Foram encontrados 127 resultados para "Governo do Estado":

Alberes Lopes, secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco
Alberes Lopes, secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de PernambucoFoto: Divulgação

O secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, participa, nesta quinta-feira (18), da abertura do Seminário sobre Intercâmbio dos Empreendedores para o Brasil, realizado na China, a segunda maior economia do mundo e o maior parceiro comercial do Brasil. Ele foi um dos convidados para fazer o discurso de abertura do evento que proporcionará um intercâmbio entre empresários, representantes do governo chinês e o Nordeste brasileiro.

Um dos temas que será debatido, nos próximos dias, é a escolha de áreas para o empreendedorismo de jovens, bem como a situação e os problemas de empregos para jovens trabalhadores migrantes. “O intuito do seminário é discutir os desafios, fomentar negócios entre empresários, órgãos governamentais brasileiros e chineses. O governador Paulo Câmara tem incentivado sempre esse diálogo com a China, o intercâmbio, a cooperação nas áreas de comércio, turismo, energia renovável, cultura e educação”, declarou Alberes Lopes.

O secretário destacou, ainda, a importância do intercâmbio nesse novo cenário mundial, onde o gigante asiático e o Brasil estão passando por mudanças de um comércio tradicional de compra e vendas simples para investimentos para direcionados e articulados. A China tem a meta para o PIB deste ano é de 6% a 6,5% e quer retomar o crescimento econômico, reduzindo, por exemplo, impostos e encargos sociais para as empresas.

“É uma honra estar neste País milenar que agora, mais do que nunca, abre as portas para investir no Nordeste brasileiro”, destacou, ressaltando que, desde 2014, a China aposta no investimento de setores como geração de energia limpa em Pernambuco.
De acordo com o secretário, não haverá despesas para os cofres públicos estaduais. Entre outros pontos, o seminário é composto por 12 aulas, intercâmbios e visitas a empresas chinesas.

O governador destacou a importância desse momento de fé para o povo pernambucano
O governador destacou a importância desse momento de fé para o povo pernambucanoFoto: Heudes Régis/ SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) prestigiou, na manhã desta terça-feira (16), a missa solene de encerramento da Festa de Nossa Senhora do Carmo 2019, com a presidência do arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. O governador destacou a importância desse momento de fé para o povo pernambucano.

"É sempre bom estar aqui celebrando Nossa Senhora do Carmo. E, ao mesmo tempo, pedindo por dias melhores, por mais justiça, por mais igualdade e com muita fé que tudo vai melhorar sob as bênçãos de Nossa Senhora do Carmo", afirmou Paulo Câmara.

A 323ª edição da festa, que teve início no último dia 06, comemora também os 100 anos da coroação canônica da padroeira do Recife. A missa, que aconteceu na Basílica de Nossa Senhora do Carmo, no bairro de Santo Antônio, área central do Recife, foi concelebrada pelo Frei Sormani José, provincial dos Carmelitas no Nordeste. A celebração contou ainda com a presença do Dom Orani Tempesta, cardeal da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

Dona Ivanise de Ramos Santos, de 86 anos, assistia à missa na lateral da igreja, nesta manhã. Enquanto aguardava a comunhão, contava que quando tinha 14 anos o pai faleceu no mês de julho e desde então nunca deixou de prestigiar Nossa Senhora do Carmo, que segundo ela, foi responsável por um grande milagre na sua vida: a cura de uma doença da filha, que hoje tem 50 anos.

“Eu tenho uma devoção muito grande por Nossa Senhora do Carmo. Hoje não posso mais ficar até de noite de acordo com a minha idade. Ela me deu uma força, o milagre de ver minha filha salva. Na procissão eu pedia que ela precisava viver”, disse, emocionada, contando a trajetória de sofrimento da filha que passou 28 dias em tratamento na UTI.


A 323ª edição da festa, que teve início no último dia 06, comemora também os 100 anos da coroação canônica da padroeira do Recife

A 323ª edição da festa, que teve início no último dia 06, comemora também os 100 anos da coroação canônica da padroeira do Recife - Crédito: Heudes Régis/ SEI

Leonardo Cerquinho, presidente de Suape
Leonardo Cerquinho, presidente de SuapeFoto: Ed Machado / Folha de Pernambuco

O presidente do Porto de Suape, Leonardo Cerquinho, é um dos sete brasileiros selecionados pelo Departamento do Estado Americano para participar da próxima edição do International Visitor Leadership Program (IVLP), que acontece nos Estados Unidos entre os dias 20 de julho e 10 de agosto.

O grupo terá encontros nos estados de Washington, Illinois, Michigan e Flórida, onde serão discutidas várias pautas como transparência, inclusão digital, responsabilidade social e Parceria Público-Privada, tendo como tema central a Inovação Governamental.

O IVLP é financiado pelo governo dos EUA e administrado pela World Learning, sem que haja qualquer custo para os Estados participantes.

O tema base do IVLP tem sido um dos enfoques da gestão de Cerquinho, que criou o Departamento de Inovação para buscar soluções criativas para o Porto de Suape. Um primeiro Match Day já foi realizado pelo departamento entre 23 startups pernambucanas e cinco indústrias locais e promete render bons frutos, enquanto uma nova rodada é preparada.

O gestor também já anunciou a adesão dos relatórios de sustentabilidade do Porto de Suape ao Global Reporting Initiative (GRI), padrão de referência internacional, que permite mensurar a questão de sustentabilidade nas ações econômicas, ambientais e sociais, dando mais transparência e credibilidade às informações, que podem ser acessadas por qualquer pessoa e comparadas aos dados de outras empresas.

Outra ação inovadora em andamento é a implantação da plataforma Target, um sistema de gestão de projetos que potencializa a atuação dos gestores permitindo o controle das ações em tempo real, de forma rápida, com encaminhamentos automáticos das decisões e podendo ser acessado em computadores, tablets e celulares em lugares com internet.

Durante o período de viagem de Cerquinho, quem assume interinamente a presidência de Suape é o diretor de gestão portuária, Paulo Coimbra.

Os 64 artesãos da Alameda dos Mestres receberam o documento na tarde desta sexta
Os 64 artesãos da Alameda dos Mestres receberam o documento na tarde desta sextaFoto: Heudes Régis/ SEI

Os 64 artesãos da Alameda dos Mestres receberam o documento na tarde desta sexta
O governador Paulo Câmara e a primeira dama Ana Luiza Câmara estiveram, na tarde desta sexta-feira (12), na 20ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), no Centro de Convenções, em Olinda, onde cumprimentaram visitantes e entregaram os certificados de participação aos 64 artesãos da Alameda dos Mestres.

O chefe do Executivo estadual comemorou o sucesso da feira, que vai até este domingo, e ressaltou o evento como uma forma de valorizar e preservar o artesanato e a cultura pernambucana.

“A Fenearte está sendo um sucesso. Estou muito satisfeito de ver que os artesãos estão felizes e vendendo tudo aquilo que produziram. E tudo isso em um clima de muita alegria e esperança. Essa é mais uma etapa cumprida dentro da valorização do nosso artesanato e da nossa cultura. As pessoas que organizaram estão de parabéns. Esta é a 20ª edição, mas não temos dúvida de que a 21ª também será um grande sucesso, e já vamos nos preparar para a de 2020”, afirmou o governador.

Ceramista, poeta e músico autodidata, Aguinaldo da Silva, mais conhecido como Mestre Nado, participa da Fenearte desde a primeira edição, na Alameda dos Mestres. Para ele, o evento é gratificante. “Não é pelas vendas, mas pelo reconhecimento do que eu faço”, disse. Este ano, a feira está sendo ainda mais especial para Nado. O artesão foi eleito Patrimônio Vivo de Pernambuco. “Fiquei incrédulo. Ser eleito diante de tanta gente com alto conhecimento cultural é muito bom. Me sinto honrado, pelo título e por participar da Fenearte”, reforçou.

“A Fenearte é o céu de todo artesão pernambucano”, afirmou Ermírio José da Silva, ou melhor, Miro, artesão que faz da madeira a sua arte e que também recebeu o certificado de participação das mãos do governador Paulo Câmara. Para ele, a feira é um modo de divulgação do trabalho para todo o mundo. “Recebemos encomendas de todo canto”, pontuou.

Além do reconhecimento profissional, o evento também vem sendo uma forma de sustento para Miro e sua família. “Foi quando comecei a participar da Fenearte que comecei a fazer minha casinha e pude dar alguma estabilidade para minha família. Agradeço muito ao governador e a todos que estão envolvidos na realização da feira”, completou.

Fernando Jucá, Paulo Câmara e Aluisio Lessa reunidos no Palácio do Campo das Princesas
Fernando Jucá, Paulo Câmara e Aluisio Lessa reunidos no Palácio do Campo das PrincesasFoto: Heudes Régis/ SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) recebeu, nesta quinta-feira (11), no Palácio do Campo das Princesas, o futuro presidente da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), José Fernando Jucá, e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa.

Atualmente professor do Departamento de Engenharias Civil e Ambiental da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Jucá trabalha na área de infraestrutura urbana, resíduos, energia e bioenergia.

Também foi presidente do Instituto Tecnológico do Estado de Pernambuco (ITEP) entre 1995 e 1998; e de 2005 a 2010 foi Diretor do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (CETENE), vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

Deslizamento de barreira mata familiares em Camaragibe
Deslizamento de barreira mata familiares em CamaragibeFoto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB) aprovou nesta quinta-feira (11) o decreto nº 47.698, que cria em âmbito estadual, o Manual Técnico de Defesa Civil para gestão de riscos e desastres relacionados à intensas precipitações pluviométricas. O manual, elaborado pela Casa Militar, através da Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado, tem como base a lei federal nº 12.608, de 10 de abril de 2012, que visa implantar um modelo de gestão relacionado à Defesa Civil em casos de desastres.

Criado com a finalidade de nortear a conduta nas ações de gerenciamento e resposta a desastres relacionados a elevados índices de precipitação pluviométrica no Estado de Pernambuco, o manual define e descreve conceitos e procedimentos, para a coordenação dos esforços, de forma integrada e efetiva, por parte dos órgãos governamentais.

O manual é fruto, principalmente, da experiência vivenciada no litoral e agreste pernambucano nos anos de 2010, 2011 e 2017, quando diversas cidades do estado foram atingidas por fortes chuvas, momento em que se requereu do poder público uma inovadora concepção de enfrentamento aos desastres, trazendo a concepção de que a Defesa Civil é um sistema composto por órgãos dos entes federal, estadual e municipal.

Essa concepção é fator fundamental para que uma comunidade seja protegida de possíveis ameaças. Nesse sentido a Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado tem como função coordenar o sistema em nível estadual, apoiando de forma complementar as ações dos órgãos municipais de Defesa Civil nas regiões vulneráveis a desastres.

De acordo com o Coronel Lamartine Barbosa, “a nova edição do Manual Técnico é um importante fator de requalificação da Defesa Civil em nosso Estado. É uma grande iniciativa do Governo Paulo Câmara, reforçando a prática de empenhar todos os recursos governamentais a favor das famílias e populações gravemente afetadas em momentos de desastre. É importante também o fato de que esse modelo de atuação pode ser reproduzido em cada um dos municípios, que possuem grandes responsabilidades dentro do sistema nacional de proteção e Defesa Civil”.

O manual será distribuído para todos os órgãos envolvidos no sistema e deverá estar disponível no site da Casa Militar, www.camil.pe.gov.br, para download.

Lessa enumerou as ações promovidas pelo Governo de Pernambuco nas gestões de Eduardo Campos e Paulo Câmara
Lessa enumerou as ações promovidas pelo Governo de Pernambuco nas gestões de Eduardo Campos e Paulo CâmaraFoto: Divulgação

Em sua fala no painel "Inovações Tecnológicas e Mídias Sociais como Ferramentas de Comunicação", do Seminário dos Municípios Pernambucanos, promovido pela Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), o Secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, destacou como o Estado tem auxiliado os municípios para eles se inserirem no atual cenário de Inovação. Lessa enumerou as ações promovidas pelo Governo de Pernambuco nas gestões de Eduardo Campos e Paulo Câmara, exaltou o potencial do Ecossistema de Inovaçãoa e destacou como o Marco Legal está sendo redigido de maneira democrática, de maneira que alcance todas as regiões do Estado.

O gestor da SECTI destacou as ações voltadas para a interiorização da Universidade de Pernambuco (UPE), Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE) da Rede Pernambucana de Ensino e Pesquisa (REPEPE) e do Espaço Ciência, que são vinculados à pasta. "Nos governos de Eduardo Campos e Paulo Câmara, promovemos a interiorização do ensino superior, com a UPE presente em todas as regiões e a implementação da REPEPE, que oferece internet da mais alta qualidade para as instituições de ensino de todo o estado. Fomentadora, a FACEPE está cada vez mais concedendo bolsas a projetos a acadêmicos desenvolvidos no interior de Pernambuco Além disso, o Espaço Ciência, que é um museu de conteúdo científico de referência em todo o Brasil, leva conhecimento por todo o estado através do Ciência Móvel", disse.

Aluísio salientou que o Ecossistema de Inovação de Pernambuco é referência mundial em Tecnologia da Informação e Comunicações e está preparando o terreno, no Parqtel, para se consolidar como a mesma ênfase na parte de hardware. O nosso Ecossistema tem firmada a a sua posição de destaque e estamos trabalhando para que ele siga se expandindo. Em parceria com o setor privado e as instituições de ensino superior, estamos buscando a capacitação profissional para mais pernambucanos. E faremos o mesmo com o Parqtel, que já se notabiliza em suas ações e tende a ser o polo do Nordeste da Indústria 4.0, afirmou.

Preparando a sanção do Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, a SECTI formou um grupo de trabalho com diversas secretarias do Governo para a elaboração do texto definitivo. "Envolvemos todos os atores do Poder Público para o Marco Legal ser decretado. O processo está sendo feito de maneira democrática e adequado às demandas do nosso estado para beneficiar a todos os pernambucanos", concluiu.

Com o tema “Inovar para as Pessoas”, o Seminário dos marcou também o lançamento da XIII Cúpula Hemisférica de Prefeitos e Governos Locais da América Latina
Com o tema “Inovar para as Pessoas”, o Seminário dos marcou também o lançamento da XIII Cúpula Hemisférica de Prefeitos e Governos Locais da América LatinaFoto: Hélia Sheppa/SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) marcou presença na abertura do Seminário dos Municípios Pernambucanos, realizado em parceria com a Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE) e a Confederação Nacional de Municípios (CNM), nesta terça-feira (09), no Centro de Convenções, em Olinda. Em seu discurso, o chefe do Executivo Estadual falou sobre a necessidade de maior unidade entre os entes federativos para assegurar o desenvolvimento de ações em prol da população.

“Em um momento difícil por que passa o Brasil, numa crise que tem dificultado o dia a dia dos Estados e as administrações dos municípios, a gente vê cada vez mais a necessidade de unidade na discussão em relação aos temas nacionais, que são urgentes.

É preciso trabalhar também de forma integrada, juntos, União, Estados e municípios, e buscar, principalmente nos municípios, as diretrizes necessárias para alcançar as pessoas. Fazer o novo, ampliando parcerias. Por isso que buscamos apoiar eventos como esse, porque temos certeza de que é preciso estarmos mais próximos das cidades, que é onde a população vive e onde a população quer ser feliz”, justificou Paulo Câmara.

O presidente de honra da CNM, Paulo Ziulkoski, agradeceu ao governador o apoio e empenho dedicado à Amupe, e afirmou que o evento desta terça-feira só pôde ser realizado graças ao apoio do Governo do Estado. Sobre o Fundo de Participação dos Municípios, ele informou que as cidades pernambucanas têm 4,92% do valor nacional.

“Fico alegre em dizer que isso é fruto do nosso trabalho. Graças ao movimento municipalista, Pernambuco está recebendo, hoje, o montante de R$ 210 milhões para ser destinado à Saúde, Educação e Inovação. Esse é o nosso trabalho de prática concreta, na construção do Pacto Federativo. Hoje, a Amupe é uma potência. Hoje, não sai nada em Pernambuco sem que se ouça a Amupe, que é uma referência e foi construída com o suor de várias pessoas”, acrescentou Ziulkoski.

Com o tema “Inovar para as Pessoas”, o Seminário dos Municípios Pernambucanos marcou também o lançamento da XIII Cúpula Hemisférica de Prefeitos e Governos Locais da América Latina, que acontecerá em Pernambuco em março do próximo ano.

José Patriota, presidente da Amupe, destacou a imensidão do projeto e agradeceu as parcerias. “Esse é um dos maiores desafios da Amupe em toda a sua história, nos seus 50 anos de caminhada. Nós vamos receber aqui delegações de mais de 30 países e representações de todos os continentes. Nossa responsabilidade é muito grande e quero de antemão agradecer ao governador”, disse Patriota, que é prefeito de Afogados da Ingazeira.

A parceria com os municípios também norteia o trabalho dos deputados estaduais, como destacou o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Eriberto Medeiros, presente à solenidade. “É uma satisfação participar desse momento e reconhecer a importância desse evento. Nós firmamos uma parceria, onde todos os projetos de lei que tramitam na Assembleia, obrigatoriamente, são passados à Amupe para que eles possam, de forma muito responsável, compartilhar conosco se vem a ter alguma influência, alguma interferência que venha trazer para o município. A Assembleia, que é a casa de todos os pernambucanos, também é a casa de todos os municípios”, finalizou Medeiros.

Estiveram presentes ainda os deputados estaduais Alessandra Vieira e Lucas Ramos; secretários estaduais; o prefeito de Olinda, Professor Lupércio; a secretária de Turismo do Recife, Ana Paula Vilaça; a prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida, secretária da Mulher da Amupe; José Neves Neto, vice-presidente da Empetur; Alonso Salazar, ex-prefeito de Medellín (Colômbia); Fernando Maciel, coordenador de Diretrizes Estratégicas, Meio Ambiente e Negócios do Sebrae; Gustavo Cesário, gerente da unidade de cultura empreendedora do Sebrae nacional; Dr. Lúcio, promotor do Ministério Público de Pernambuco; José Antonio Alves, presidente da Associação Municipalista Regional de Sergipe; Pedro Dantas, secretário-executivo representando o presidente da Famup; Mário Gordilho, superintendente da Sudene, Francisco Diniz, presidente da Associação dos Prefeitos do Ceará; o presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP), o vereador Josinaldo Barbosa; Edmilson Henauth, presidente da União dos Vereadores do Brasil (UVB); e Larissa Ferro, gerente de articulação municipal da Associação dos Municípios de Alagoas, entre outras autoridades.

Parcerias vão ajudar a executar os programas
Parcerias vão ajudar a executar os programasFoto: Divulgação

O encerramento da Jornada de Iniciação Científica reservou uma excelente notícia para a Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco. O secretário Aluísio Lessa lançou oficialmente os programas Centelha e Pitec, que juntos vão investir cerca de 3,7 milhões em ações de capacitação profissional e empreendedorismo na área.
  
Por iniciativa MCTIC, através da Finep, em parceria com CNPq e o Confap, e operada pela Fundação CERTI, o Programa Centelha é voltado para criar empreendimentos inovadores e impulsionar a cultura empreendedora no Brasil.

O PITEC é destinado a projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação e programas de formação de recursos humanos altamente qualificados, realizados em parceria entre empresas e instituições científicas e tecnológicas ou de ensino superior.

Para Aluísio Lessa, tanto Centelha quanto PITEC são ações de enorme impacto e que vão consolidar a grandeza do Ecossistema de Inovação de Pernambuco.

"Os programas formam um elo sólido entre o poder público, o setor privado e as universidades. Serão investidos quase 4 milhões em capacitação profissional e empreendedorismo. Se Pernambuco já é referência em CT&I, tende a se consolidar como o Vale do Silício brasileiro com estas ações", declarou.

Aluisio Lessa é o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação
Aluisio Lessa é o secretário de Ciência, Tecnologia e InovaçãoFoto: Divulgação / Alepe

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, foi o convidado desta quinta-feira (4), do programa Folha Política, na Rádio Folha 96.7 FM. Confira a entrevista na íntegra no podcast.

Ouça e compartilhe:

comece o dia bem informado: