:
- Rua Cristóvão Colombo


Padre Cícero:
- Avenida dos Correios


Santa Luzia:
- Avenida da Redenção


Dom Avelar:
- Avenida do Petróleo


José e Maria:
- Rua Nordeste


Pedro Raimundo:
- Rua 13


Vila Eulália:
- Rua 25 (Rua do Futuro)
- Rua 37 (Rua do Futuro)


Park Massangano:
- Avenida Altino Coelho


Cosme e Damião:
- Rua Raimunda Maria de Carvalho

12 corredores de ônibus serão pavimentados em Petrolina

12 corredores de ônibus serão pavimentados em Petrolina - Crédito: Divulgação Prefeitura de Petrolina

O empreendimento privado, inaugurado no último mês de dezembro, fica na vila do balneário e possui 14 metros de altura
O empreendimento privado, inaugurado no último mês de dezembro, fica na vila do balneário e possui 14 metros de alturaFoto: Divulgação

Porto de Galinhas ganhou o seu mais novo atrativo turístico: o Farol. Ele deve movimentar a economia local e ampliar o número de visitantes na Praia de Porto de Galinhas, Litoral Sul de Pernambuco. O empreendimento privado, inaugurado no último mês de dezembro, fica na vila do balneário e possui 14 metros de altura. O espaço está situado dentro do restaurante Munganga Bistrô e teve todas as licenças aprovadas pela Prefeitura do Ipojuca, além da Capitania dos Portos. Também acompanharam a visita o deputado estadual Romero Sales Filho e secretários municipais. 

Do alto, um mirante contemplativo de 360 graus que garante uma visão privilegiada de grande parte do litoral ipojucano com destaque para as piscinas naturais de Porto até o Pontal de Maracaípe, além de possibilitar a visão do Porto de Suape e das praias do Cabo. O Farol possui uma área no térreo para exposições, lançamento de livros e vernissage. No primeiro andar, será aberto um pequeno bistrô para datas especiais como noivados e “petit comitês” com agendamento prévio.

Para subir e contemplar o paraíso de Porto de Galinhas do alto, o turista pode ir de elevador até o primeiro andar, ou de escada até o mirante. A prefeita Célia Sales explicou a importância da nova atração. "O farol é um novo atrativo para divulgar ainda mais as belezas de Porto de Galinhas. Ganha toda a cadeia turística de Porto e do Ipojuca. Quem vem não se arrepende, é lindo demais. Eu recomendo.”, destacou a prefeita Célia Sales.

Segundo a empreendedora do Farol, Carol Vasconcelos, o ambiente vai garantir também uma ação social importante. “Já estamos pensando em fazer contato com escolas para que o local também possa receber esse público. Além disso, 10% da renda mensal das entradas será destinada para a Casa de Jesus, instituição que assiste famílias carentes das comunidades de Socó e Salinas, aqui em Porto”, reforçou Carol. O horário de funcionamento do Farol é de 11h às 18h, diariamente. O valor para acessar o espaço é R$ 15 inteira e R$7,50 meia entrada.

"Ganha toda a cadeia turística de Porto e do Ipojuca", diz a prefeita Célia Sales - Crédito: Divulgação


O deputado estadual Romero Sales Filho e a empreendedora do Farol, Carol Vasconcelos

O deputado estadual Romero Sales Filho e a empreendedora do Farol, Carol Vasconcelos - Crédito: Divulgação

Três áreas foram delimitadas para navios que aguardam atracação no porto
Três áreas foram delimitadas para navios que aguardam atracação no portoFoto: Rafa Medeiros

O Porto de Suape teve delimitada uma nova área de fundeio - local em alto-mar onde os navios podem “estacionar” para aguardar a liberação e atracar em um dos seus 13 berços. A nova demarcação estabelece duas áreas chamadas de fundeadouros e uma de quarentena, que ficam afastadas dos locais onde há maior abundância de pescado e suportam até 54 embarcações ao mesmo tempo. Além de atender a demanda da Autoridade Marítima, as mudanças também contemplam solicitação dos pescadores da região, por isso foram realizadas em conjunto com a praticagem, Capitania dos Portos de Pernambuco e pescadores, sendo aprovadas pela Marinha do Brasil. E já estão em vigor.

“A grande importância para nós, pescadores, na nova limitação do fundeio, é que ele estava estabelecido em locais muito ricos para captura de peixe, lagosta e molusco (como polvo). A mudança vai aumentar o espaço para a gente pescar”, explica Ednaldo Rodrigues de Freitas, uma das lideranças da Associação de Pescadores e Pescadoras Artesanais em Atividade no Cabo de Santo Agostinho.

O diretor de Gestão Portuária de Suape, Paulo Coimbra, complementa: “Sabemos da importância de preservar a pesca artesanal para a sustentabilidade na região e trabalhamos em conjunto para definir uma área que atendesse aos anseios dos pescadores e às necessidades do porto. Toda a comunidade pesqueira foi convidada a participar da discussão”.

De 2012 a 2019, o Porto de Suape registrou uma média de nove navios fundeados por dia. O número de atracações nos píeres e cais do porto, em 2019, chegou a 1.402. Como os fundeadouros estão dentro da poligonal do Porto Organizado, a fiscalização da correta utilização cabe à Autoridade Portuária, que pode estabelecer sanções em caso de descumprimento.

Com o ordenamento, a primeira e maior das três áreas é o fundeadouro 1, que possui 1.172 hectares destinados a abrigar navios com até 14,5 metros de calado máximo (distância vertical entre a superfície da água e a parte mais baixa da quilha do navio). A segunda área, o fundeadouro 2, tem 583 hectares e destina-se a embarcações com calado máximo entre 14,5 metros e 17,3 metros. Já a terceira área possui 78 hectares reservados para navios em quarentena, que precisem, por algum motivo, ficar afastados dos demais.

Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE)
Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE)Foto: Divulgação

Editada para combater, de forma mais efetiva, possíveis atos lesivos contra a administração pública, praticados por empresas, evitando, em especial, fraudes em licitações e contratos, a Lei Estadual Nº 16.309/18, mais conhecida como Lei Estadual Anticorrupção, completa dois anos nesta quarta-feira, dia 08. “Considerando que os avanços partem também de uma mudança cultural e comportamental da sociedade em geral, que só são visualizados após um médio espaço de tempo, já podemos asseverar que Pernambuco segue por um caminho sem volta, que é o de fortalecer cada vez mais as ferramentas de combate à corrupção”, destaca a secretária da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), Érika Lacet.

Conforme previsto na referida lei, a SCGE detém a competência para instaurar e/ou avocar os Processos Administrativos de Responsabilização (PAR) para apuração de atos ilícitos praticados por empresas no âmbito do Poder Executivo Estadual. Sendo assim, vem se estruturando para melhor atuação nos processos anticorrupção. “Duplicamos a quantidade de servidores lotados na Unidade Anticorrupção, passando de três para seis, num período de um ano; e capacitamos a equipe, que participou de curso de técnicas investigativas promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU), por exemplo”, ressalta a secretária Érika Lacet.

E os resultados passam a ter visibilidade. O primeiro PAR instaurado em 2018, cuja comissão processante é composta por servidores da SCGE, da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco), está em fase de conclusão. E, desde a implantação da lei, foram instaurados cinco Procedimentos de Investigação Preliminar (PIP). “Para 2020 a previsão é de que sejam instaurados mais cinco PARs e quatro PIPs”, frisou o diretor de Correição (DCOR) da SCGE, Filipe Castro.

Legislações – Com a finalidade de regulamentar aspectos previstos da Lei Estadual Anticorrupção, no final de 2018 o governador Paulo Câmara assinou cinco decretos, no intuito de fortalecer o combate à corrupção em Pernambuco. Os decretos assinados pelo governador são: Código de Ética dos Agentes Públicos da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual; Sistema de Gestão de Ética dos Agentes Públicos da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual; Código de Conduta da Alta Administração do Poder Executivo Estadual; Política de Governança da Administração Pública Estadual Direta, Autárquica e Fundacional; e Critérios de Avaliação do Programa de Integridade no âmbito do Poder Executivo Estadual.

Já em 09 de dezembro de 2019 – Dia Internacional de Combate à Corrupção, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conscientizar sobre a temática em nível mundial –, o governador Paulo Câmara sancionou a lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de implantação de programa de integridade por empresas que contratarem com o Estado, dando um novo reforço nas ações de combate à corrupção.

“Esse novo instrumento legal chegou para fortalecer ainda mais a política de combate à corrupção adotada pelo Governo de Pernambuco, de forma pioneira”, frisa Érika Lacet. Ainda de acordo ela, a Lei Nº 16.722/19 traz um conjunto de medidas e procedimentos internos que visam introduzir princípios éticos no âmbito das instituições privadas, como auditorias, ações de fiscalização e controle, além do fomento à denúncia de irregularidades e atos lesivos ao patrimônio público.

“A lei vem para mudar a cultura nas contratações públicas, abordando a relevância das medidas anticorrupção, adotadas pela administração pública e pelas empresas que com ela contrata. Combatê-la, portanto, depende do esforço conjunto e contínuo de todos”, avalia a secretária da SCGE.

Ela lembra que a nova legislação será implantada em três etapas. A primeira terá início em 2021, para novas contratações de obras e serviços de engenharia e contratos de gestão celebrados com a administração pública, seus aditamentos ou alterações, em valores iguais ou superiores a R$ 10 milhões. Em 2023, valerá para essas mesmas contratações, sendo que em valores a partir de R$ 5 milhões. E a última fase será em 2024, para contratos administrativos em geral, não previstos nas etapas anteriores, em valores iguais ou superiores a R$ 10 milhões.

Contatos – A legislação estadual prevê ainda um canal estadual de denúncias anticorrupção por meio da Ouvidoria-Geral do Estado (OGE), sendo administrado pela SCGE. O canal de denúncias anticorrupção disponibiliza os seguintes meios de comunicação: sítio eletrônico (http://www.portaisgoverno.pe.gov.br/web/ouvidoria), telefone (162 ou 81 3183-0841), e-mail ([email protected]) ou atendimento presencial no endereço da SCGE (Rua Santo Elias, 535 – Espinheiro/Recife/PE).

scge


O investimento, endossa a parceria com o prefeito Rafael Cavalcanti
O investimento, endossa a parceria com o prefeito Rafael CavalcantiFoto: Divulgação

O ano de 2020 começou com reforço para a saúde em Afrânio, através de emenda no valor de 1.700.000,00 do deputado federal Fernando Monteiro (PP). O investimento, endossa a parceria com o prefeito Rafael Cavalcanti e será direcionada para melhorias que já estão sendo desenvolvidas no município.

O prefeito Rafael Cavalcanti, comemorou a chegada do recurso que vai reforçar o trabalho que está transformando a saúde do município. “2019 foi um excelente ano para a saúde do povo afraniense, com o atendimento de médicos especialistas, como nunca visto antes, reforço no TFD, atendimento multiprofissional, reforço na atenção básica, um novo laboratório municipal de análises clínicas e tantas outras melhorias, que vamos seguir fazendo em 2020”, afirmou o gestor municipal. “A parceria com o deputado Fernando Monteiro é de grande importância e dá visibilidade tão merecida ao nosso município e vamos seguir trabalhando juntos ao longo do ano, que está apenas começando”.

O deputado Fernando Monteiro, endossou a importância da parceria com Rafael Cavalcanti, para buscar melhorias para Pernambuco. “O ano que passou foi, sem dúvidas, um ano de muitas batalhas travadas no campo da política, na tentativa, sempre, de conseguir promover alguma melhora na qualidade de vida de meus conterrâneos pernambucanos.

Sei que, sem a sua parceria, essas lutas teriam sido bem mais complicadas e a jornada um tanto mais árdua. É bom saber que não estou sozinho”, disse o parlamentar.

assuntos

comece o dia bem informado: