Foram encontrados 7 resultados para "Debate":

Robeyoncé Lima
Robeyoncé LimaFoto: Reprodução/Facebook

No país, elas são 55,6 milhões, chefiam 41,1% das famílias negras, e apenas 10 ocupam o cargo de parlamentar com 513 vagas. Debater o desenvolvimento da participação e representatividade da mulher na política, direitos e conquistas, é mais que urgente em um ano eleitoral. Essa é a proposta do Fórum Nordeste Mulheres Negras e Poder, que irá acontecer de 06 à 08 de fevereiro, em Recife.

O Fórum vai debruçar sobre os entraves e desafios para maior inserção da mulher negra na política rumo as eleições 2020. Com a presença de mulheres importantes da cena política brasileira, como as deputadas Érica Malunguinho (SP), Marilene Alves (MG) e a Robeyoncé Lima (PE). Cerca de 70 pré-candidatas dos nove estados do Nordeste já confirmaram presença no evento que se dirige às mulheres negras que atuam ou desejam atuar em cargos políticos, de partidos, ativistas e lideranças comunitárias da cidade e do campo.

A programação começa na quinta-feira (06), com uma noite de abertura marcada pelo painel Democracia e Poder: a realidade das candidaturas de mulheres negras no Brasil, com a presença de Valdecir Nascimento, da Rede Latino Americana de Mulheres Negras. Em seguida, a Comissão organizadora fará uma homenagem às mulheres negras e parlamentares que se destacaram na história do País na luta do enfrentamento ao racismo e pela igualdade racial. A noite termina com muita música e apresentações culturais.

No dia seguinte (07), a programação continua em Olinda com diversos painéis, com destaque para a apresentação da experiência da América Latina - Mulheres Negras e Insegurança na América Latina, com a colombiana Loretta A. M-Moreno. Nesse painel, a Co-deputada das Juntas, Robeyoncé Lima, apresenta o que é ser uma mulher negra trans parlamentar num processo de eleição. A tarde, haverá mais dois painéis: Mídia e relações de poder: estratégias e fortalecimento das mulheres negras candidatas, com Alanne Reis, jornalista da Revista afirmativa (BA), e Racismo, Feminismo e democracia: disputas de narrativas à inserção das mulheres negras nas esferas política partidária, com Divaneide Basílio (RN).

Para finalizar, no dia (08) haverá mais dois painéis sobre a Juventude Negra e Eleições: desafiando o racismo e o adultocentrimo, com Gilmara Santana – Rede de Mulheres Negras de Pernambuco, e Eleições de 2020: possibilidades e desafios para o fortalecimento à mulheres negras candidatas, com Mônica Oliveira, Assessora das Co-deputadas Juntas. Representantes de diversas regiões do Nordeste irão fazer uma carta com proposições para as candidatas negras nessas eleições. O evento faz parte das ações do Projeto Mulheres Negras e Democracia, realizado pela Casa da Mulher do Nordeste, Centro das Mulheres do Cabo e Movimento da Mulher Trabalhadora Rural do Nordeste, em parceria com a Rede de Mulheres Negras de Pernambuco e Rede de Mulheres Negras do Nordeste, com o apoio do Fundo Mujeres Del Sur.

REPRESENTATIVIDADE - No ranking mundial de representatividade feminina no Parlamento, o Brasil ocupa a posição 134 de 193 países pesquisados, com 15% de participação de mulheres. São 77 deputadas em um total de 513 cadeiras na Câmara, e somente 12 senadoras entre os 81 eleitos. Já no ranking de representatividade feminina no governo, o Brasil ocupa apenas a posição 149 em um total de 188 países (Dados: Mapa Mulheres na Política 2019, um relatório da Organização das Nações Unidas e da União Interparlamentar)

Serviço:

Fórum Nordeste Mulheres Negras e Poder

06 a 08 de Fevereiro de 2020

• Dia 06/02 (Aberto ao público), às 19h, no Sindicato dos Bancários, na Rua Manoel Borba564 - Boa Vista, Recife - PE.

• Dias 07 e 08/02 (Fechado só para inscritas), a partir das 9h, Congregação das Irmãs de Santa Dorotéia da Frassinetti, na Ladeira Sé, s/n , Olinda – PE.

Deputado federal Túlio Gadêlha (PDT)
Deputado federal Túlio Gadêlha (PDT)Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Nesta sexta-feira (6), a Fundação Leonel Brizola - AP em Pernambuco promove o debate “70 anos de socialismo chinês: desafios econômicos e políticos”. O evento acontecerá na sede estadual do PDT (Av. João de Barros, 326, Boa Vista - Recife), às 19h, e tem inscrição gratuita.

Participam da mesa o pós doutor em Ciência Política Renan Holanda e a pós doutora em
História Christine Dabat. Além da troca de conhecimento com duas figuras do mundo
acadêmico, o momento conta com a ilustre presença da Cônsul Geral da República Popular da China no Recife, Yan Yuqing, e o o Conselheiro Político da Embaixada Chinesa no Brasil, Jia Chen. A mediação ficará a cargo do dirigente nacional do PDT e deputado federal Túlio Gadêlha.

“A China é um dos principais países do mundo que temos relações superavitárias no
comércio. Portanto, nada mais pertinente do que estreitarmos cada vez mais os laços com os chineses. E, para tanto, importante conhecermos sua história, conquistas e visões de mundo.

O seminário reforça o intercâmbio da Fundação Leonel Brizola com o Governo Chinês que se seguirá com outras iniciativas”, afirma o presidente da Fundação Leonel Brizola, o advogado Pedro Josephi.

Os interessados em participar, podem se inscrever no link abaixo:
 https://www.sympla.com.br/70-anos-de-socialismo-chines-desafios-economicos-e- politicos__719715


Serviço:

Palestra: 70 anos de socialismo chinês: desafios econômicos e políticos

Data: 6 de Dezembro (sexta-feira)
Hora: 19h
Local: sede estadual do PDT (Av. João de Barros, 326, Boa Vista - Recife)
Ingressos gratuitos

china

A autoproclamada presidente da Bolívia, Jeanine Áñez
A autoproclamada presidente da Bolívia, Jeanine ÁñezFoto: RONALDO SCHEMIDT / AFP

Na noite desta quinta-feira (28), a partir das 19h, a Fundação Leonel Brizola - Alberto Pasqualini de Pernambuco promove o debate "Golpe na Bolívia: rupturas antidemocráticas na América Latina". O evento vai acontecer na sede estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT), que fica situada na Av. João de Barros, nº 326, no bairro da Boa Vista - Recife. A entrada é aberta para o público.

Para discutir as questões nacionais e constitucionais que o país boliviano está enfrentando, vão compor a mesa o pós doutor em Direito Constitucional e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) Gustavo Ferreira; e o sociólogo e mestre em História, Rodrigo
Dantas.

"O que aconteceu na nossa vizinha Bolívia é sintomático. As democracias nos países latino americanos estão passando por momentos de fragilidade e rupturas. Isso torna o assunto de extrema importância para nós, brasileiros, afinal precisamos estar atentos para avaliar o quanto essa conjuntura pode nos afetar", comenta o advogado e presidente estadual da Fundação Leonel Brizola - AP Pernambuco, Pedro Josephi.

Para participar do evento, o interessado pode se inscrever previamente pelo site  (https://www.sympla.com.br/golpe-na-bolivia-rupturas-antidemocraticas-na-america-
latina__720968
) ou fazer a inscrição na hora. A Fundação oferece certificado de  participação.

Serviço:
Golpe na Bolívia: rupturas antidemocráticas na América Latina
Dia: 28 de Novembro
Hora: 19h
Local: Sede Estadual do PDT (Av. João de Barros, 326, Boa Vista - Recife)
Ingresso: gratuito
Inscrição: presencial no local ou prévia pelo site (https://www.sympla.com.br/golpe-
na-bolivia-rupturas-antidemocraticas-na-america-latina__720968)

pdt

Evento discute tema no Recife e no Sertão, em Afogados da Ingazeira. Inscrições já podem ser feitas.
Evento discute tema no Recife e no Sertão, em Afogados da Ingazeira. Inscrições já podem ser feitas.Foto: Divulgação

Com o propósito de discutir e aprofundar conhecimentos sobre a proliferação de notícias falsas, a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), por meio do Projeto Gestão Cidadã, vai promover a mesa redonda “O papel da assessoria de comunicação em tempos de fake news”, dentro do 3º Encontro de Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas que vai ocorrer na sede da Amupe, em Recife, no próximo dia 19 de novembro e em Afogados da Ingazeira, no Hotel Brotas, no dia 21.

Caracterizadas por serem informações inverídicas produzidas com objetivo de persuadir a opinião pública em detrimento de algum interesse, as notícias falsas já existiam mesmo antes da internet. No entanto, com o advento das redes sociais e a revolução digital que o mundo passa, o fenômeno tornou-se cada vez mais preocupante.

Profissionais das mais diversas áreas da comunicação vão dialogar com assessores e público geral as melhores estratégias para a assessoria seguir quando confrontada com informações falsas que prejudiquem o bem-estar da população que vive nos municípios.

Para a edição de Recife, estão confirmados o jornalista Aldo Vilela, âncora da Rádio Transamérica FM, o diretor-presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), Gustavo Almeida, a pesquisadora, doutora em comunicação e professora universitária, Nataly Queiroz; além do presidente da Associação das Empresas de Radiodifusão do Estado - Asserpe, radialista e blogueiro Nill Júnior.

As inscrições já estão abertas e seguem até dia do evento, e a programação completa do 3º Encontro de Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas está disponível no site da Amupe (www.amupe.org). Para a edição de Recife as inscrições podem ser feitas através desse link, para a edição do Sertão, em Afogados da Ingazeira, inscreva-se aqui.

O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano.
O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano.Foto: Divulgação

Reforma da Previdência e o recorte da imprensa brasileira sobre o assunto estará no centro do debate, nesta quarta-feira (13), às 18h30, no auditório do Sindicato dos Servidores Federais (Sindsep), Rua Fernandes Vieira, 67 - Boa Vista/Recife. Participam da roda de discussão Iara Moura (Intervozes), Paulo Rubem Santiago (professor da UFPE) e Fabiano Moura (secretário de Imprensa e Comunicação de CUT Pernambuco).

A proposta do debate é analisar como os principais grupos de comunicação do Brasil se posicionaram diante da proposta do Executivo e apresentar o estudo Vozes Silenciadas Reforma da Previdência e Mídia: o posicionamento de especialistas sobre a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro, realizado pelo Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social.

O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano. Na cobertura televisiva, foram analisadas quatro semanas de edições dos telejornais Jornal Nacional (Rede Globo), Jornal da Record (Rede Record) e SBT Brasil (SBT).

vozes

Sede da OAB-PE
Sede da OAB-PEFoto: Brenda Alcântara

O Centro Popular de Direitos Humanos (CPDH) e a Comissão de Advocacia Popular da OAB-PE promovem um debate sobre advocacia popular, na próxima quinta-feira (22), às 19h, no Auditório da OAB - R. do Imperador Pedro II, 346 - Santo Antônio. O evento também marcará o lançamento do site da entidade de direitos humanos. O evento é gratuito e contará com a presença de representantes da Defensoria, Ministério Público, MTST e Caranguejo Tabaiares Resiste.

Com o tema "Advocacia popular em tempos de retrocesso político", o debate vai discutir sobre o atual momento histórico, as violações dos direitos humanos das populações mais vulnerabilizadas.  

O debate terá como convidados: Carolina Ferraz - Presidenta da Comissão de Advocacia Popular da OAB/PE, Luana Melo - Defensora Pública de Causas Coletivas de Pernambuco, Vitória Genuíno - Coordenadora Estadual do Movimento dos Trabalhadores sem Teto, Francisco Sales - Procurador do Ministério Público de Pernambuco, Sarah Marques - Coletivo Caranguejo Tabaiares Resiste, Renan Castro e Maria Liberal -Centro Popular de Direitos Humanos.

Além do debate, o CPDH fará o lançamento do seu site, aproveitando a oportunidade para contar um pouco da sua trajetória em defesa do Direito à Cidade e da Liberdade de Expressão há 7 anos.

CPDH - O Direito à Moradia é hoje uma das principais demandas que chegam para os advogados populares da nossa instituição. “Nossa principal função é atuar como mediador entre as comunidades e o Estado, mediando reuniões, acionando o Ministério Público. Muitas vezes a simples presença de um advogado na mediação faz toda a diferença para que as comunidades sejam respeitadas”, diz Stélio Cavalcanti, advogado do CPDH.

Serviço:
Debate Direito nas ruas: Advocacia popular em tempos de retrocesso político e lançamento do site do CPDH
Quinta, 22 de Agosto, às 19h
No Auditório da OAB - R. do Imperador Pedro II, 346 - Santo Antônio
Entrada Franca

Serviço:
Debate Direito nas ruas: Advocacia popular em tempos de retrocesso político e lançamento do site do CPDH
Quinta, 22 de Agosto, às 19h
No Auditório da OAB - R. do Imperador Pedro II, 346 - Santo Antônio

cpdh

Encontro discutiu participação feminina nas atividades públicas
Encontro discutiu participação feminina nas atividades públicasFoto: Divulgação

A deputada estadual Priscila Krause (DEM), a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa, e as advogadas Renata Berenguer, Isabela Lessa e Patrícia Maaze foram as convidadas de um debate promovido pela OAB-PE, na noite desta terça-feira (06). O 1º encontro Mulheres na Política discutiu a participação feminina nas atividades públicas.

"Estamos contando experiências e refletindo sobre o importante papel feminino na assunção de missões significativas nos destinos da nossa cidade, estado, país. Agradecemos pelo convite", postou Priscila em seu perfil do Facebook.

assuntos

comece o dia bem informado: