Foram encontrados 4 resultados para "Debate":

Evento discute tema no Recife e no Sertão, em Afogados da Ingazeira. Inscrições já podem ser feitas.
Evento discute tema no Recife e no Sertão, em Afogados da Ingazeira. Inscrições já podem ser feitas.Foto: Divulgação

Com o propósito de discutir e aprofundar conhecimentos sobre a proliferação de notícias falsas, a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), por meio do Projeto Gestão Cidadã, vai promover a mesa redonda “O papel da assessoria de comunicação em tempos de fake news”, dentro do 3º Encontro de Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas que vai ocorrer na sede da Amupe, em Recife, no próximo dia 19 de novembro e em Afogados da Ingazeira, no Hotel Brotas, no dia 21.

Caracterizadas por serem informações inverídicas produzidas com objetivo de persuadir a opinião pública em detrimento de algum interesse, as notícias falsas já existiam mesmo antes da internet. No entanto, com o advento das redes sociais e a revolução digital que o mundo passa, o fenômeno tornou-se cada vez mais preocupante.

Profissionais das mais diversas áreas da comunicação vão dialogar com assessores e público geral as melhores estratégias para a assessoria seguir quando confrontada com informações falsas que prejudiquem o bem-estar da população que vive nos municípios.

Para a edição de Recife, estão confirmados o jornalista Aldo Vilela, âncora da Rádio Transamérica FM, o diretor-presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), Gustavo Almeida, a pesquisadora, doutora em comunicação e professora universitária, Nataly Queiroz; além do presidente da Associação das Empresas de Radiodifusão do Estado - Asserpe, radialista e blogueiro Nill Júnior.

As inscrições já estão abertas e seguem até dia do evento, e a programação completa do 3º Encontro de Assessorias de Comunicação das Prefeituras Pernambucanas está disponível no site da Amupe (www.amupe.org). Para a edição de Recife as inscrições podem ser feitas através desse link, para a edição do Sertão, em Afogados da Ingazeira, inscreva-se aqui.

O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano.
O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano.Foto: Divulgação

Reforma da Previdência e o recorte da imprensa brasileira sobre o assunto estará no centro do debate, nesta quarta-feira (13), às 18h30, no auditório do Sindicato dos Servidores Federais (Sindsep), Rua Fernandes Vieira, 67 - Boa Vista/Recife. Participam da roda de discussão Iara Moura (Intervozes), Paulo Rubem Santiago (professor da UFPE) e Fabiano Moura (secretário de Imprensa e Comunicação de CUT Pernambuco).

A proposta do debate é analisar como os principais grupos de comunicação do Brasil se posicionaram diante da proposta do Executivo e apresentar o estudo Vozes Silenciadas Reforma da Previdência e Mídia: o posicionamento de especialistas sobre a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro, realizado pelo Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social.

O estudo analisou as edições impressas dos jornais Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo e O Globo publicadas de 1º de janeiro a 30 de junho deste ano. Na cobertura televisiva, foram analisadas quatro semanas de edições dos telejornais Jornal Nacional (Rede Globo), Jornal da Record (Rede Record) e SBT Brasil (SBT).

vozes

Debate será na sede da OAB-PE, na próxima quinta (22).
Debate será na sede da OAB-PE, na próxima quinta (22).Foto: Brenda Alcântara

O Centro Popular de Direitos Humanos (CPDH) e a Comissão de Advocacia Popular da OAB-PE promovem um debate sobre advocacia popular, na próxima quinta-feira (22), às 19h, no Auditório da OAB - R. do Imperador Pedro II, 346 - Santo Antônio. O evento também marcará o lançamento do site da entidade de direitos humanos. O evento é gratuito e contará com a presença de representantes da Defensoria, Ministério Público, MTST e Caranguejo Tabaiares Resiste.

Com o tema "Advocacia popular em tempos de retrocesso político", o debate vai discutir sobre o atual momento histórico, as violações dos direitos humanos das populações mais vulnerabilizadas.  

O debate terá como convidados: Carolina Ferraz - Presidenta da Comissão de Advocacia Popular da OAB/PE, Luana Melo - Defensora Pública de Causas Coletivas de Pernambuco, Vitória Genuíno - Coordenadora Estadual do Movimento dos Trabalhadores sem Teto, Francisco Sales - Procurador do Ministério Público de Pernambuco, Sarah Marques - Coletivo Caranguejo Tabaiares Resiste, Renan Castro e Maria Liberal -Centro Popular de Direitos Humanos.

Além do debate, o CPDH fará o lançamento do seu site, aproveitando a oportunidade para contar um pouco da sua trajetória em defesa do Direito à Cidade e da Liberdade de Expressão há 7 anos.

CPDH - O Direito à Moradia é hoje uma das principais demandas que chegam para os advogados populares da nossa instituição. “Nossa principal função é atuar como mediador entre as comunidades e o Estado, mediando reuniões, acionando o Ministério Público. Muitas vezes a simples presença de um advogado na mediação faz toda a diferença para que as comunidades sejam respeitadas”, diz Stélio Cavalcanti, advogado do CPDH.

Serviço:
Debate Direito nas ruas: Advocacia popular em tempos de retrocesso político e lançamento do site do CPDH
Quinta, 22 de Agosto, às 19h
No Auditório da OAB - R. do Imperador Pedro II, 346 - Santo Antônio
Entrada Franca

Serviço:
Debate Direito nas ruas: Advocacia popular em tempos de retrocesso político e lançamento do site do CPDH
Quinta, 22 de Agosto, às 19h
No Auditório da OAB - R. do Imperador Pedro II, 346 - Santo Antônio

cpdh

Encontro discutiu participação feminina nas atividades públicas
Encontro discutiu participação feminina nas atividades públicasFoto: Divulgação

A deputada estadual Priscila Krause (DEM), a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa, e as advogadas Renata Berenguer, Isabela Lessa e Patrícia Maaze foram as convidadas de um debate promovido pela OAB-PE, na noite desta terça-feira (06). O 1º encontro Mulheres na Política discutiu a participação feminina nas atividades públicas.

"Estamos contando experiências e refletindo sobre o importante papel feminino na assunção de missões significativas nos destinos da nossa cidade, estado, país. Agradecemos pelo convite", postou Priscila em seu perfil do Facebook.

assuntos

comece o dia bem informado: