Foi encontrado 1 resultado para "Reformas":

Congresso Nacional
Congresso NacionalFoto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (Sindicontas-PE) enviou carta aos deputados federais e senadores por Pernambuco cobrando um posicionamento deles sobre um levantamento realizado por pesquisadores do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica da Universidade de Campinas (Cecon/Unicamp) que apontou “indícios de falsificação ou, no mínimo, incompetência inexplicável” nos cálculos do governo que baseiam a proposta de Reforma da Previdência.

Os pesquisadores obtiveram uma planilha com cálculos oficiais do Ministério da Economia por meio da Lei de Acesso à Informação, auditaram e concluíram que “os cálculos manipulam os dados sem respeitar a legislação e inflam o custo fiscal das aposentadorias atuais para justificar a reforma e exagerar a economia fiscal e o impacto positivo (inexistente) sobre a redução da desigualdade da Nova Previdência”.

O Sindicontas-PE tem acompanhado de perto todo o processo de discussão e construção da Reforma da Previdência e a votação no Congresso Nacional.

“Encaminhamos essa carta com o estudo em anexo para conhecimento dos deputados e senadores de Pernambuco com o objetivo de saber como a bancada do nosso Estado tem acompanhado toda a discussão da Reforma da Previdência e cobrar uma fiscalização efetiva (dever constitucional do Poder Legislativo), em especial, diante deste novo estudo e da gravidade dos indícios que ele direciona”, diz o texto, assinado pelo presidente do Sindicato, Alexandre César Pimentel.

A carta ainda afirma que a pesquisa, por toda a fundamentação e por partir de dados oficiais, demanda explicações urgentes e embasadas por parte do Governo Federal.

Confira a carta aberta do Sindicontas-PE:

comece o dia bem informado: